::::::: ATITUDE CRISTÃ: Caminho da Paz ...José Bonifácio-SP. ( Brasil )


 
 

PECADOS DA CARNE E A JUSTIÇA MANIFESTAM ENTRE OS HOMENS-

Romanos 1 : 18-32

 

"Não permita que sua Bíblia viva empoeirada num canto, ela tem muita sabedoria para nos ensinar, porque suas palavras vem do Espirito Santo de Deus."


18 A ira de Deus se manifesta do alto do céu contra toda a impiedade e perversidade dos homens, que pela injustiça aprisionam a verdade.

19.Porquanto o que se pode conhecer de Deus eles o lêem em si mesmos, pois Deus lho revelou com evidência.

20.Desde a criação do mundo, as perfeições invisíveis de Deus, o seu sempiterno poder e divindade, se tornam visíveis à inteligência, por suas obras; de modo que não se podem escusar.

21.Porque, conhecendo a Deus, não o glorificaram como Deus, nem lhe deram graças. Pelo contrário, extraviaram-se em seus vãos pensamentos, e se lhes obscureceu o coração insensato.

22.Pretendendo-se sábios, tornaram-se estultos.

23.Mudaram a majestade de Deus incorruptível em representações e figuras de homem corruptível, de aves, quadrúpedes e répteis.

24.Por isso, Deus os entregou aos desejos dos seus corações, à imundície, de modo que desonraram entre si os próprios corpos.

25.Trocaram a verdade de Deus pela mentira, e adoraram e serviram à criatura em vez do Criador, que é bendito pelos séculos. Amém!


26.Por isso, Deus os entregou a paixões vergonhosas: as suas mulheres mudaram as relações naturais em relações contra a natureza.

27.Do mesmo modo também os homens, deixando o uso natural da mulher, arderam em desejos uns para com os outros, cometendo homens com homens a torpeza, e recebendo em seus corpos a paga devida ao seu desvario.

28.Como não se preocupassem em adquirir o conhecimento de Deus, Deus entregou-os aos sentimentos depravados, e daí o seu procedimento indigno.

29.São repletos de toda espécie de malícia, perversidade, cobiça, maldade; cheios de inveja, homicídio, contenda, engano, malignidade.

30.São difamadores, caluniadores, inimigos de Deus, insolentes, soberbos, altivos, inventores de maldades, rebeldes contra os pais.

31.São insensatos, desleais, sem coração, sem misericórdia.

32.Apesar de conhecerem o justo decreto de Deus que considera dignos de morte aqueles que fazem tais coisas, não somente as praticam, como também aplaudem os que as cometem.


 



Categoria:EVANGELIZANDO/PAPA
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 23h14
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

VERSÍCULOS BÍBLICOS-Jó 11: 13-20

13 Se tu preparares o teu coração, e estenderes as mãos para ele(Deus); 14 se há iniquidade na tua mão, lança-a para longe de ti, e não deixes a perversidade habitar nas tuas tendas; 15 então levantarás o teu rosto sem mácula, e estarás firme, e não temerás. 16 

.Pois tu te esquecerás da tua miséria; apenas te lembrarás dela como das águas que já passaram. 17 E a tua vida será mais clara do que o meio-dia; a escuridão dela será como a alva. 18 E terás confiança, porque haverá esperança; olharás ao redor de ti e repousarás seguro. 19Deitar-te-ás, e ninguém te amedrontará; muitos procurarão obter o teu favor. 20 Mas os olhos dos ímpios desfalecerão, e para eles não haverá refúgio; a sua esperança será o expirar.



Categoria:BÍBLIA:a voz de Deus
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 18h02
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

SÃO PAULO, 25 DE JANEIRO.

25/JAN: São Paulo...

 

No início do cristianismo, nenhum homem se entregou tão generosamente ao seguimento de Jesus, como Paulo de Tarso (3 - 60). Na sua pequena cidade natal vivia-se o mundo todo, pois lá circulavam livremente as três grandes culturas da época: a hebraica, a grega e a romana.

Podemos dividir a vida de são Paulo em duas partes. Nos 30 primeiros anos, de Tarso até Damasco, aparece mais o 'perseguidor'; nos outros 30 anos, de Damasco até Roma, onde ele morrerá decapitado, temos o 'seguidor' de Jesuso discípulo missionário.

No início desse processoSaulo combateu sem tréguas os seguidores do Nazareno, pois via neles os inimigos da religião revelada. Depois, seguirá Jesus com um ardor apaixonadoPaulo não conhece meio termo: de inimigo feroz se fez amigo e, como todo convertido, detesta a mediocridade.

Como aconteceu esta mudança?

Corria o ano 36 da nossa era. O fanático Saulo se dirige paraDamasco querendo acabar com estes judeus desvairados, discípulos de Jesus. Ele já tinha feito isso na Judéia, quando participou do apedrejamento de santo Estêvão em JerusalémAs comunidades cristãs o temiam, pois ele era cruel, frio e desumano.

Pois bem, quando estava às portas de Damascofoi derrubado misteriosamente pelo amor do Ressuscitado, acontecendo coisas profundíssimas na sua mente e no seu coração, como destaca a famosa pintura de Caravaggio (1600) revestindo Saulo com o sangue de Cristo (vermelho/púrpura!). Veja como foi:
- Por que me persegues?... Pergunta direta. É o grito do pobre e do oprimido que confronta o seu opressor.

- Quem és tu, Senhor? Resmungou Saulo, abalado por aquela primeira pergunta.

Diálogo angustiado e arredio. Desde a morte brutal do diácono Estêvão, sua alma se transformara num verdadeiro campo de batalha... Eis agora Saulo pelo chão, caído, cegado, repassando sua vida... Seus olhos jamais enxergaram tanto e em tão pouco tempo. Jesus Ressuscitado veio ao seu encontro!

- Eu sou Jesus, a quem tu persegues! O coração de Saulo bateu fortemente. Desmoronava um estilo prepotente de vida e começava a nascer o melhor discípulo. Paulo será o triunfo da razão e da fé sobre o fanatismo da lei.

Você já percebeu como nos momentos mais importantes da vida, quando precisamos tomar decisões importantes, mil pensamentos perpassam pela nossa cabeça? Quase um terremoto! Só depois, com o passar do tempo, a paz se instala no próprio coração. Paulo experimentou o amor misericordioso de Jesus salvando-o. Então, veio a pergunta existencial e fundamental:
- Senhor, que queres que eu faça?...

Se ele fizera tanto contra Cristo quanto não fará mais por ele?

Desde então, Paulo percorrerá países falando de Jesus e fortalecendo as incipientes comunidades cristãs. Um dia, o prenderam e o denunciaram... Que ironia, de perseguidor passou a ser perseguido e condenado à morte. Eis o que este homem tinha em Roma: Uma velha capa, para defender-se do frio, e uns pergaminhos... De quem nada mais esperava do mundo tudo pode o mundo esperar! 

A espada do carrasco cortou, por fim, sua cabeça. Era o ano 60 da era cristã: Pelejei o bom combate, terminei a minha carreira... Guardei a fé

Precisamos de mais discípulos de Jesus, como Paulo.

Uma pergunta: O que você fez, faz e pode fazer por Jesus?

 Pe. J. Ramón F. de la Cigoña sj 



Categoria:JESUS CRISTO/SANTOS
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 21h02
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

Sempre Maria

 

 

Sempre Maria

 

Quando o anjo Gabriel saúda Maria, exclama: “Salve, ó cheia de graça, o Senhor está contigo” (Lc 1,28), e essa é a saudação que o próprio Deus faz a Virgem Maria.

São Luis Grignion de Montfort escreve: “Deus Espírito Santo comunicou a Maria, sua fiel esposa, seus dons inefáveis, escolhendo-a para dispensadora de tudo que Ele possui. Deste modo, Ela distribui seus dons e suas graças a quem quer, e dom nenhum é concedido aos homens, que não passe por suas mãos virginais.” Como dispensadora das graças, Maria é a Mãe preocupada com nossa salvação e nos orienta para junto do Seu Filho Jesus.

Maria é invocada por muitos títulos decorrentes de uma situação da sua vida ou de um local que apareceu, dentre eles, temos:

 

No dia 21 de novembro, celebra-se a Festa da Apresentacao de Nossa Senhora.

Aos três anos, Maria, foi levada por seus pais Joaquim e Ana ao templo, para ser consagrada a Deus e ali educada. Desde muito pequena, Maria entrega-se e dedica-se totalmente e livremente a Deus, impelida pelo Espírito Santo desde sua concepção Imaculada.

Por meio deste serviço a Deus no templo, Maria preparou seu corpo, e, principalmente, sua alma para receber o Filho de Deus.

 

No dia 27 de novembro, a Igreja comemora a Festa de Nossa Senhora das Graças. Foi no ano de 1830, que Maria Santíssima apareceu a Santa Catarina Labouré. “A Senhora tinha dedos cobertos de anéis e pedrarias preciosas de indivisível beleza, dos quais desprendiam raios luminosos para todos os lados, envolvendo a Virgem de extraordinário esplendor”. Os raios eram os símbolos das graças a serem derramadas sobre as pessoas que as pedem.

Maria pediu a Catarina para cunhar uma medalha como a aparição e com os dizeres: “Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a Vós”.  E prometeu que derramaria grandes e abundantes graças às pessoas que usarem a medalha com confiança.

 

 

 

No dia 08 de dezembro, a Igreja comemora a Imaculada Conceição de Maria. A Imaculada Conceição foi definida como dogma pelo Papa Pio IX no dia 08 de dezembro de 1854.  

Maria foi concebida sem pecado original em vista dos méritos futuros de seu Filho Jesus Cristo, nosso Senhor. Apesar de humana, nunca foi sujeita ao pecado, Ela é cheia de graça, cheia de Deus.

Mesmo não sendo feriado é dia santo de guarda, e devemos como bons cristãos, participar da Santa Missa para louvar a Deus e agradece-lo por ter nos dado Maria Santíssima como nossa Mãe, medianeira e exemplo a seguir.

 

No dia 12 de dezembro, a Igreja comemora Nossa Senhora de Guadalupe, padroeira da América Latina.

Em 1531, Nossa Senhora apareceu ao índio Juan Diego pedindo que fosse construído em templo para mostrar todo o seu amor, compaixão, socorro e proteção a todos que amam, invocam e confiam nela.

Maria deixou sua própria imagem impressa milagrosamente em seu Tilma, um tecido de pouca qualidade, feito a partir do cacto.

E assim Maria Santíssima tem derramado sua assistência maternal a todos que a invocam com fé e confiança.

Salve Maria!

 

Fonte Jornal REDIL DO BOM PASTOR.

Maria Regina Duarte Lima (Serva da Comunidade Redil do Bom Pastor)

 



Categoria:EVANGELIZANDO/PAPA
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 01h33
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

Ao Sagrado Coração de Jesus

 


Ó dulcíssimo Jesus, como estou envergonhado de me ver tão diferente de Vós! Mas já que acolheis os maiores pecadores, quando se arrependem, fazei que de hoje em diante eu não seja mais assim.
Dai-me, ó Senhor, assim como fizestes com todos os pecadores arrependidos, um coração semelhante ao vosso. Dai-me um coração humilde, amante da vida oculta e desprezada, mesmo no meio das honras terrestres; um coração paciente, resignado em todas as contrariedades, por mais penosas que sejam; um coração pacífico, que guarde sempre uma inalterável paz com o próximo e consigo mesmo.
Dai-me um coração amantÓ dulcíssimo Jesus, como estou envergonhado de me ver tão diferente de Vós! Mas já que acolheis os maiores pecadores, quando se arrependem, fazei que de hoje em diante eu não seja mais assim.
Dai-me, ó Senhor, assim como fizestes com todos os pecadores arrependidos, um coração semelhante ao vosso. Dai-me um coração humilde, amante da vida oculta e desprezada, mesmo no meio das honras terrestres; um coração paciente, resignado em todas as contrariedades, por mais penosas que sejam; um coração pacífico, que guarde sempre uma inalterável paz com o próximo e consigo mesmo.
Dai-me um coração amante da oração, que goste de entregar-se freqüentemente a este santo exercício; e tenha só um desejo, o de ver Deus conhecido, amado e louvado por todas as criaturas; um coração ao qual nada desagrade, senão ver Deus ofendido; que nada odeie, senão o pecado; que não tenha outro desejo no mundo, senão o de promover a glória de Deus e a salvação do próximo.
Dai-me um coração reconhecido, que nunca se esqueça dos benefícios divinos e saiba sempre estimá-los devidamente; um coração forte e corajoso, que não tenha medo de mal algum e suporte tudo por amor do seu Deus; um coração benéfico para com todos os necessitados e cheio de compaixão pelas almas do Purgatório; por fim, um coração perfeitamente regrado, cujas alegrias e tristezas, repugnâncias e desejos, movimentos e aspirações sejam todos conformes com a vontade divina.
Numa palavra, dai-me, ó meu Jesus, um coração todo semelhante ao vosso. Fazei-o pelo amor de vossa e minha querida Mãe, Maria Santíssima. Amém. (Oração de São Clemente Maria Hofbauer, C.SS.R / Revista Arautos do Evangelho, Junho/2004, n. 30, p. 2)

 



Categoria:JESUS CRISTO/SANTOS
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 22h35
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

JUNHO, MÊS DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS.

 

 

 

O mês de junho é tradicionalmente para os católicos o «mês do Sagrado Coração de Jesus».A devoção recobra novo impulso em Paray le Monial

O centro geográfico e histórico da devoção ao Sagrado Coração se encontra em Paray de Monial, pequena localidade francesa de Borgoña, na qual vivia a religiosa da Visitação que recebeu as aparições de Jesus no século XVII, Santa Margarida Maria Alacoque (1647-1690).

 

Detalhes e a mensagem desta página da história da Igreja ficam recolhidos na página web da diocese de Autun, na qual se encontra este santuário que cada ano recebe mais de trezentos mil peregrinos.

 

 A mensagem que Jesus deixou as estas religiosas francesas, a primeira das aparições aconteceu em 27 de dezembro de 1673, é uma visão de Deus que contrasta com a tendência do século em que estourou o jansenismo. «Meu Coração divino está tão apaixonado de amor pelos homens, e por ti em particular, que ao não poder conter em si as chamas de sua ardente caridade, há que transmiti-las com todos os meios», disse-lhe Cristo nesta ocasião segundo ela escreveu depois.

 

 A visita de João Paulo II a Paray le Monial, em 5 de outubro de 1986, deu uma nova vitalidade à devoção ao Sagrado Coração de Jesus. Breve história da devoção A devoção ao Sagrado Coração de Jesus existiu desde os primeiros tempos da Igreja, quando se meditava sobre o lado e o Coração aberto de Jesus de onde jorrou sangue e água.

 

Deste Coração nasceu a Igreja e por ele se abriram as portas do céu. Veneramos nela o próprio coração de Deus. No século XVII estabeleceu-se definitiva e especificamente a  Devoção ao Sagrado Coração de Jesus, solicitada pelo próprio Jesus Cristo a Santa Margarida Maria Alacoque.

 

Em 16 de junho de 1675 Nosso Senhor apareceu a ela. Seu Coração estava envolto em chamas, coroado de espinhos, com uma ferida aberta, da qual brotava sangue, e de seu interior saia uma cruz.

Santa Margarida escutou o Senhor dizerEis aqui o Coração que tanto amou os homens e, em troca, recebe da maioria dos homens só ingratidão, irreverência e desprezo, neste sacramento de amor. Nosso Senhor, com as seguintes palavras nos diz em que consiste a devoção: amor e reparação. Amor pelo muito que Ele nos ama. Reparação e desagravo pelas muitas injurias que recebe, sobretudo na Sagrada Eucaristia. 

http://www.espacomaria.com.br



 

 



Categoria:EVANGELIZANDO/PAPA
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 22h26
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

É Cristo Quem atrai, é Cristo o centro!

 

Entristece-me muito – mais que qualquer escândalo – ver tantos membros do clero e tantos teólogos preocupados em ser agradáveis às pessoas, atraentes e simpáticos ao mundo, gente de “boa pinta”, interessante e simpática... Recordo de Pedro, de Paulo, de João, de Madre Teresa, de Frei Damião, da Irmã Dulce, do Padre Pio... Certamente nunca procuraram ser atraentes, mas docemente, benignamente fieis!

Não somos nós quem atraímos! Não temos de ser boa gente e engraçadinhos para atrair! É Cristo Quem atrai, é Cristo o centro! A nós, basta deixar que Cristo de tal modo impregne a nossa vida que quem nos vir, veja Cristo em nós: como exigente bondade, como amor que se dá, como responsabilidade que não esconde nem omite o essencial!

Tantos pregam a secularização para atrair o povo e a mundanização da Igreja, na ilusão de se fazerem simpáticos e compreendidos... Desprezam tudo aquilo que ajuda a mostrar a identidade católica, a alegria da consagração e o gosto de ser diferente do mundo... Pensam que com isso estão aproximando as pessoas e se fazendo compreender pelo mundo atual... Pura distorção ideológica e ultrapassada!

O mundo grita por sinais de Deus, por marcas do eterno, por reflexos do sagrado, por gente que não tenha medo de crer, viver e testemunhar o infinito que renova esta terra!

Dom Henrique Soares da Costa
Bispo Auxiliar de Aracaju -SE


 



Categoria:EVANGELIZANDO/PAPA
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 11h55
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 

Como fugir do pecado nas más conversas‏ (São João Bosco)

 

“Poderá alguém dizer: Conheço as funestas consequências das más conversas; mas como se há de fazer?

Estou numa casa, numa escola, num serviço, em uma casa de negócio, em um lugar onde se fazem más conversas.

 

Infelizmente, meus caros jovens, sei que há desses casos; por isso vos indico o modo de sairdes dessa dificuldade sem ofender a Deus. Se são pessoas inferiores a vós, corrigi-as com rigor; dado o caso que sejam pessoas a quem não convenha admoestar, fugi, se vos for possível; não podendo, ficai firmes em não tomar parte nem com palavras, nem com os sorrisos e dizei no vosso coração:

 

Meu Jesus, misericórdia.”

 

 - São João Bosco 


 


 

 



Categoria:ATITUDES CRISTÃS,REFLEXÕES
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 23h46
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

AS ORAÇÕES EM SILÊNCIO

 

 

(Rivaldo R. Ribeiro)

 

"Somos LUZ porque da LUZ viemos, acreditem no seu brilho..."  

 

A confiança em Deus é o nosso refrigério, é a segurança e esperança para um caminho incerto porque ninguém tem conhecimento do futuro.

 

A oração no silêncio como fazia Nosso Senhor Jesus no monte das oliveiras, e São Francisco de Assis nas cavernas e no Monte Alverne, nos eleva um  nível superior sintonizando a nossa alma com a energia universal que vem de Deus.

 

Portanto a oração é uma transcendência da nossa consciência material para a espiritual, para um mundo quase imaginário nos levando a  algo que desperto ninguém é capaz de realizar: A comunicação com Deus.

 

Isso porque a realidade é materialista, é vista frente aos olhos e nunca sentida pelo nosso espírito. (Hebreus 11,1-A fé é o fundamento da esperança, é um certeza a respeito do que não se vê.).

 

A oração não é um falatório estridente, como já nos disse Nosso Senhor: ela é uma conversa com o Pai que nos ouve no silêncio do nosso quarto, junto ao Sacrário e do Santíssimo.

 

A oração no silêncio é um momento sublime do ser humano como filhos (as) de Deus, que depois dessa conversa espiritual todos devem testemunhar sua fé nas Missas e nos Grupos de Oração num louvor único ao Nosso Senhor.

 

Porem mesmo em multidões devemos permitir que nossas almas entrem em contato com o Espírito Santo de Deus, e esse contato só é possível num clima silencioso.

Os barulhos desnecessários como músicas em altos decibéis que mais nos ferem os ouvidos do que nos tranqüilizam, podem nos distrair desviando desse momento da nossa comunhão com o Espírito Santo de Deus. Pensem na suavidade dos anjos!

 

É nessa forma tranqüila e serena que os ambientes religiosos(Grupos de Oração, Encontros etc) devem retribuir aos que buscam uma sintonia espiritual com Deus, não com músicas agitadas que são alegres, mas nunca levam a uma felicidade espiritual plena, são  apenas  alegrias momentâneas que cai logo no esquecimento. Músicas que pertecem aos bailes do mundo, nunca a um ambiente religioso.

 

Nosso Senhor ensinava através das parábolas, pois dessa forma atingia com força os corações mais duros e Sua palavra germinava e crescia por causa da admiração dos que O ouviam falando mansamente, assim Jesus despertava a indagação nas suas mentes, quem era Jesus e o que ele dizia?

 Muitos não O compreendiam, mas a semente estava plantada nos seus corações, e por causa disso iam para a busca da compreensão das Sua Palavra...

 

Meus caros irmãos, será se nos apresentarmos diante de Jesus gritando, pulando, sacolejando, qual seria a sua reação?  

 

Sou um leigo que ama Deus e seus mistérios, entretanto uma coisa eu tenho certeza: Deus nos fala só através da emoção.

 

A emoção que é uma dos frutos do amor, só o amor que é grande pode nos fazer leves, suportar o que é pesado e enfrentar com ânimo todas as tribulações.

 

 E a emoção só é sentida nas orações com a doçura profunda das musica dos anjos, cânticos em louvores a Deus e no silêncio dos retiros particulares. Assim dessa forma poderemos sentir Deus próximo a nós, pois  nossa alma está em plena sensibilidade amorosa.

Nunca agitada!    

 



Categoria:ATITUDES CRISTÃS,REFLEXÕES
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 23h33
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

Predição de uma crise de impiedade.

 

2 Timóteo 3:1-5

1 Nota bem o seguinte: nos últimos dias haverá um período difícil.   

2 Os homens se tornarão egoístas, avarentos, fanfarrões, soberbos, rebeldes aos pais, ingratos, malvados, 3 desalmados, desleais, caluniadores, devassos, cruéis, inimigos dos bons,  4 traidores, insolentes, cegos de orgulho, amigos dos prazeres e não de Deus, ostentarão a aparência de piedade, mas desdenharão a realidade. 

Dessa gente, afasta-te!  

 



Categoria:BÍBLIA:a voz de Deus
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 00h04
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

O Papa Francisco fala aos jovens na vigília em Copacabana- Rio de Janeiro

 

 

 

O cenário do palco da vigília foi construído com a presença de representantes franciscanos e de São Francisco de Assis, assim o Papa Francisco também começa o seu discurso:
“Olhando para vocês presentes aqui hoje, me vem a mente a história de São Francisco de Assis. Diante do Crucifixo, ele escuta a voz de Jesus que lhe diz:«Francisco, vai e repara a minha casa». E o jovem Francisco responde, com prontidão e generosidade, a esta chamada do Senhor: repara a minha casa. Mas qual casa? Aos poucos, ele percebe que não se tratava fazer de pedreiro para reparar um edifício feito de pedras, mas de dar a sua contribuição para a vida da Igreja; tratava-se de colocar-se ao serviço da Igreja, amando-a e trabalhando para que transparecesse nela sempre mais a Face de Cristo. Também hoje o Senhor continua precisando de vocês, jovens, para a sua Igreja. Também hoje ele chama a cada um de vocês para segui-lo na sua Igreja, para serem missionários”, diz aos jovens.
O Papa se referiu a mudança do evento, de Guaratiba à Copacabana, fazendo uma pergunta aos jovens, “será que Deus não quer nos dizer que o Campo da Fé seja em nós mesmos?”. “Como? De que modo? Partindo do nome - Campus Fidei, Campo da Fé - pensei em três imagens que podem nos ajudar a entender melhor o que significa ser um discípulo missionário: a primeira, o campo como lugar onde se semeia; a segunda, o campo como lugar de treinamento; e a terceira, o campo como canteiro de obras.”

“O campo como lugar onde se semeia. Todos conhecemos a parábola de Jesus sobre um semeador que saiu pelo campo lançando sementes; algumas caem à beira do caminho, em meio às pedras, no meio de espinhos e não conseguem se desenvolver; mas outras caem em terra boa e dão muito fruto (cf. Mt13,1-9). Jesus mesmo explica o sentido da parábola: a semente é a Palavra de Deus que é lançada nos nossos corações (cf. Mt 13,18-23). Queridos jovens, isso significa que o verdadeiro Campus Fidei é o coração de cada um de vocês, é a vida de vocês. E é na vida de vocês que Jesus pede para entrar com a sua Palavra, com a sua presença. Por favor, deixem que Cristo e a sua Palavra entrem na vida de vocês, e nela possam germinar e crescer”, explica o Santo Padre.
“Jesus nos diz que as sementes, que caíram à beira do caminho, em meio às pedras e em meio aos espinhos não deram fruto. Qual terreno somos ou queremos ser? Quem sabe se, às vezes, somos como o caminho: escutamos o Senhor, mas na vida não muda nada, pois nos deixamos aturdir por tantos apelos superficiais que escutamos; ou como o terreno pedregoso: acolhemos Jesus com entusiasmo, mas somos inconstantes e diante das dificuldades não temos a coragem de ir contra a corrente; ou somos como o terreno com os espinhos: as coisas, as paixões negativas sufocam em nós as palavras do Senhor (cf. Mt 13, 18-22)”.
Neste momento, o Papa pediu silêncio, para que cada um falasse com Jesus, individualmente, “digam: ‘Sim eu quero receber as sementes’. Digam: ‘Jesus tenho pedra, tenho espinhos sim, mas tenho esse cantinho de boa terra, semeia aqui’. E deixem que Jesus plante a semente.”
Muitos jovens choravam, emocionados, e o Santo Padre continuou: “Mas, hoje, tenho a certeza que a semente está caindo numa terra boa, sei que vocês querem ser um terreno bom, não querem ser cristãos pela metade, nem "engomadinhos", nem cristãos de fachada, mas sim autênticos. Tenho a certeza que vocês não querem viver na ilusão de uma liberdade que se deixe arrastar pelas modas e as conveniências do momento. Sei que vocês apostam em algo grande, em escolhas definitivas que deem pleno sentido para a vida. Jesus é capaz de oferecer-lhes isto. Ele é o «caminho, a verdade e a vida» (Jo 14,6)! Confiemos n’Ele. Deixemo-nos guiar por Ele!”

“O campo como lugar de treinamento. Jesus nos pede que o sigamos por toda a vida, pede que sejamos seus discípulos, que "joguemos no seu time". Acho que a maioria de vocês ama os esportes. E aqui no Brasil, como em outros países, o futebol é uma paixão nacional. Ora bem, o que faz um jogador quando é convocado para jogar em um time? Deve treinar, e muito! Também é assim na nossa vida de discípulos do Senhor. São Paulo nos diz: «Todo atleta se impõe todo tipo de disciplina. Eles assim procedem, para conseguirem uma coroa corruptível. Quanto a nós, buscamos uma coroa incorruptível!» (1Co 9, 25)”.
E mais uma fez, o Papa desafiou os jovens, questionando-os “eu rezo? Eu falo com Jesus? Ou Será que eu tenho medo do silêncio? Pergunte a Jesus: O que quer eu faça da minha vida? Isso é o treinamento”. E pede aos jovens para que mesmo cometendo erros, não temam, continuem dialogando com Deus, através da oração, dos sacramentos e do serviço ao próximo. Francisco interage com os 3 milhões de fiéis pedindo para que repitam quais são os “treinamentos”: oração, sacramentos e serviço ao próximo. 
E continua, “Jesus nos oferece algo muito superior que a Copa do Mundo!Oferece-nos a possibilidade de uma vida fecunda e feliz e nos oferece também um futuro com Ele que não terá fim: a vida eterna. Jesus, porém, nos pede que treinemos para estar "em forma", para enfrentar, sem medo, todas as situações da vida, testemunhando a nossa fé. Como? Através do diálogo com Ele: a oração, que é diálogo diário com Deus que sempre nos escuta. através dos sacramentos, que fazem crescer em nós a sua presença e nos conformam com Cristo; através do amor fraterno, do saber escutar, do compreender, do perdoar, do acolher, do ajudar os demais, qualquer pessoa sem excluir nem marginalizar ninguém. Queridos jovens, que vocês sejam verdadeiros ‘atletas de Cristo’!”

“O campo como canteiro de obras. Quando o nosso coração é uma terra boa que acolhe a Palavra de Deus, quando se "sua a camisa" procurando viver como cristãos, nós experimentamos algo maravilhoso: nunca estamos sozinhos, fazemos parte de uma família de irmãos que percorrem o mesmo caminho; somos parte da Igreja, mais ainda, tornamo-nos construtores da Igreja e protagonistas da história. São Pedro nos diz que somos pedras vivas que formam um edifício espiritual (cf. 1Pe 2,5). E, olhando para este palco, vemos que ele tem a forma de uma igreja, construída com pedras, com tijolos. Na Igreja de Jesus, nós somos as pedras vivas, e Jesus nos pede que construamos a sua Igreja; e não como uma capelinha, onde cabe somente um grupinho de pessoas. Jesus nos pede que a sua Igreja viva seja tão grande que possa acolher toda a humanidade, que seja casa para todos! Ele diz a mim, a você, a cada um: «Ide e fazei discípulos entre todas as nações»! Nesta noite, respondamos-lhe: Sim, também eu quero ser uma pedra viva; juntos queremos edificar a Igreja de Jesus! Digamos juntos: Eu quero ir e ser construtor da Igreja de Cristo!”
E assim, o Papa pergunta aos peregrinos, “Vocês querem construir a Igreja?Estão animados para isso?”, o público eufórico responde que sim, e Francisco brinca: “E amanhã, vão esquecer que disseram sim para mim?”

O Pontífice conta que acompanhou atentamente as notícias a respeito dos protestos, protagonizados pelos jovens de várias partes do mundo. “No coração jovem de vocês, existe o desejo de construir um mundo melhor. Acompanhei atentamente as notícias a respeito de muitos jovens que, em tantas partes do mundo, saíram pelas ruas para expressar o desejo de uma civilização mais justa e fraterna. Mas, fica a pergunta: Por onde começar? Quais são os critérios para a construção de uma sociedade mais justa? Quando perguntaram a Madre Teresa de Calcutá o que devia mudar na Igreja, ela respondeu: você e eu!”

O Papa enfatiza que os jovens devem ser os protagonistas da mudança e que não devem deixar ninguém tomar este posto, pois é pela juventude que o futuro entra. Que os jovens continuem superando a apatia, oferecendo uma resposta cristã às inquietações politicas, que nãos sejam covardes e seguindo o exemplo de Jesus, saiam as ruas.
De forma mais clara, o Santo Padre mostra o lugar do jovem dentro da Igreja: “Queridos amigos, não se esqueçam: Vocês são o campo da fé! Vocês são os atletas de Cristo! Vocês são os construtores de uma Igreja mais bela e de um mundo melhor. Elevemos o olhar para Nossa Senhora. Ela nos ajuda a seguir Jesus, nos dá o exemplo com o seu "sim" a Deus: «Eis aqui a serva do Senhor, faça-se em mim segundo a tua Palavra» (Lc 1,38). Também nós o dizemos a Deus, juntos com Maria: faça-se em mim segundo a Tua palavra. 

Assim seja!”,  http://www.acidigital.com/noticia.php?id=25778

Acesse o link a veja o momento quando Cristo pede a São Francisco de Assis que RESTAURE A SUA IGREJA:

http://caminho-franciscano.blogspot.com.br/p/francisco-restaura-minha-casa-que.html


 



Categoria:EVANGELIZANDO/PAPA
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 23h32
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

SALVEM A LITURGIA!:A nobre simplicidade do Altar Cristão

 



O altar cristão é símbolo direto de Nosso Senhor, o túmulo do Cristo que acolheu seu corpo morto e foi digno de contemplar sua gloriosa ressurreição. Sob o altar, se depositam relíquias de primeiro grau dos santos, conforme antiquíssima tradição. Desse modo, ele é de certa forma túmulo daqueles que viveram para Cristo e, como ele no sepulcro do calvário, aguardam gloriosa ressurreição.

"117. Altare una saltem tobalea albi coloris cooperiatur." (Introdução Geral do Missal Romano, 3ª edição, 2002)

É costume no rito romano cobrir-se o altar com até três toalhas, indicando sua dignidade. Permite-se, entretanto, usar-se uma única, todavia o número três é de especial maneira simbólico na vida cristã, o uso de múltiplas toalhas é uma das formas de distinguir entre o altar e uma mesa comum. A toalha é colocada sobre o altar no dia de sua dedicação, após ele ser ungido com o Santo Crisma e incensado pelo Bispo; as toalhas do altar nos recordam o santo sudário que recebeu o corpo de Cristo quando de seu sacrifício e assistiu a ressurreição do autor da vida.

"Super ipsum vero aut iuxta ipsum duo saltem in omni celebratione, vel etiam quattuor aut sex, praesertim si agitur de Missa dominicali vel festiva de praecepto, vel, si Episcopus dioecesanus celebrat, septem candelabra cum cereis accensis ponantur."

Sobre o altar, ordena o Missal Romano, sejam colocadas pelo menos duas velas. Todavia, a tradição da igreja reconhece uma hierarquia entre as missas. Não que umas sejam sacramentalmente mais eficazes que as outras, mas reconhece a diferenciação das diferentes missas celebradas ao longo do ano litúrgico para melhor nos catequizar nos mistérios da vida de Cristo e da Igreja ao longo do tempo. Assim, nas missas feriais, isto é, de dias de semana, se faz uso de duas velas. Nas festas, aquelas missas um pouco mais importantes que possuem duas leituras, o Gloria, mas não o Credo, faz-se uso de quatro. Nas solenidades e domingos, mas missas de maior grau nas quais se canta o gloria e diz-se o credo, usa-se seis velas. E quando o Bispo diocesano celebra a liturgia, e apenas nesta ocasião, se faz uso de até sete velas.

"Item super altare vel circa ipsum habeatur crux, cum effigie Christi crucifixi. Candelabra autem et crux effigie Christi crucifixi ornata in processione ad introitum afferri possunt."

Sobre o altar ou perto dele, deve ser posta a imagem do Cristo Crucificado. Não de simples cruz, mas do crucifixo. Essa imagem do Filho do Homem entre os sete candelabros de ouro, como nos é apresentada em Ap1,12, aparece no altar em sua forma mais solene. Mas também na forma mais simples, deve o Cristo ser o centro como nos ensinou o Papa Emérito Bento XVI; a Eucaristia é mistério pascal, portanto de morte e ressurreição, assim como não podemos celebrar a morte de Cristo e nos esquecer de sua ressurreição, também não a ressurreição perde seu significado sem sua entrega no calvário. E embora a cruz possa estar de lado, , o Papa Emérito ressalta que é preferível o crucifixo no centro, para que nem o sacerdote nem a assembleia tomem a primazia de Jesus nas nossas celebrações.

"Super ipsum altare poni potest, nisi in processione ad introitum deferatur, Evangeliarium a libro aliarum lectionum distinctum"

Também o livro dos Evangelhos, o Evangeliário, seja colocado sobre o altar. Veja que não se trata do lecionário, onde comumente se fazem as leituras da missa, mas de um livro particular que contém apenas os Evangelhos. Este livro, grande símbolo do Cristo-Palavra é solenemente posto sobre o altar, do início da celebração até a proclamação do Evangelho. Na procissão de entrada, pode ser levado imediatamente a frente do celebrante. Este livro, quando retirado do altar, dá lugar a uma presença mais perfeita do Cristo, a Eucaristia. Assim como a palavra de Deus precedeu o verbo encarnado na história da salvação. Também na liturgia, as escrituras dão lugar a Eucaristia indicando como a figura dará lugar a realidade, este mundo dará lugar ao Reino dos Céus.





 

 



Categoria:EVANGELIZANDO/PAPA
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 17h36
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

Cardeais: abuso litúrgico enfraquece a fé

 

Por CINDY WOODEN

Um enfraquecimento da fé em Deus, um aumento do egoísmo e uma queda no número de pessoas que vão à Missa podem ser relacionados ao abuso litúrgico ou às Missas que não são reverentes, foi o que disseram dois cardeais do Vaticano e um consultor.

O Cardeal Raymond Burke dos EUA, chefe da suprema corte do Vaticano, disse: “Se errarmos ao pensar que somos o centro da liturgia, a Missa levará a uma perda da fé.”

O Cardeal Burke e o Cardeal espanhol Antonio Cañizares Llovera, prefeito da Congregação para o Culto Divino e os Sacramentos, falou ontem no lançamento de um livro em Roma.

 O livro, publicado apenas em italiano, foi escrito pelo Pe. Nicola Bux, que serve de consultor às congregações para a doutrina da fé e para a causa dos santos, bem como para o gabinete responsável pelas liturgias papais.

A tradução para o português do título do livro do Pe. Bux seria, Como ir a Missa e não perder a sua fé.

Cardeal Burke disse àqueles reunidos para a apresentação do livro, que ele concordava com Pe. Bux que “os abusos litúrgicos causam um sério prejuízo para a fé dos católicos”.

 Infelizmente, disse ele, “muitos padres e bispos tratam as violações das normas litúrgicas como algo sem importância quando, na verdade, são abusos graves”.

 O Cardeal Cañizares disse que embora o título do livro seja provocativo, revela uma visão que compartilha.“Participar da Eucaristia pode nos enfraquecer ou nos fazer perder a nossa fé se não tomar parte dela apropriadamente,” e se a liturgia não for celebrada de acordo com as normas da Igreja, disse ele.

Cardeais: abuso litúrgico enfraquece a fé 1

Card. Antonio Cañizares Llovera eleva  a Eucaristia durante Missa na Basílica S. João Lateranense em

 “Isso é verdade que se esteja referindo à forma Ordinária ou Extraordinária do mesmo Rito Romano,”disse o cardeal.

 O Cardeal Cañizares disse que ao mesmo tempo que tantas pessoas vivem como se Deus não existisse, elas necessitam de uma verdadeira celebração eucarística para lembrá-los que apenas Deus deve ser adorado e que o verdadeiro significado da vida humana vem apenas do fato que Jesus deu sua vida para salvar o mundo.

Pe. Bux disse que muito católicos modernos pensam que a Missa é algo que o padre e a congregação fazem juntos que, na realidade, é algo que Jesus faz.

 “Se você vai a Missa em um lugar e depois vai a Missa em um outro, você não assistirá a mesma Missa. Isso significa que não é a Missa da Igreja Católica, que as pessoas tem o direito, mas é apenas a Missa dessa paróquia ou daquele padre,” disse ele.

 

Tradução: Missa Gregoriana

FONTE: http://liturgiaemfoco.zip.net/

 

 



Categoria:EVANGELIZANDO/PAPA
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 02h09
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

Depoimento de uma Católica fiel...

 

"As pessoas vão embora da Igreja e são inúmeras as desculpas, na maioria das vezes, por interesses pessoais e materiais, até porque, nunca vi, desde a minha infância padres pregarem que eu seria rico ou teria de tudo nessa vida. Sempre ouvi dizer, que era preciso amar a CRUZ com Cristo e a felicidade, por Ele nos seria dada.

Sempre acreditei nisso e é verdade, quanto sofrimento tive que enfrentar, Deus não me deu uma vida fácil e eis que estou aqui.

Estou na Igreja por que?

Respondo: Os mártires não desistiram, Padre Pio ficou, Madre Tereza ficou, Lúcia, Jacinta e Francisco ficaram, tanta gente que sofreu até mais que eu ficaram, e muitas delas, foram bem pobres, e ficaram.

Ir embora é um jeito de satisfazer os sentimentos. Eu fico, não vou! A Igreja Católica tem seus erros, eu sei, mas só ela tem Jesus na Eucaristia e Maria!

Os erros não significam nada diante desses tesouros! Reconheço o valor de muitas outras denominações, SÉRIAS. Porque tem muito "circo" por ai! Respeito quem não crê como acredito!

É difícil ser católico, porque às vezes a Igreja só tem respostas silenciosas às minhas dificuldades, tem gente que só se diverte com espetáculos miraculosos. Igreja prega o EVANGELHO, igrejinhas fazem espetáculos.

 Obs. esse texto é para os que ficaram e não para os que foram embora, não é pra trazer de volta a ninguém, só pra dizer porque eu não fui embora. Eu não encontrei Jesus, foi Ele que me encontrou aqui" —

 

Fonte Facebook: https://www.facebook.com/nilzapereira.volpi

 

 



Categoria:ATITUDES CRISTÃS,REFLEXÕES
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 12h31
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]





Categoria:Avaliação
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 18h25
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

VALE A PENA LER... MANEIRAS DE SE VESTIR NA SANTA MISSA!!!

 

 

Católicos Evangelizadores

 

Ainda hoje vemos pessoas que se dizem "católicas" que gostam de ir para a missa vestida de qualquer jeito.

 O Catecismo da Igreja Católica (n. 1387) afirma sobre o momento da Sagrada Comunhão: "A atitude corporal - gestos, roupa - há de traduzir o respeito, a solenidade, a alegria deste momento em que Cristo se torna nosso hóspede."

É preciso evitar, então, primeiramente as roupas que expõe o corpo de forma escandalosa, como decotes profundos, shorts curtos ou blusas que mostrem a barriga. Mas convém que se evitem também tudo o que contraria, como afirma o Catecismo, a alegria, a solenidade e o respeito - isto é, banaliza o momento sagrado.

... O bom senso nos mostra, por exemplo, que partindo do princípio da solenidade, é melhor que se use uma calça do que uma bermuda. Ora, na nossa cultura, não se vai a um encontro social solene usando uma bermuda!

 O bom senso nos mostra também que, partindo do princípio do respeito e da não-banalização do sagrado, é melhor que se evitem roupas que chamam atenção para o corpo ou para elementos não relacionados com a Sagrada Liturgia. É melhor que uma mulher, por exemplo, utilize uma blusa com mangas do que uma blusa de alcinha; é melhor que utilize uma calça discreta, saia ou vestido do que uma calça estilo "mulher-gato" (isto é, apertadíssima); também é melhor que se utilize, por exemplo, uma camisa ou camiseta discreta do que uma camiseta do Internacional ou do Grêmio.

 A questão se reveste de uma seriedade ainda maior quando se trata daqueles que exercem funções litúrgicas, tais como os leitores e músicos. Pois estes, além de normalmente estarem mais expostos ao público que os demais, acabam por serem também modelos.

 É de acordo com este senso que até a pouco tempo atrás era comum se utilizar a expressão popular "roupa de Missa" ou "roupa de Domingo" como sinônimo da melhor roupa que se tinha. Quanto bem faria aos católicos se esta expressão fosse restaurada!

 Quanto aos que afirmam que "o que importa é o coração", vale lembrar que aqui não cabe a aplicação deste princípio, pois isso implicaria colocar-se em contraposição com grandes parte das normas litúrgicas da Santa Igreja, bem como com os diversos sinais e símbolos litúrgicos (paramentos, velas, incenso, gestos do corpo, etc.), que partem da necessidade de se manifestar com sinais externos a fé católica à respeito que acontece no Santo Sacrifício da Missa, bem como manifestar externamente a honra devida a Deus. A atitude interna é fundamental, mas desprezar as atitudes externas é um erro.

 Portanto, não é tanto faz e nem o que importa é o coração.

 Se continuarmos com isso, correremos o risco de ter que aceitar roupas muito piores na Santa Missa.

Vinícius Lacerda ~ ADM/Católicos Evangelizadores

Fonte desse texto: Face Jovens Água Viva(Comunidade Redil do Bom Pastor-José Bonifácio-SP)

 



Categoria:ATITUDES CRISTÃS,REFLEXÕES
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 23h36
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

É POSSIVEL...

Senhor, preciso muito de Ti, porque quero viver na tua presença sem pecado algum, isto me é possível? Por isso, te suplico humildemente Senhor, concede-me essa graça, porque somente assim me é possível te agradar em tudo e a todo instante sem jamais me afastar do teu propósito divino a meu respeito.

Ó meu Senhor! Quem eu sou? Minha razão me diz que eu sou ser capaz da vida e da morte temporais. Minha fé, porém, me diz que eu sou um mistério do teu amor, sou o que sou aos teus olhos e muito mais do que aparento ser aos olhos do mundo, justamente por viver a esperança de ver-te um dia face a Face em tua glória.

Ó Senhor, aqui estou em meio às tuas criaturas, visíveis e invisíveis, de um modo todo singular, porque somos únicos, visto que não Te repetes nunca em tuas obras porque trazemos em nossa essência a tua unicidade. Entretanto, Senhor, tenho lutado incansavelmente contra mim mesmo e contra toda inclinação para o pecado, que consiste em te negar por pensamentos, palavras, atos e omissões.

Sei que vivemos neste mundo em meio a tantas contradições, mas poderíamos viver muito bem, como se aqui fosse um verdadeiro paraíso, se te obedecêssemos integralmente como nos pedes em teus mandamentos, e também pelo comportamento do teu Filho Jesus, que nos deu o seu exemplo de amor incondicional a Ti por sua obediência até a morte e morte de cruz.

Por isso, vem Senhor em nosso auxílio, socorre-nos sem demora, conduz-nos pela ação do Espírito Santo para sermos sal da terra e luz do mundo; desse modo, tua segurança nos faz seguros em meio às contradições deste mundo, onde parece reinar o sofrimento e a dor, pelo horror dos pecados que se têm cometido contra Te e contra os teus filhos e filhas e todas as tuas criaturas que aqui ainda estão.

Por fim, peço-te perdão Senhor, nessa minha pobre oração, feita de coração para que haja paz nesta terra onde o Sangue do teu Filho amado foi derramado para a nossa salvação; que Seu Sangue redentor nos alcance o teu favor de sermos elevados ao Reino dos Céus, onde reinará tua justiça e teu amor por toda a eternidade. Amém, que assim seja!

Paz e Bem!

Frei Fernando,OFMConv.



Categoria:EVANGELIZANDO/PAPA
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 00h44
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

Jesus já está te esperando em 2013 de braços abertos...

 

Se você sentir algo bom, um amor vindo de alguém...

E você olhar para os lados e não descobrir de quem.

Olhe na direção do Santíssimo Sacramento que você descobrirá:

 

É JESUS te esperando lá em 2013.

Ame e confie no nosso Senhor!

 PAZ E BEM!

 



Categoria:JESUS CRISTO/SANTOS
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 02h07
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

Meu Senhor, parabens pelo Seu aniversário!!

O mes de dezembro nos leva a refletir e a comemorar o final de mais um ano, mais um ano que vencemos as etapas do nosso caminho, na nossa existência.Mas muitos de nós esquecemos de agradecer a quem devemos nossas vitórias e a quem nos consolou nas nossas dificuldades...

O papai noel vem a mente de todas as pessoas, junto com comércio superlotado.E a alegria é estampada nos rostos infantis e adultos, por causa das gostosas guloseimas, brinquedos caros e tantos outros presentes.

As esperanças se renovam, muitas inimizades são perdoadas e a reaproximação recomeça até o proximo desentedimento.

O brilho das cidades é escandalosamente lindo...

Mas o mais importante disso tudo é amar Jesus e felicita-lo:

Parabens Meu Senhor, de joelhos agradecemos por estar entre nós:




Categoria:JESUS CRISTO/SANTOS
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 00h53
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Qual o significado da Coroa do Advento?

 

 

 

É um círculo de folhagens verdes, sua forma simboliza a eternidade e sua cor representa a esperança e a vida…

Deus se faz presente na vida de todo ser humano e de todas as formas deixa-nos sentir seu amor e desejo de nos salvar. A palavra ADVENTO é de origem latina e quer dizer CHEGADA. É o tempo em que os cristãos se preparam para a vinda de Jesus Cristo. O tempo do advento abrange quatro semanas antes do Natal.

 

Atualmente há uma grande preocupação em reavivar este costume muito significativo e de grande ajuda para vivermos este tempo. A coroa ou a grinalda do Advento é o primeiro anúncio do Natal. É um círculo de folhagens verdes, sua forma simboliza a eternidade e sua cor representa a esperança e a vida. Vem entrelaçado por uma fita vermelha, símbolo tanto do amor de Deus por nós como também de nosso amor que aguarda com ansiedade o nascimento do Filho de Deus.

 

No centro do círculo se colocam as quatro velas para se acender uma a cada domingo do Advento. A luz das velas simboliza a nossa fé e nos leva a oração, elas simbolizam as quatro manifestações de Cristo:

 

1° Encarnação, Jesus Histórico;

2° Jesus nos pobres e necessitados;

3° Jesus nos Sacramentos;

UOL Busca Parusia: Segunda vinda de Jesus.

 

No Natal se pode adicionar uma quinta vela branca, até o término do tempo natalino e, se quisermos, podemos por a imagem do Menino Jesus junto à coroa: temos que nos atentar, porém, que o Natal é mais importante do que a espera do Advento.

 

Essa coroa é originária dos países nórdicos (países escandinavos, Alemanha), a qual contém raízes simbólicas universais: a luz como salvação, o verde como vida e o formato redondo como eternidade.

 

Simbolismos esses que se tornaram muito adequados ao mistério natalino cristão, e que por isso, adentraram facilmente nos países sulinos. Visto que se convertera rapidamente em mais um elemento de pedagogia cristã para expressarmos a espera de Jesus como Luz e Vida, em conjunto com outros símbolos, certamente mais importantes, como são as leituras bíblicas, os textos de oração e o repertório de cantos.

 

O comércio e o sistema deste mundo fazem questão de esquecer o verdadeiro sentido do Natal e nós podemos cair nessa, mas é possível dar presente e celebrar o verdadeiro sentido: O Menino Jesus é o nosso grande presente!

 

Sugestão: você pode fazer uma coroa do Advento em sua casa e celebrar com sua família à luz da nossa fé a chegada de Jesus Cristo nosso Salvador. E a cada Domingo ir acendendo as velas, convidando seus familiares para rezar.

 

Oração: Senhor Jesus celebrar o teu Natal é fazer da minha vida, da minha casa um lugar de eternidade e salvação. Que a Tua luz brilhe em cada coração. Acendendo cada vela desta coroa do Advento queremos acender a esperança, o amor, a fraternidade e a Salvação que é o grande presente que queremos dar a todos que amamos através do menino Jesus que vai nascer em nossa família.

 

Como você se prepara para celebrar esta grande festa do nascimento de Nosso Senhor Jesus Cristo?Clique em comentários e diga como você vive este tempo litúrgico?

 

Natal feliz é Natal com Cristo!

Minha benção fraterna+

 

Padre Luizinho,

Com. Canção Nova

FONTE: 

http://www.catequisar.com.br/



Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 23h52
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

FRANCISCO RESTAURA A MINHA IGREJA...

Foi na encantadora igrejinha de São Damião, a um quilometro abaixo de Assis, toda humilde entre as oliveiras, que se deu o notável acontecimento. Francisco rezava com fervor ante o grande crucifixo bizantino: "Senhor, suplico-Vos me ilumines e dissipeis as trevas da minha alma". Do crucifixo veio a resposta, suave e benevolente: "Francisco, restaura a minha casa, que desmorona".

Iluminado por essa ordem precisa, correu à loja do pai, que se encontrava ausente, carregou o cavalo com várias peças de tecido e galopou em direção ao mercado de Foligno.Ali vendeu o tecido e a montaria. De volta a São Damião, encontrou o velho sacerdote que administrava o santuário e ofereceu-lhe o dinheiro para pagar as despesas de restauração; que desconfiado recusou. Francisco, então, atirou com desdém o dinheiro no canto de uma janela e suplicou ao velho sacerdote que lhe permitisse viver com ele. O outro aceitou.

Entrementes, voltou o pai a Assis e, informando-se dos acontecimentos, teve um acesso de violenta cólera. Reunindo parentes e amigos, desceu a São Damião, a fim de capturar o filho indigno; este, porém, refugiado numa caverna, passou um mês em oração, jejum e lágrimas.

Enfim, confiando no auxilio de Deus, foi ao encontro de seus perseguidores.

Assis acolheu o seu herói de ontem com vaias e pedradas; Pedro de Bernardone (seu pai) lançou-o numa enxovia (prisão subterrânea), exortando-o a renuncia de seus projetos.

Seguiu depois em viagem de negócios e a mãe libertou o seu Francisco, que regressou a São Damião.

Voltando de novo o pai, nova cena; desta vez, quis encerrar o caso e apresentou queixa aos cônsules.

Citado, Francisco compareceu e declarou-se a serviço de Deus; enviaram o queixoso ao tribunal do Bispo, perante o qual aceitou apresentar-se o filho insubmisso.

Intimado a restituir o dinheiro que tirara, Francisco respondeu com um gesto sublime: para nada conservar da herança paterna, despojou-se das próprias vestes, atirando-as aos pés do pai. Na eloqüência de sua nudez, dirigiu-se aos presentes em solene linguagem: "Escutai-me todos e compreendei. Até agora chamei Pedro Bernardone meu pai. Agora, posso dizer: Pai Nosso, que estais nos Céus"

E o Bispo, em sinal de adoção, cobriu Francisco com seu manto.

Essa nova fase separava Francisco do mundo, consagrando-o ao serviço da igreja; doravante, achava-se livre para dedicar-se à tarefa que lhe indicara o próprio Cristo.

Ganhou novamente São Damião e, vestido com o hábito de eremita, iniciou, jubiloso, a restauração do santuário, pedindo materiais e alimento, chegando mesmo a reunir, não obstante as zombarias, companheiros que o auxiliassem no trabalho. Terminada a igrejinha de São Damião, e não tendo recebido outra ordem de Cristo, Francisco restaurou a de São Pedro. Depois a de Santa Maria dos Anjos, depois uma capela abandonada que ficava a uma légua da cidade e que se chamava, por causa das exíguas dimensões, "a Porciúncula". Fascinado com a solidão do lugar, ali estabeleceu o seu domicilio. E foi ali, na humilde casa de Deus que em 24 de fevereiro de 1209, festa de São Matias, ouviu Francisco o apelo que rematou sua conversão, esclarecendo-lhe o sentido das palavras percebidas havia dois anos em São Damião.

O Evangelho do dia recordava as palavras pronunciadas por Jesus quando enviou os apóstolos a anunciarem a boa nova: "Ide e pregai, dizendo: Está próximo o Reino dos Céus... Não leveis à cintura ouro, nem prata, dinheiro, alforje para o caminho, nem duas túnicas, nem sandálias, nem bordão: porque o operário é digno do seu sustento"...

Não era a igreja de pedra que o Senhor lhe ordenava reconstruir, mas o Corpo Místico de Cristo, retalhado pelo ódio, vício e indiferença.

(do livro de Ivan Gobry, São Francisco de Assis e o espírito franciscano).

"Numa analise dos nossos tempos, rogamos a São Francisco de Assis uma nova restauração da Igreja de Cristo." 



Categoria:EVANGELIZANDO/PAPA
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 17h40
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

SÚPLICA...

SÚPLICA PARA COMPREENDER O AMOR DE JESUS CRISTO

(Efésios 3, 14-21)

14 Por esta causa dobro os joelhos em presença do Pai, 15 ao qual deve a sua existência toda família no céu e na terra,16 para que vos conceda, segundo seu glorioso tesouro, que sejais poderosamente robustecidos pelo seu Espírito em vista do crescimento do vosso homem interior.

17 Que Cristo habite pela fé em vossos corações, arraigados e consolidados na caridade,18 a fim de que possais, com todos os cristãos, compreender qual seja a largura, o comprimento, a altura e a profundidade,19 isto é, conhecer a caridade de Cristo, que desafia todo o conhecimento, e sejais cheios de toda a plenitude de Deus.
20 Àquele que, pela virtude que opera em nós, pode fazer infinitamente mais do que tudo quanto pedimos ou entendemos, 21 a ele seja dada glória na Igreja, e em Cristo Jesus, por todas as gerações de eternidade. Amém.



Categoria:BÍBLIA:a voz de Deus
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 16h30
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

Um reflexão inspirada no Monsenhor Ângelo Angioni

Túmulo do Monsenhor Ângelo Angioni-Matriz José Bonifácio-SP

 

Como de costume sempre visito o Sacrário de alguma Igreja da nossa cidade para rezar, hoje senti o desejo de ir à Matriz São João Batista, apesar de ser um templo grande é um bom lugar para refletir sobre a nossa Fé e o momento da nossa Igreja. Fiquei lá no fundo olhando para o Sacrário a distância e vendo as raras pessoas que visitavam o Senhor Jesus.

 

Falar de Jesus está cada vez mais difícil alguns mudam de assunto, outros nos olham desconfiados se estamos sendo verdadeiros ou não.

 

Acusam-te da pretensão de ser um juiz do céu, mas as palavras que proferimos sempre vêm da Bíblia. As Leis do Pai é o único caminho, Ele já sentenciou isso para nós. Ninguém pode ser um Juiz lendo a sentença já escrita pelo Criador.

 

Na sua Misericórdia e amor infinito de Pai nos apontou o caminho. Jesus nos disse "Ide até os confins do mundo e evangelize". Mas como fazer isso meu Senhor? Vejo Sua Igreja sendo agredida por dentro, nas suas estruturas com maus exemplos. E todos se calam, ou aplaudem os pecadores.

 

Somos cristãos e filhos de Deus é através do nosso exemplo que damos hoje que a Igreja do Senhor caminha para o futuro, se for ao contrário, se falhamos nessa missão ela pode ruir.

 

Já houve tempos que ocorreu isso, um deles quando São Francisco de Assis ouviu em São Damião a voz do Pai o pedido: Restaura a minha Igreja, que ela está por ruir. Tempos depois São Francisco compreendeu que seria a Igreja espiritual, que somos todos nós, pois o povo da época perdia a Fé, templos eram abandonados ou destruídos.

 

Assim São Francisco fundou a ordem franciscana e recomeçou a evangelizar por toda Europa e fez renascer a Fé nos corações dos homens.

Necessitamos de outro Francisco para essa restauração...

 

Estou escrevendo isso porque hoje fui visitar o nosso Monsenhor Ângelo, olhei para seus olhos do quadro que está sobre seu túmulo: os vi tristes. E chorei, chorei muito... (Texto publicado meu Facebook em 03/08/12)

 



Categoria:ATITUDES CRISTÃS,REFLEXÕES
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 12h55
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

Senhor, neste momento de oração, venho pedir: aumenta a minha fé,

“Senhor, neste momento de oração, venho pedir: aumenta a minha fé, porque, nos momentos de tribulação e nas ‘noites escuras’ da vida, será a fé a me guiar.

Na enfermidade do corpo, quando a doença já estiver presente, será a fé a me curar.

Aumenta a minha fé, Senhor, porque nos momentos de discussão e de conflitos familiares, será a fé que me fará perdoar.

Nos momentos de desemprego, quando as dificuldades aumentarem, será a fé a me sustentar.

Aumenta a minha fé, Senhor, porque nas horas em que as pedras aparecerem no caminho e eu tropeçar, será pela fé que me levantarei.

Aumenta a minha fé, Senhor, para que, durante toda a vida e, principalmente na hora da morte, a fé me leve a crer na ressurreição.

Aumenta a minha fé, Senhor, dilata meu coração e faze com que o Teu Espírito derrame sobre mim a chama e o foro do amor. Amém!” (nosso Anjo, Livro 20 Passos...)

Bom dia amigas (os), que a PAZ e AMOR de Jesus esteja com todos

 



Categoria:EVANGELIZANDO/PAPA
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 01h40
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

NOSSA SENHORA APARECIDA.

Nossa Senhora Aparecida-foto Rivaldo R.Ribeeiro

Imagem foi exposta na Capela Santa Teresinha do Menino Jesus- José Bonifácio-SP.

Como sempre a Mãe se mostra linda aos seus filhos.

Ave-Maria, cheia de graça!
O Senhor é convosco
Bendita sois vóis entre as mulheres
E Bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus
Santa Maria Mãe de Deus,
Rogai por nós os pecadores
Agora e na hora de nossa morte.
Amém...




Categoria:SANTA TERESINHA DO MENINO JESUS
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 03h28
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

Coração Eucarístico de Jesus

"Oh! Coração Eucarístico de Jesus, por aquela chama de amor na qual ardeste no momento solene, no qual vos deste a todos nós, na Santíssima Eucaristia, humildemente vos suplicamos que vos digneis livrar-nos incólumes de todo poder, laço, engano e malvadeza dos espíritos infernais. Amém!
"Coração Eucarístico de Jesus, livrai-nos cada vez mais, das insídias de satanás".

"Jesus Ressuscitado, eu creio que está vivo diante dos meus olhos na Hóstia consagrada.
Creio também, Jesus no Seu poder contra toda a espécie de mal, porque você venceu, pela Sua Morte e Ressurreição, o pecado e a morte.

Seu preciosíssimo Sangue derramado na cruz está presente da Hóstia Santa.

Eu creio Jesus, e clamo que este Sangue seja agora derramado sobre mim e sobre todos os meus familiares.

Eu peço Senhor Jesus, que pelo Sangue libertador e salvífico, possamos nos livrar de toda opressão diabólica, que possa estar prejudicando a nossa família.

Eu desde já agradeço, confiante que Você me atenderá.

Eu vos louvo ó Pai por ter nos dado você, Jesus, como presente de Páscoa.
Eu agradeço de coração ao Espírito Santo que me ilumina e me conduz nos momentos de sofrimento e escuridão.
Muito obrigado, Jesus, meu Salvador e libertador".
Pai Nosso, que estais no Céu
Santificado seja o Vosso Nome
Venha a nós o Vosso Reino
Seja feita a Vossa Vontade,
Assim na Terra como no Céu
O Pão-Nosso de cada dia nos daí hoje
Perdoai-nos as nossas ofensas
Assim como nós perdoamos a
Quem nos tem ofendido
E não nos deixeis cair em tentação
Mas livrai-nos do Mal.
Amém...


Ave-Maria, cheia de graça!
O Senhor é convosco
Bendita sois vóis entre as mulheres
E Bendito é o Fruto do vosso ventre, Jesus
Santa Maria Mãe de Deus,
Rogai por nós os pecadores
Agora e na hora de nossa morte.
Amém...


Glória ao Pai , ao Filho e ao Espírito Santo.
Assim como era no princípio , agora e sempre.
Amém





Categoria:JESUS CRISTO/SANTOS
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 03h03
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

Oração de São Padre Pio de Pietrelcina

Fica Senhor comigo, preciso da Tua presença para não te ofender.

Sabes quão facilmente sou fraco e te abandono preciso de Ti para não cair.

 

Fica Senhor comigo, se queres que eu Te seja fiel. Seja-me... aquele abrigo pois embora minh'alma, muito pobrezinha, deseja ser pra Ti Lugar de consolação, carinho e adoração. Um ninho de amor então quietude e profunda oração.

 

Não peço o que não mereço, mas tua presença ó Deus quero ter.

Fica Senhor comigo, para que eu ouça a Tua voz...

 

Fica Senhor comigo, fica meu grande amigo

 

Tu és minha luz, sem Ti ando nas trevas...

Fica Senhor, para me dar a conhecer a Tua vontade.

 

Fica Senhor comigo, fica meu grande amigo.

Minh'alma é tão pobrezinha, seja meu único abrigo.

Quero sua companhia, muito preciso ouvir-te Senhor,

Tanto desejo amar-te, fica meu grande amor.

 

( oração Pe Pio)

 

Fonte: Facebook :Henrique Carusi.

PEQUISE: UOL Busca São Padre Pio de Pietrelcina

 



Categoria:JESUS CRISTO/SANTOS
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 01h38
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

ATITUDE CRISTÃ

Eu vi esse casal lindo e não resisti e fiz essas fotos:

 A esposa levando seu esposo para um passeio, ela também já idosa com todo cuidado o ajudava a caminhar até o destino.

Quantos anos vivem juntos? Quantas pontes ultrapassaram?

Seríamos nós dos tempos atuais irmos tão longe?

Os nossos interesses atuais seriam capazes de afugentar uma vida de convivência como essa?

 

A vitória eles conseguiram, são um pedestal de uma família, raízes fortes que faz perpetuar a seiva que é levada para seus ramos: filhos, netos e amigos e os alimenta com seu exemplo de amor.

  

Um exemplo para uma boa reflexão para os jovens casais desses tempos corridos, onde buscam algo que na maioria das vezes nada encontram apenas a certeza que o tempo passa rápido demais...

 

Afinal  SOMOS TODOS UM, um depende do outro, no fim do caminho nós precisamos de nós, e é nesse fim que seremos mais importantes uns para os outros.  Despresar o presente é duvidar que chegaremos ao futuro.



Categoria:ATITUDES CRISTÃS,REFLEXÕES
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 01h28
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

RESSURREIÇÃO...

RESSURREIÇÃO DO NOSSO SENHOR JESUS CRISTO. ALELUIA!!

João 20,1-22

 

1 No primeiro dia que se seguia ao sábado, Maria Madalena foi ao sepulcro, de manhã cedo, quando ainda estava escuro. Viu a pedra removida do sepulcro. 2 Correu e foi dizer a Simão Pedro e ao outro discípulo a quem Jesus amava: Tiraram o Senhor do sepulcro, e não sabemos onde o puseram! 3 Saiu então Pedro com aquele outro discípulo, e foram ao sepulcro. 4 Corriam juntos, mas aquele outro discípulo correu mais depressa do que Pedro e chegou primeiro ao sepulcro.5 Inclinou-se e viu ali os panos no chão, mas não entrou. 6  Chegou Simão Pedro que o seguia, entrou no sepulcro e viu os panos postos no chão. 7  Viu também o sudário que estivera sobre a cabeça de Jesus. Não estava, porém, com os panos, mas enrolado num lugar à parte.8  Então entrou também o discípulo que havia chegado primeiro ao sepulcro. Viu e creu.
9  Em verdade, ainda não haviam entendido a Escritura, segundo a qual Jesus devia ressuscitar dentre os mortos. 10  Os discípulos, então, voltaram para as suas casas.

 

11 Entretanto, Maria se conservava do lado de fora perto do sepulcro e chorava. Chorando, inclinou-se para olhar dentro do sepulcro. 12  Viu dois anjos vestidos de branco, sentados onde estivera o corpo de Jesus, um à cabeceira e outro aos pés. 13  Eles lhe perguntaram: Mulher, por que choras? Ela respondeu: Porque levaram o meu Senhor, e não sei onde o puseram.

 

 14  Ditas estas palavras, voltou-se para trás e viu Jesus em pé, mas não o reconheceu. 15  Perguntou-lhe Jesus: Mulher, por que choras? Quem procuras? Supondo ela que fosse o jardineiro, respondeu: Senhor, se tu o tiraste, dize-me onde o puseste e eu o irei buscar. 16  Disse-lhe Jesus: Maria! Voltando-se ela, exclamou em hebraico: Rabôni! (que quer dizer Mestre).
17  Disse-lhe Jesus: Não me retenhas, porque ainda não subi a meu Pai, mas vai a meus irmãos e dize-lhes: Subo para meu Pai e vosso Pai, meu Deus e vosso Deus.
18  Maria Madalena correu para anunciar aos discípulos que ela tinha visto o Senhor e contou o que ele lhe tinha falado.

 

19  Na tarde do mesmo dia, que era o primeiro da semana, os discípulos tinham fechado as portas do lugar onde se achavam, por medo dos judeus. Jesus veio e pôs-se no meio deles. Disse-lhes ele: A paz esteja convosco!20  Dito isso, mostrou-lhes as mãos e o lado. Os discípulos alegraram-se ao ver o Senhor. 21  Disse-lhes outra vez: A paz esteja convosco! Como o Pai me enviou, assim também eu vos envio a vós. 22  Depois dessas palavras, soprou sobre eles dizendo-lhes:

 

"Recebei o Espírito Santo.23 Àqueles  a quem perdoardes os pecados,  ser-lhes-ão perdoados; àqueles  a quem os retiverdes , ser-lhes-ão retidos."



Categoria:JESUS CRISTO/SANTOS
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 02h59
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

Cores Liturgias.

Cores Liturgias.

 

 

 

As cores litúrgicas e seus significados. Vamos conhecer quais e seus significados para melhor celebrarmos nossa Liturgia.

 

São seis as cores litúrgicas: branco, vermelho, verde, roxo, rosa e preto. Cada Tempo Litúrgico tem a sua cor específica, que são usadas nos Paramentos dos Sacerdotes.

 

BRANCO: Simboliza a vitória, paz, alegria. É usada na Páscoa, Natal, nas festas do Senhor, de Nossa Senhora e dos Santos não-mártires.

 

VERMELHO: Simboliza o fogo do amor, da caridade e o sangue do martírio. É usada na festa de Pentecostes, lembrando o fogo do Espírito Santo. No Domingo de Ramos, na Sexta-feira da Paixão e na festa dos Mártires lembrando o sangue.

 

VERDE: Esta cor simboliza a esperança. É usada nos domingos e dias do Tempo Comum.

 

ROXO: Simboliza a penitência, recolhimento, serenidade. É usada no Tempo da Quaresma, no Tempo do Advento. É usada também nas Missas pelos mortos e no Sacramento da Confissão.

 

PRETO: Simboliza o luto, a dor. É usada na missa pelos mortos. Hoje é pouco usada, sendo substituída pelo Roxo.

 

ROSA: Simboliza a alegria dentro de um tempo de penitência e recolhimento. É usada no Quarto Domingo da Quaresma (Laetare) e no Terceito Domingo do Advento (Gaudete).

 

 

Fonte: http://www.basilicadocarmocampinas.org.br/cores_liturgicas.htm

 



Categoria:EVANGELIZANDO/PAPA
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 22h59
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 

Meditando o Evangelho (Mc 1,21-28): 29/01/2012

«Um ensinamento novo, e com autoridade»

 

Dia Litúrgico: Tempo Comum, Semana IV (B), domingo. 

 

Entraram em Cafarnaum. No sábado, Jesus foi à sinagoga e pôs-se a ensinar. Todos ficaram admirados com seu ensinamento,

pois ele os ensinava como quem tem autoridade, não como os escribas. Entre eles na sinagoga estava um homem com um espírito impuro; ele gritava: «Que queres de nós, Jesus Nazareno? Vieste para nos destruir? Eu sei quem tu és: o Santo de Deus!». Jesus o repreendeu: «Cala-te, sai dele!».O espírito impuro sacudiu o homem com violência, deu um forte grito e saiu. Todos ficaram admirados e perguntavam uns aos outros: «Que é isto? Um ensinamento novo, e com autoridade: ele dá ordens até aos espíritos impuros, e eles lhe obedecem!». E sua fama se espalhou rapidamente por toda a região da Galileia.

 

Hoje, Cristo dirige-nos o seu grito enérgico, sem dúvidas e com autoridade: «Cala-te, sai dele!» (Mc 1,25). Disse-o aos espíritos malignos que vivem em nós e que não nos deixam ser livres, tal como Deus nos criou e desejou.

 

Se repararmos, os fundadores das ordens religiosas, a primeira norma que põem quando estabelecem a vida comunitária, é a do silêncio: numa casa onde se tenha que rezar, há-de reinar o silêncio e a contemplação. Como diz o ditado: «O bem não faz ruído; o ruído não faz bem». Por isto, Cristo ordena àquele espírito maligno que se cale, porque a sua obrigação é render-se diante de quem é a palavra, que «se fez carne, e habitou entre nós» (Jo 1,14).

 

Mas é certo que com a admiração que sentimos diante do Senhor, se pode misturar também um sentimento de suficiência, de tal maneira que cheguemos a pensar tal como Santo Agostinho dizia nas próprias confissões: «Senhor, faz-me casto, mas ainda não». A tentação é a de deixar para mais tarde a própria conversão, porque agora não encaixa com os nossos próprios planos pessoais.

 

O chamamento ao seguimento radical de Jesus Cristo é para o aqui e agora, para tornar possível o seu reino, que irrompe com dificuldade entre nós. Ele conhece a nossa tibieza, sabe que não nos gastamos fortemente na opção do Evangelho, mas que queremos contemporizar, ir tirando, ir vivendo, sem alarido e sem pressa.

 

O mal não pode conviver com o bem. A vida santa não permite o pecado. «Ninguém pode servir a dois senhores; porque odiará um e amará o outro» (Mt 6,24), disse Jesus Cristo. Refugiemo-nos na árvore sagrada da Cruz e que a sua sombra se projete sobre a nossa vida, e deixemos que seja Ele quem nos conforte, nos faça entender o porquê da nossa existência e nos conceda uma vida digna de Filhos de Deus. 

 

Comentário: Rev. D. Jordi CASTELLET i Sala (Sant Hipòlit de Voltregà, Barcelona, Espanha)
Fonte: http://evangeli.net/evangelho



Categoria:BÍBLIA:a voz de Deus
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 23h26
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Feliz 2012
 

           Feliz 2012          

                                                                                    

QUE A ESTRELA DO MENINO DEUS NOS GUIE SEMPRE -Mt 2,1-12
Que Deus abençoe a todos vocês irmãos em Cristo!
Ao chegar os primeiros dias do ano 2012, sejamos irmanados num só
desejo:
PAZ, AMOR,FRATERNIDADE, FÉ E  MUITA ESPERANÇA.
Que a Luz  do Espirito Santo de Deus ilumine os caminhos de cada um de nós.
Assim seja!



Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 18h08
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

Natal do Senhor Jesus Cristo

FOTO 01:

Presépio da Paróquia São José-josé Bonifácio-SP

Presépio da Paróquia São josé

FOTO 02:

Paróquia São João Batista-MATRIZ-José Bonifácio-SP

Presépio da Matriz -Paróquia São João Batista

 

Vejam mais fotos clicando aqui:

Anunciar Evangelion-23/12/2011

 

 Oração pela família no Natal

Senhor, diante de teu presépio
venho pedir por minha família.
Abençoa as pessoas que amo
onde quer que estejam.

Que dentro de nosso lar habite
a confiança de tua mãe, Maria,
o zelo de teu pai, José,
e a inocência de teu rosto de criança.

Afugenta de nossa casa as dores,
lágrimas e angústias causadas por
tantos Herodes que lutam por
matar nossos sonhos de paz.

Concede-nos a saúde do corpo e
da alma, para que possamos cantar
teus louvores a cada dia deste novo ano.

Que nossas portas estejam sempre
abertas para Ti, nas visitas que nos fazes
em tantos rostos sofridos.

Dá-nos a alegria de Tua presença em
nosso lar: o maior de todos os presentes possíveis.
Abençoa minha família neste Natal, Senhor.

Amém.



Categoria:JESUS CRISTO/SANTOS
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 17h51
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

Um tempo para cada coisa-Eclesiastes 3,1-15

1 Para tudo há um tempo, para cada coisa há um momento debaixo dos céus:  

2 tempo para nascer, e tempo para morrer; tempo para plantar, e tempo para arrancar o que foi plantado;  

3 tempo para matar, e tempo para sarar; tempo para demolir, e tempo para construir;  

4 tempo para chorar, e tempo para rir; tempo para gemer, e tempo para dançar;  

5 tempo para atirar pedras, e tempo para ajuntá-las; tempo para dar abraços, e tempo para apartar-se.  

6 Tempo para procurar, e tempo para perder; tempo para guardar, e tempo para jogar fora;   

7 tempo para rasgar, e tempo para costurar; tempo para calar, e tempo para falar;   

8 tempo para amar, e tempo para odiar; tempo para a guerra, e tempo para a paz.  

 

9 Que proveito tira o trabalhador de sua obra?   

10 Eu vi o trabalho que Deus impôs aos homens:   

11 todas as coisas que Deus fez são boas, a seu tempo. Ele pôs, além disso, no seu coração a duração inteira, sem que ninguém possa compreender a obra divina de um extremo a outro.   

12 Assim eu concluí que nada é melhor para o homem do que alegrar-se e procurar o bem-estar durante sua vida;   

13 e que comer, beber e gozar do fruto de seu trabalho é um dom de Deus.   

14 Reconheci que tudo o que Deus fez subsistirá sempre, sem que se possa ajuntar nada, nem nada suprimir. Deus procede desta maneira para ser temido.   

15 Aquilo que é, já existia, e aquilo que há de ser, já existiu; Deus chama de novo o que passou.   



Categoria:BÍBLIA:a voz de Deus
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 17h49
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 

Não seguir as Palavras do Senhor é renegar a nossa inteligência

UOL Busca Rivaldo R.Ribeiro

Meus queridos irmãos e irmãs realmente estamos vivendo o tempo da apostasia, a falta de Fé agride os que  acreditam na palavra do Senhor.

Muitos defendem que o amor deve ser amplo, geral e irrestrito. Mas o Amor não deve ser confundido com a promiscuidade que estamos vendo e ouvindo.

Deus nos criou seres inteligentes para reinar sobre a Terra, Ele não nos criou para comportar-mos como animais sem inteligência, que agem apenas por um único comportamento:o instinto.

Se começarmos a agir pelo instinto, teremos que renegar a nossa inteligência nos tornando seres irracionais, só dessa forma O Senhor poderá nos perdoar dos pecados que estamos cometendo.

Atentados contra vida como a UOL Busca lei do aborto e outras tantas aberraçoes, vem de encontro a tudo que está escrito no livro sagrado: a Bíblia. Quem somos nós para questionarmos as Leis de Deus? Se ignorarmos a  palavra de Deus estaremos decretando que não acreditamos no Senhor, assim estaremos sem leme.

Que destino  nos espera??   A irracionalidade.



Categoria:ATITUDES CRISTÃS,REFLEXÕES
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 18h03
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

Vera Lucia canta a bela canção "Sou um Milagre".

Imperdivel!

 

Veja no meu novo blog(abaixo) um lindo video

 sobre a vida de Santa Teresinha.

http://anunciar-evangelion.blogspot.com/

 



Categoria:EVANGELIZANDO/PAPA
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 00h58
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

V I D E O S

Como Zaqueu
Eu quero subir
O mais alto que eu puder
Só pra te ver
Olhar para Ti
E chamar sua atenção para mim.
Eu preciso de Ti, Senhor
eu preciso de Ti, Oh! Pai
Sou pequeno demais
Me dá a Tua Paz
Largo tudo pra te seguir.

Entra na minha casa
Entra na minha vida
Mexe com minha estrutura
Sara todas as feridas
Me ensina a ter Santidade
Quero amar somente a Ti,
Porque o Senhor é o meu bem maior,
Faz um Milagre em mim.



Categoria:EVANGELIZANDO/PAPA
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 18h07
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

JOSÉ BONIFÁCIO-SP :

MISSA CAMPAL COM A IMAGEM PEREGRINA DO DIVINO PAI ETERNO,RELEMBRANDO O TERCEIRO ANO DA MORTE DO MONSENHOR ANGELO ANGIONI.

 A Missa campal realizada no dia 15/09/2011 na Praça da Igreja Matriz São João Batista na cidade de José Bonifácio (SP) para a celebração da visita da UOL Busca Imagem Peregrina do Divino Pai Eterno, foi presidida pelo Padre Robson de Oliveira, reitor do Santuário Basílica, em Trindade (GO), a intenção principal é para relembrar o terceiro ano da morte do UOL Busca Monsenhor Ângelo Angioni.

Podemos dizer que esse evento literalmente transbordou pela grande quantidade de fiéis que compareceram e a chuva que caiu torrencialmente encharcando as pessoas dos pés a cabeça no momento da Santa Missa.

 

As pessoas se espremiam para encontrar algum lugar para se proteger do aguaceiro, abrigaram-se dentro da Igreja São João Batista, em baixo das marquises das lojas próximas a praça, capas de chuvas, guarda chuvas e mesmo ao ar livre.

 

Mas não abandonaram o local, pela devoção e Fé no Divino Pai Eterno e em respeito ao Monsenhor Ângelo Angioni.

 

Eu e minha família estávamos lá, ficamos todos molhados, as fotos feitas por mim para postar aqui no blog foram prejudicadas, mas o transtorno do temporal deu um tempero diferente e maior naquela grande festa Eucarística.

 

O querido Pe. Robson solidário conosco saiu do abrigo onde foi montado o altar e veio para junto do povo, causando comoção e muitos aplausos pela sua atitude cristã de fraternidade e solidariedade com seu povo. (Vejam nas fotos)

 Pe. Robson de Oliveira, quando veio a José Bonifacio(SP) trazendo a imagem do Divino Pai Eterno...

UOL Busca Pe. Robson de Oliveira é um dos maiores ícones da Fé cristã e católica no Brasil, e eu confirmei isso vendo de perto seu carisma e espírito cristão.

 

 

UOL Busca Monsenhor Ângelo Angioni, faleceu no dia 15 de setembro de 2008 (5h30), era italiano da Sardenha-Itália, onde nasceu aos 14 de janeiro de 1915. Foi ordenado Sacerdote aos 31 de julho de 1938. Vindo para o Brasil em 1951, e como Pároco da Paróquia de São João Batista em José Bonifácio-SP viveu uma vida sacerdotal de 70 anos a serviço de Deus.”

 

 JOSÉ BONIFÁCIO-SP : MISSA CAMPAL PARA CELEBRAÇÃO DA VISITA DA IMAGEM PEREGRINA DO DIVINO PAI ETERNO,RELEMBRANDO O TERCEIRO ANO DA MORTE DO MONSENHOR ANGELO ANGIONI.

 

Vejam mais fotos no  blog

http://anunciar-evangelion.blogspot.com/



Categoria:EVANGELIZANDO/PAPA
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 01h12
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 

Onde está seu coração?

 

Por que aquele jovem rico precisava deixar tudo? [confira “O jovem rico” – Mateus 19,16-29]. Porque Jesus percebeu que ele estava apegado a seus bens e que isso o condenaria. Não há mal em se ter posses, o problema está no valor que se dá a esses bens. O Senhor sabia que esse rapaz precisava deixar tudo, pois assim encontraria um tesouro no Paraíso. Jesus o estava convidando para ser discípulo, para segui-Lo de perto, pois viu nele sinceridade e muitas qualidades importantes e o amou.

 

No decorrer do Evangelho, vemos que essa narração se aplica a cada um de nós – “Pois onde estiver o seu tesouro, aí também estará o seu coração” (Mateus 6,21). O tesouro daquele jovem estava nos seus bens, por esta razão não conseguiu optar pelo Senhor. Preferiu ficar como estava.

 

Meus irmãos, o melhor que temos a fazer é ser discípulos de Jesus; esse é o nosso tesouro aqui na terra e para o céu. O Senhor precisa ser o primeiro em nossa vida. Todos os fiéis, batizados, precisam tê-Lo como o Senhor de suas vidas.

 

E eu lhe pergunto: “Jesus é o seu único Senhor?” Porque, muitas vezes, quem está sentado no “trono de nossa vida” não é Jesus, mas sim, nós mesmos, nossos sonhos, nossos projetos para o futuro, nossas ambições, nossos afetos.

 

É preciso amar, e os casados precisam amar-se mutuamente, aos filhos, à família a aos demais, mas Jesus precisa ter o primeiro lugar, n'Ele precisa estar nosso coração. Precisamos nos perguntar: Quem ou o que está sendo o primeiro na minha vida? Quem é o centro dela? Nada nem ninguém pode ocupar o lugar do Senhor em nossas vidas, nem pessoas, nem bens, tampouco nossos problemas e enfermidades.

 

Fonte: http://www.paideamor.com.br



Categoria:EVANGELIZANDO/PAPA
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 23h59
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

O espírito dá a vida

O espírito dá a vida

 

1  De agora em diante, pois, já não há nenhuma condenação para aqueles que estão em Jesus Cristo.

 

2 A lei do Espírito de Vida me libertou, em Jesus Cristo, da lei do pecado e da morte.

 

O que era impossível à lei, visto que a carne a tornava impotente, Deus o fez. Enviando, por causa do pecado, o seu próprio Filho numa carne semelhante à do pecado, condenou o pecado na carne, 4 . a fim de que a justiça, prescrita pela lei, fosse realizada em nós, que vivemos não segundo a carne, mas segundo o espírito.

 

5  Os que vivem segundo a carne gostam do que é carnal; os que vivem segundo o espírito apreciam as coisas que são do espírito.

 

6  Ora, a aspiração da carne é a morte, enquanto a aspiração do espírito é a vida e a paz.

 

7  Porque o desejo da carne é hostil a Deus, pois a carne não se submete à lei de Deus, e nem o pode.

 

Os que vivem segundo a carne não podem agradar a Deus.

 

9  Vós, porém, não viveis segundo a carne, mas segundo o Espírito, se realmente o espírito de Deus habita em vós. Se alguém não possui o Espírito de Cristo, este não é dele.

 

10 Ora, se Cristo está em vós, o corpo, em verdade, está morto pelo pecado, mas o Espírito vive pela justificação.

 

11 Se o Espírito daquele que ressuscitou Jesus dos mortos habita em vós, ele, que ressuscitou Jesus Cristo dos mortos, também dará a vida aos vossos corpos mortais, pelo seu Espírito que habita em vós.

 

12 Portanto, irmãos, não somos devedores da carne, para que vivamos segundo a carne.

 

13  De fato, se viverdes segundo a carne, haveis de morrer; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras da carne, vivereis, 14  pois todos os que são conduzidos pelo Espírito de Deus são filhos de Deus.

 

15 Porquanto não recebestes um espírito de escravidão para viverdes ainda no temor, mas recebestes o espírito de adoção pelo qual clamamos: Aba! Pai!

 

16 O Espírito mesmo dá testemunho ao nosso espírito de que somos filhos de Deus.

 

17 E, se filhos, também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo, contanto que soframos com ele, para que também com ele sejamos glorificados.



Categoria:BÍBLIA:a voz de Deus
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 01h27
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



PAZ VEM DA VERDADEIRA SABEDORIA E DA JUSTIÇA


Meus queridos irmãos e irmãs vamos ler estes versículos da Bíblia, repare como é lindo e nos orienta para a Paz.

13. Quem dentre vós é sábio e inteligente? Mostre com um bom proceder as suas obras repassadas de doçura e de sabedoria.


14. Mas, se tendes no coração um ciúme amargo e gosto pelas contendas, não vos glorieis, nem mintais contra a verdade.


15. Esta não é a sabedoria que vem do alto, mas é uma sabedoria terrena, humana, diabólica.


16. Onde houver ciúme e contenda, ali há também perturbação e toda espécie de vícios.

 
17. A sabedoria, porém, que vem de cima, é primeiramente pura, depois pacífica, condescendente, conciliadora, cheia de misericórdia e de bons frutos, sem parcialidade, nem fingimento.


18. O fruto da justiça semeia-se na paz para aqueles que praticam a paz.

(Tiago 3, 13-18)



Categoria:BÍBLIA:a voz de Deus
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 01h15
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

Parábola do Juiz Iníquo

Parábola do Juiz Iníquo

 

Necessidade da oração diária.

 

 

1 Propôs-lhes Jesus uma parábola para mostrar que é necessário orar sempre sem jamais deixar de fazê-lo.

 

2 Havia em certa cidade um juiz que não temia a Deus, nem respeitava pessoa alguma.

 

3 Na mesma cidade vivia também uma viúva que vinha com freqüência à sua presença para dizer-lhe: Faze-me justiça contra o meu adversário.

 

4  Ele, porém, por muito tempo não o quis. Por fim, refletiu consigo: Eu não temo a Deus nem respeito os homens; 5 todavia, porque esta viúva me importuna, far-lhe-ei justiça, senão ela não cessará de me molestar.

 

6 Prosseguiu o Senhor: Ouvis o que diz este juiz injusto?

 

7 Por acaso não fará Deus justiça aos seus escolhidos, que estão clamando por ele dia e noite? Porventura tardará em socorrê-los?

 

8 Digo-vos que em breve lhes fará justiça. Mas, quando vier o Filho do Homem, acaso achará fé sobre a terra?

 

Lucas 18,1-8



Categoria:BÍBLIA:a voz de Deus
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 02h18
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 

CUIDADO COM JULGAMENTOS

Eclesiástico, 11, 1-9

1. A sabedoria do humilde levantará a sua cabeça e o fará sentar-se no meio dos grandes.

2. Não avalies um homem pela sua aparência, não desprezes um homem pelo seu aspecto.

3. Pequena é a abelha entre os seres alados: o que produz, entretanto, é o que há de mais doce.

4. Não te glories nunca de tuas vestes, não te engrandeças no dia em que fores homenageado, pois só as obras do Altíssimo são admiráveis, dignas de glória, misteriosas e invisíveis.

5. Muitos príncipes ocuparam o trono, e alguém, em quem se não pensava, usou o diadema.

6. Muitos poderosos foram grandemente oprimidos, e homens ilustres foram entregues às mãos de outrem.

7. Não censures ninguém antes de estares bem informado; e quando te tiveres informado, repreende com eqüidade;8. nada respondas antes de ter ouvido, não interrompas ninguém no meio do seu discurso.

9. Não indagues das coisas que não te dizem respeito; não te assentes com os maus para julgar.



Categoria:BÍBLIA:a voz de Deus
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 22h42
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

Nossa Senhora da Rosa Mística -13 de Julho

Nossa Senhora da Rosa Mística-Paróquia de São José- José Bonifácio-SP. Foto Rivaldo R.Ribeiro

Nossa Senhora da Rosa Mística -13 de Julho-

Imagem  exposta na Paróquia de São José- em José Bonfácio-SP 

Continue lendo sobre a Nossa Senhora Rosa Mística clique no link abaixo:

Santissima Virgem Maria/aparicao


 

ORAÇÃO A NOSSA SENHORA DA ROSA MÍSTICA


Rosa Mística, Virgem Imaculada, Mãe da Graça, para honra de Vosso Divino Filho, nos prostramos diante de Vós implorando a misericórdia de Deus: Não por nossos méritos mas pelo amor de Vosso Coração Maternal, nós vos suplicamos que nos concedais proteção e graça com a certeza de que nos haveis de atender.

 

Ave Maria...

 

Rosa Mística, Mãe de Jesus, Rainha do Santo Rosário e Mãe da Igreja, Corpo Místico de Cristo, nós vos pedimos que concedais ao mundo, dilacerado pela discórdia, a unidade e a paz e todas aquelas graças que podem mudar o coração de tantos de teus filhos.

 

Ave Maria...

 

Rosa Mística, Rainha dos Apóstolos, fazei florescer à volta da Mesa da Eucaristia muitas vocações sacerdotais a religiosas que difundam, com a santidade de sua vida e com o zelo apostólico pelas almas, o Reino de Vosso Filho Jesus por todo o mundo. E derramai sobre nós também a abundância de Vossas graças celestiais!

 

Ave Maria... Salve Rainha..

 
Nossa Senhora da Rosa Mística, Mãe da Igreja, rogai por nós!

   

A Rosa branca: o espírito de oração.

A Rosa Vermelha: o espírito de expiação e sacrifício.

A Rosa dourada: o espírito de penitência.

 



Categoria:JESUS CRISTO/SANTOS
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 01h10
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



56-Oração a Nossa Senhora do Carmo

Oração a Nossa Senhora do Carmo

 

Senhora do Carmo, Mãe da Família Carmelitana e Estrela do Mar, que o Santo UOL Busca Escapulário atraia sobre mim o Vosso olhar, seja ele o sinal de Vossa especial proteção nas dificuldades e desafios do Novo Milênio.

 

Virgem do Carmo, Mãe dos pobres e dos Mártires da América Latina, assim como ouvistes a súplica de Santa Teresa Benedita da Cruz e de São Simão, inclinai propício Vossos ouvidos às minhas preces e aos meus pedidos (fazer o pedido).

 

Rainha da Paz e Mãe dos Missionários cobri-nos com o Vosso manto sagrado, revesti-nos com o Santo Escapulário. Graças Vos dou por me haverdes atendido.

 

 

(Ler Lc 1, 46-56; rezar 1 Ave-Maria)

" E Maria disse: Minha alma glorifica ao Senhor,  meu espírito exulta de alegria em Deus, meu Salvador,

 porque olhou para sua pobre serva. Por isto, desde agora, me proclamarão bem-aventurada todas as gerações,

 porque realizou em mim maravilhas aquele que é poderoso e cujo nome é Santo.

 Sua misericórdia se estende, de geração em geração, sobre os que o temem.

Manifestou o poder do seu braço: desconcertou os corações dos soberbos.

Derrubou do trono os poderosos e exaltou os humildes.

Saciou de bens os indigentes e despediu de mãos vazias os ricos.

Acolheu a Israel, seu servo, lembrado da sua misericórdia,  conforme prometera a nossos pais, em favor de Abraão e sua posteridade, para sempre.

Maria ficou com Isabel cerca de três meses.

Depois voltou para casa. "

 

 

Oração a Nossa Senhora do Carmo

Ó Santíssima Imaculada Virgem Maria, ornamento e glória do Monte Carmelo, Vós que velais tão particularmente sobre os que trazem vosso sagrado Hábito, velai também, bondosa, sobre mim, e cobri-me com o manto de Vossa maternal proteção. Fortalecei minha fraqueza com o Vosso poder, e dissipai, com a Vossa luz, as trevas do meu coração.

 

Aumentai em mim a fé, a esperança e a caridade. Ornai minh'alma com todas as virtudes, a fim de que ela se torne sempre mais amada de Vosso Divino Filho. Assisti-me durante a vida, consolai-me com a Vossa Amável presença na hora da morte, e apresentai-me à Santíssima Trindade, como Vosso filho e fiel servo Vosso, para que eu possa louvar-Vos eternamente no Céu.

 

Assim seja.

 

(3 Ave-Marias, 1 Glória)  

 

Nossa Senhora do Carmo 

16 de julho

 

A festa de UOL Busca Nossa Senhora do Carmo recorda a instituição do Santo Escapulário que a Virgem entregou a São Simão Stock, Geral dos Carmelitas, a 16 de julho de 1251, dizendo:

 

"Meu filho querido, recebe este Escapulário, privilégio que concedo para todos os Carmelitas, sinal de minha fraternidade, salvação nos perigos, penhor de paz e de eterna aliança.

 

Todo aquele que com este hábito piedosamente morrer, não sofrerá o fogo eterno, assim como os irmãos que houverem ido para o Purgatório, dali Eu os libertarei no sábado seguinte à sua morte."

 

O escapulário é uma veste comum a muitas congregações religiosas mas particularmente distintiva da Ordem dos Carmelitas. Impõe-se hoje também um escapulário de formato pequeno a pessoas que não pertencem a congregações, para lhes permitir que participem das grandes Graças que a ele estão ligadas; entre outras, o privilégio sabatino.

 

Em sua bula chamada Sabatina, o Papa João XXII afirma que aqueles que usarem o escapulário serão depressa libertados das penas do purgatório no sábado que se seguir à sua morte.

 

Numa bula de 11 de fevereiro de 1.950, Pio XII convidava a "colocar em primeiro lugar, entre as devoções marianas, o escapulário que está ao alcance de todos"; entendido como veste mariana, esse é de fato um ótimo símbolo da proteção da Mãe celeste, enquanto sacramental extrai o seu valor das orações da Igreja e da confiança e amor daqueles que o usam.

 



Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 01h56
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 

BENGALA BRANCA

Meus irmãos essa semana eu estava no sacrário conversando com Jesus, rezava o pai-nosso, ave-maria, e minhas orações espontâneas de agradecimento e proteção minha família e a todos aqueles que sempre recorrem a Ele, Jesus.

Mas os medos da vida moderna às vezes nos torna fracos na Fé, sem confiança, sempre com receio pela segurança de todos nós, amargurados com tantas injustiças sociais, corrupção, distanciamento de Deus.


Mas Jesus falou no meu coração essa pequena parábola, da confiança dos cegos nas suas trilhas, nas suas caminhadas, não vacilam em vão sempre em frente, e resolvi transcrevê-la aqui, e dividir um pouquinho da minha Fé.

"Um cego vinha descendo a rua com sua bengala branca, pela sua deficiência até que caminhava rápido e conseguia desviar da maioria dos obstáculos, não levou nenhum tombo, não esbarrou em nenhum poste, em nenhuma pessoa. E continuou caminhando rua abaixo apenas com a certeza que sua bengala branca o orientava.
.
Ele vivia na escuridão, não via, não enxergava, seus sentidos eram apenas o tato, olfato, audição e a bengala branca. Com todos esses problemas sua face não esboçava tristeza, apenas a determinação de ir ao seu destino. Tomou certo cuidado para atravessar a rua é verdade, mas atravessou... Tinha Fé!!!"

E Nós que vemos a luz do dia, andamos pelas calçadas ou nas ruas de carro, atravessamos os jardins, passamos pelas flores, pelas plantas, pelos rios, pelas pessoas, estamos na luz do dia, mas muitos estão nas trevas no meio da luz, não enxergam a Criação e perderam a confiança em Deus e confiam apenas em si, o que somos? Por isso muitos tropeçam nos postes, nas outras pessoas, ou desaparecem dentro dos "buracos...".

Visitem o Sacrário meus irmãos, ali está um dos últimos gestos do Senhor Jesus, junto com os apóstolos, a Sua ligação com todos nós por meio da eucarística, o Santíssimo Sacramento, na última ceia quando Ele dividiu o pão, simbolizando seu corpo, e que estaria junto com seus discípulos até o fim dos tempos, que somos todos nós. Sigamos o exemplo de São Francisco.

Amém.

Deus Vos abençoe.



Categoria:ATITUDES CRISTÃS,REFLEXÕES
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 16h25
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 

A Sabedoria vem de Deus. A inteligência é humana.

Rivaldo R.Ribeiro

 

Em toda história da humanidade os governantes com muita inteligência, contudo ditadores, perversos, injustos, que agiram longe da doutrina de Deus (Sabedoria) todos sabemos que não tiveram o final feliz.

 

Um homem muito inteligente pratica coisas notáveis, mas sua existência é como se fosse uma linda obra de arte em gelo: Com o tempo derrete e desaparece. Porque a sua inteligência é apenas humana,  desprezou um tesouro que Deus quer dar a todos nós: A sabedoria que pertence a Deus. (*Tiago 1,5-8)

Este homem se julgou acima de todos por causa da sua habilidade e com isso matou sua sabedoria.

A inteligência sozinha inicia o caminho, mas nunca encontra o seu final, pois sem a luz da Sabedoria essa inteligência cairá no abismo.

"Assim  meus irmãos,  ouçam seu coração,  pois lá está  o AMOR que é a raiz da SABEDORIA...."

 

(*Tiago 1,5-8)

5 Se alguém de vós necessita de sabedoria, peça-a a Deus - que a todos dá liberalmente, com simplicidade e sem recriminação - e ser-lhe-á dada. 6 Mas peça-a com fé, sem nenhuma vacilação, porque o homem que vacila assemelha-se à onda do mar, levantada pelo vento e agitada de um lado para o outro. 7. Não pense, portanto, tal homem que alcançará alguma coisa do Senhor, 8 pois é um homem irresoluto, inconstante em todo o seu proceder. 

 

SABEDORIA 1, 1-4

1 Amai a justiça, vós que governais a terra, tende para com o Senhor sentimentos perfeitos, e procurai-o na simplicidade do coração, 2 porque ele é encontrado pelos que o não tentam, e se revela aos que não lhe recusam sua confiança; 3 com efeito, os pensamentos tortuosos afastam de Deus, e o seu poder, posto à prova, triunfa dos insensatos.

4 A Sabedoria não entrará na alma perversa, nem habitará no corpo sujeito ao pecado;

  



Categoria:EVANGELIZANDO/PAPA
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 15h46
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

REFLEXÕES

Agradeça a Deus a oportunidade de levantar-se após uma noite de descanso.

Seja grato por mais um dia de vida, pelo ar puro que entra pela janela, pelo sol ou pela chuva.

 

Lembre-se de que o bom humor é contagiante, por isso espalhe-o!

Não viva de emoções vazias.

 

Cultive sua vida espiritual. Seja transparente.

 

Deixe que os outros saibam que são estimados e necessários em sua vida.

 

Repensem seus valores e dê a si mesmo a chance de crescer e ser feliz.

 

Tudo o que fizer neste dia, faça-o da melhor maneira, com muito amor.

Fonte: Paróquia São José -José Bonifácio-SP.

http://www.paroquiasaojosejb.com.br



Categoria:ATITUDES CRISTÃS,REFLEXÕES
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 15h27
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 CRIANÇA DESAPARECIDA EM CATIGUÁ-SP

Menino de 4 anos desaparece em fazenda em Catiguá , SP

"Nícolas"


Se alguém ver esse menino, entre em contato com a policia

de Catiguá-SP ou qualquer Delegacia mais próxima. 
 
A familia está desesperada e o caso está comovendo a todos nós da região
de São José do Rio Preto-SP
 
DIVULGUE AOS SEUS CONTATOS...
Jesus Cristo meu Senhor Tu és o Deus dos pequeninos,
guarde e proteja essa criança,Nicolas, até que alguem alem de Tu o encontre.

 

 



Categoria:ATITUDES CRISTÃS,REFLEXÕES
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 23h58
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



A Eucaristia...

A Eucaristia

 

A Eucaristia é Jesus presente entre nós e por nós. Na Eucaristia está realmente presente Jesus com Seu Corpo, Sangue, Alma e Divindade. Com a Eucaristia temos de verdade o Emanuel, ou seja, "Deus Conosco" (Mt 1,23). Justamente S. Tomás de Aquino nos exorta a refletir que não existe nenhuma religião na Terra, que tenha o seu Deus tão perto e tão familiar como a religião cristã, com a Eucaristia.

 

Coisa ainda maior é que o Verbo Encarnado, Jesus, não só vive entre nós, mas se quer doar, entrar em nosso coração e fazer-se um com cada um de nós. "Quem come minha Carne e bebe o meu Sangue, vive em mim como eu nele" (Jo 6,57). Jesus quer isso a cada dia. Por isso se fez Pão, por que o pão é o alimento cotidiano, é o nutrimento de cada dia, sem o qual nós enfraquecemos e morremos.

 

A Santa Missa

 

Onde e quando Jesus se faz Eucaristia? Na Santa Missa. Quando o Sacerdote consagra o pão e o vinho, temos o sacrifício supremo, incruento de Jesus, presente realmente no Altar no estado de vítima. Oh! Qual Divino prodígio é a Santa Missa, que renova o Sacrifício da Cruz e opera o milagre da transubstanciação do pão e do vinho no Corpo e no Sangue de Jesus oferecido por nós. Tinha razão S. Afonso Maria de Ligori ao dizer que Deus não poderia fazer uma coisa maior que a Santa Missa. Pe. Pio dizia que a Santa Missa é infinita como Jesus. Por isso os santos amavam a Santa Missa com um paixão ardente. S. Francisco de Assis queria ouvir ao menos duas Santas Missas ao dia e quando estava doente, queria que um irmão celebrasse em sua própria cela. E nós? Não é verdade que tantos cristãos fazem dificuldades até pra ir à Santa Missa aos domingos? Quão pouco se compreende deste Mistério divino que é a riqueza infinita da Igreja. Se quisermos amar Maria não pdemos esquecer que nunca estamos tão perto dela como quando estamos juntos do altar onde se renova o sacrifício do Calvário (cf. Jo 19,25) Ao Pe. Pio perguntaram se Maria estava presente durante a Santa Missa. Respondeu em tom de surpresa: "Mas não A vêem no tabernáculo?"

 

 

A Santa Comunhão

 

Com a Santa Comunhão Jesus se doa a cada um de nós para nos nutrir do Seu Corpo e do Seu Sangue. "A minha carne é verdadeiro alimento e o meu Sangue é verdadeira bebida" (Jo 6,56)Nutrimento Divino. Nutrimento de Amor e de infinto valor e força. "Bem-aventurados os convidados à ceia nupcial do Cordeiro!" (Ap 19,9). Quem não come deste pão enfraquecerá espiritualmente dia após dia. Jesus o disse com palavras claras: "Se não comerdes minha Carne e não beberdes o meu Sangue, não possuireis a vida em vós" (Jo 6,53). Por isso os santos tinham fome de Jesus e eram heróicos ao fazer qualquer sacrifício para não se privarem do Pão da Vida descido do Céu (cf. Jo ,35-59). O Beato José Moscati fazia todas as mnhãs a Santa Comunhão. E quando ia viajar para o estrangeiro a congressos científicos dos médicos, viajava de noite ou descia de aeronaves, girava as cidades sempre de jejum desde a meia-noite procurando uma Igreja para Comungar. Ele dizia não se sentir capaz de iniciar visitas médicas se antes não tivesse recebido Jesus. E nós? Temos talvez a Igreja a poucos passos, mas não sentimos nenhuma atração pela Santa Comunhão. Somos capazes de ficar sem comunhão até aos domingos. Pobre de nós! Que Nossa Senhora nos ilumine e nos sacuda! Se rezarmos a ela com alegria, Ela nos dará a Graça e a força de aproximar-nos até mesmo todos os dias à Santa Comunhão, porque na Terra não existe nada mais que a faça mais contente quanto a mostrar-lhe Jesus nos nossos corações. Então Ela nos aperta contra o seu coração em um único abraço com Jesus. 

 

 

Com Jesus e por Jesus

 

A Santa Missa e a Comunhão me enchem de Jesus para me fazer viver com Jesus e para Jesus o dia inteiro. Com que freqüência, durante o dia, o amor de Jesus me deveria reportar à Eucaristia! Por isso S. Francisco de Sales e S. Maximiliano Maria Kolbe tinham o propósito de fazer a Comunhão Espiritual a cada quarto de hora! Por isto os santos procuravam toda hora e todo momento para correrem e estarem perto de Jesus sempre que possível. As visitas Eucarísticas, as horas de adoração, o pouco tempo de oração junto ao Sacrário, eram a paixão dos santos. E como se industriavam. S Roberto Belarmino, quando jovem, indo à escola, passava na frente de duas Igrejas: indo e voltando, fazia 4 visitas à Eucaristia. A Beata Anna Maria Taigi, mãe de 7 ilhos, tinha todo cuidado para fazer ao menos uma longa visita cotidiana a Jesus Eucarístico. Todo Santo é uma criatura de amor e não pode não sentir atração pelo Sacramento de Amor.

 

 

 

Precisamos dos Sacerdotes

 

S. Gema Galgani dizia que no Paraíso iria agradecer a Jesus sobretudo pelo Dom da Eucaristia feita aos homens. É impossível que Deus pudesse dar-nos qualquer coisa mais que Si mesmo! Mas como poderíamos ter a Eucaristia sobre a Terra sem os Sacerdotes? Eles, somente eles são os dispensadores dos mistérios divinos (cf. I Cor 4,1). Só a eles Jesus disse depois da 1ª Santa Missa da história, celebrada na 5º feira santa: "Fazei isso em memória de mim" (Lc 22,19). Por esta divina Missão de renovar o Sacrifício de Jesus, o Sacerdote é o escolhido por Deus que o separa de todos os outros homens e o Consagra "Ministro do Tabernáculo" (Hb 5,4; 13,10; Rm 1,1) Feliz o Sacerdote! Os Anjos o veneram porque ele representa Jesus! S. Cipriano diz com força: "O Sacerdote no altar opera na Pessoa mesma de Jesus". Mas para ter os Sacerdotes precisamos das vocações sacerdotais E não só: precisamos de todas as graças da correspondência e da fidelidade à vocação. Quem nos doará todas essas graças? A resposta é única: Maria, medianeira universal. Mas precisamos suplicá-la. Ela é a Mãe do Maior Sacerdote; Ela é a Mãe de todos os Sacerdotes. Ela criou Jesus para o Sacrifício; Ela cria os Sacerdotes para os conduzir ao Altar do supremo sacrifício com a idade plena de Cristo (cf. Ef 4,13). Se precisamos tanto de Sacerdotes, recorramos a Maria, multipliquemos nossas orações e não cansemos de insistir em obter tamanha graça. Com a oração se obtém as vocações: "Rogai ao Senhor da seara que envie operários para a sua messe". Com a oração à Maria obteremos as vocações, pois Ela é poderosa medineira de amor e misericórdia, como disse Jesus. S. Maximiliano Maria Kolbe, louco de amor pela Imaculada, em menos de vinte anos, com o seu amor e sua oração incessante, obteve cerca de mil vocações por seu intermédio. Oh, Maria, Mãe e Rainha dos Sacerdotes, dai-nos muitos e santos Sacerdotes!

  

Votos

 

* Participar à Santa Missa e fazer a Santa Comunhão com Maria.

 

* Oferecer a Santa Missa e a Comunhão a Maria, para a sua alegria.

 

* Fazer uma visita Eucarística a fim de reparar os ultrajes à Eucaristia.  

 

http://nossasenhorademedjugorje.blogspot.com 

 

http://www.espacomaria.com.br



Categoria:EVANGELIZANDO/PAPA
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 23h29
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Aprendendo com o Bv. Tiago Alberione.

 

“Os sonhos de Deus se realizam quando você os assume como seus.”

Bv. Tiago Alberione

 

   

Queridos irmãos, a paz!

O grande sonho de Deus é conduzir todos nós à salvação.

Para isso Ele nos enviou Seu próprio Filho, que por nós pagou o preço de cruz.

Mas continuamos endurecidos.

Por isso, Deus, em Sua infinita Misericórdia, depois de nos ter dado tantos santos ao

 longo dos séculos, nos envia agora Sua própria Mãe, como a dizer: “Mais do que isso,

nem Eu posso fazer...”.

Vamos, irmãos, acolher Aquela que nos vem trazer a paz: paz com Deus, com o nosso próximo,

conosco mesmos.

Vamos assumir os sonhos de Deus para que Seus planos de salvação, iniciados em UOL Busca Medjugorje, se estendam ao mundo inteiro e se realizem também entre nós.

 

 

http://nossasenhorademedjugorje.blogspot.com

 

http://www.espacomaria.com.br



Categoria:EVANGELIZANDO/PAPA
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 23h20
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 O Espírito Santo continua a obra de Jesus

 29/05/2011  -- EVANGELHO DO DIA  6º Domingo da Páscoa -1ª Leitura: At 8,5-8.14-17

Sl 65-2ª Leitura: 1Pd 3,15-18-Evangelho: Jo 14, 15-21

 -* 15 «Se vocês me amam, obedecerão aos meus mandamentos. 16 Então, eu pedirei ao Pai, e ele dará a vocês outro Advogado, para que permaneça com vocês para sempre. 17 Ele é o Espírito da Verdade, que o mundo não pode acolher, porque não o vê, nem o conhece. Vocês o conhecem, porque ele mora com vocês, e estará com vocês.

18 Eu não deixarei vocês órfãos, mas voltarei para vocês. 19 Mais um pouco, e o mundo não me verá, mas vocês me verão, porque eu vivo, e também vocês viverão. 20 Nesse dia, vocês conhecerão que eu estou em meu Pai, vocês em mim, e eu em vocês. 21 Quem aceita os meus mandamentos e a eles obedece, esse é que me ama. E quem me ama, será amado por meu Pai. Eu também o amarei e me manifestarei a ele.»

 

* 15-26: Advogado é alguém que defende uma causa. Jesus envia o Espírito Santo como advogado da comunidade cristã. O Espírito é a memória de Jesus que continua sempre viva e presente na comunidade. Ele ajuda a comunidade a manter e a interpretar a ação de Jesus em qualquer tempo e lugar. O Espírito também leva a comunidade a discernir os acontecimentos para continuar o processo de libertação, distinguindo o que é vida e o que é morte, e realizando novos atos de Jesus na história.

 

Bíblia Sagrada - Edição Pastoral



Categoria:BÍBLIA:a voz de Deus
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 22h57
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 Oração à Santa Rita de Cássia.

 Nos Casos Desesperados - (22 de maio.)

 

Ó poderosa Santa Rita de Cássia, chamada a Santa dos Impossíveis, advogada dos casos desesperados, auxiliar na hora extrema, refúgio na dor, e salvação para os que se acham nos abismos do pecado e do desespero, com toda a confiança, no vosso celeste patrocínio, a vós recorro no difícil e imprevisto caso que dolorosamente me aflige o coração.

 

Dizei-me, Santa Rita não me quereis auxiliar e consolar? Afastarei o vosso olhar piedoso do meu pobre coração angustiado? Vós bem sabeis, vós bem conheceis a que seja o martírio do coração.

Pelos sofrimentos atrozes que padecestes, pelas lágrimas amarguíssimas que santamente chorastes, vinde em meu auxílio! Falai, rogai, intercedei por mim que não ouso faze-lo ao Coração de Deus, Pai de misericórdia e fonte de toda a consolação, e obtende-me a graça que desejo! (pedido).

Apresentada por vós, que sois tão cara ao Senhor, a minha prece será aceita e atendida certamente; valer-me-ei deste favor para melhorar a minha vida e os meus hábitos, e para exaltar na terra e no céu as misericórdias divinas.

 

Amém.

 

Pesquise clique aqui:

UOL Busca Santa Rita de Cássia



Categoria:JESUS CRISTO/SANTOS
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 23h41
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



  

ATRAVESSE...SEM MEDO.

 

 

"E Jesus disse-lhe: Se tu podes crer, tudo é possível ao que crê"

(Marcos 9:23).

 

Certo homem precisava cruzar um largo rio, coberto de gelo.

 

Seu grande medo era que o gelo fosse muito fino e não suportasse seu peso. Abaixando-se, com as mãos e joelhos no gelo, ele começou a travessia. A cada metro ultrapassado, com grande terror, ele achava que o gelo poderia se partir fazendo-o afundar. Quando se aproximava da outra margem, quase morto de cansaço, viu passar por ele um homem com um carro carregado de barras de ferro.

 

 

Quantas bênçãos perdemos e quanta alegria desperdiçamos, simplesmente porque "achamos" que não conseguiremos, que não chegaremos a lugar algum, que somos um fracasso ou que nada dá certo em nossas vidas. Somos pessimistas espirituais e não ousamos confiar no Senhor que nos prometeu grandes vitórias.

 

Vivemos curvados diante das tristezas, esquecendo que a alegria do Senhor é a nossa força. Vivemos conformados com as nossas fraquezas quando deveríamos seguir em frente,confiantes na força do Senhor que nos ajuda a derrubar gigantes. Vivemos aprisionados a mentiras quando poderíamos abrir o coração para a Verdade que liberta.

 

O homem de nossa história achava que não seria capaz de atravessar o gelo. E nós, achamos, também, que não podemos atravessar o rio de nossas dificuldades? Achamos, também, que não podemos atingir nossos sonhos? Achamos, também, que somos um fracasso? Ora, o Senhor nos diz que não devemos temer as lutas do caminho. Ele está conosco! Ele segue ao nosso lado! Ele nos estimula nos momentos de incertezas! Ele nos garante: "Você vencerá!"

 

Se a sua bênção está do outro lado, levante-se, confie no Senhor e atravesse... sem medo.

 

FONTE:

Email enviado pelo sr. Mario A. M. Machado no dia 18/05/2011-Nova Friburgo – RJ (Não consta autor.)



Categoria:ATITUDES CRISTÃS,REFLEXÕES
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 00h25
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 

Intercessão

 

A força da oração muda qualquer situação!

 

São Miguel Arcanjo, defendei-nos neste combate, sede nosso auxílio contras as maldades e ciladas do demônio, instante e humildemente vos pedimos, que Deus sobre ele impere, e vós príncipe das milícias celestes, com este poder divino precipitai no inferno a satanás e a outros espíritos malignos que vagueiam pelo mundo para as perdições das almas .   Amém!

 

Jesus, eu confio em vós 

Mãe querida, intercedei por nós! 

São José, valei-nos.

 

Ministério de Intercessão da Paróquia São José

 

O que é intercessão?

 

Interceder é ter compaixão do próximo, é colocar-se no lugar dele tomando suas dores como se fosse sua. Interceder é ver a necessidade da intervenção de Deus nas muitas situações, é lutar em oração até que alcance a vitória na vida por quem se intercede. A Bíblia contém muitos exemplos sobre intercessão: “orai uns pelos outros” (Tg 5:16), a passagem de Abraão que suplicou por Ló e este foi liberto da destruição de Sadoma e Gomorra, Daniel orou pela libertação de seu povo, e muitos outros.

 

Interceder é combater 

O intercessor se coloca face a face com Deus e face a face com o inimigo. Quanto mais intercede, mais sente a fúria do inimigo, mas glória a Deus; quanto mais combate, mais se transforma em um guerreiro, quando vem a guerra está de prontidão, porque sabe que  satanás já foi vencido na cruz do calvário.

 

O chamado a intercessão 

Todo cristão é chamado a intercessão, fazer orações  e súplicas por todos, deve ser uma prioridade em nossas vidas; cada oração nossa realiza algum bem na vida por quem intercedemos (1 tm 2:1). Antes de tudo, recomenda-se que façam pedidos, orações e ações de graças em favor de todos os homens. Você é chamado, como intercessor(a), a participar da cruz de Cristo, a restabelecer a paz no mundo (o reino dos céus).

 

O intercessor 

O intercessor não pede a Deus em benefício de si próprio, mas em favor do outro, ele se coloca entre Deus e o homem para pleitear a sua causa. A grande responsabilidade de um intercessor é a “Salvação dos homens”. O intercessor aberto ao Espírito vai sempre estar intercedendo segundo a vontade de Deus. Ele não só intercede com palavras e orações, mas intercede com sua vida, com penitências, jejuns, rosário, missa diária (se possível), entregando todas as humilhações, provações, mortificações e tudo quanto possa tirar proveito para a libertação dos homens. Tudo o que ele vence, de pecado, de fraqueza, de imperfeição, falta de humildade, maneira de se vestir, etc… É através das renúncias do mundo que ele se torna mais aberto ao Espírito para interceder. O intercessor precisa tirar toda a cegueira Espiritual e oferecer sacrifícios a Deus pelos seus próprios pecados, para depois compadecer-se dos outros.

O intercessor orgulhoso, cheio de si, não é um intercessor junto com Jesus. Quanto mais ele acha que não é nada, mais a misericórdia de Deus aumenta em sua vida e na vida por quem intercede. O intercessor não deve esquecer nunca desta frase: “Que Jesus cresça e eu desapareça”. O inimigo odeia a intercessão, ele fica furioso porque conhece as armas com que o intercessor entra na batalha.

 

O ministério da intercessão na paróquia 

Interceder por todos os movimentos, todos os encontros e eventos, pelo sacerdote (pároco), pelas intenções da caixinha de pedidos, todos os projetos, pelos pedidos feito através do site da paróquia, pela paz na paróquia. Todas as vezes que surgir algum problema ou situação deve-se comunicar ao ministério.

 

 Nas intenções gerais 

Pelo Papa, Bispos, religiosas, missionários, seminaristas, leigos, vocações sacerdotais e religiosas, perseverança e santificação dos sacerdotes, pelas famílias, doentes, idosos, pela paz no mundo, pelas almas do purgatório, agonizantes, por todos os que estão nas drogas e nos vícios, prostituição, por todos os jovens, crianças, pelos casais que estão em conflitos, pelos que estão em adultério, por aqueles que estão na depressão, por aqueles que estão pensando em suicídio, pelos desempregados, pelos motoristas, roubos, assalto, sequestro, assassinatos, por todos os que perderam seus entes queridos, pela conversão dos pecadores, por todos os que passam humilhações, provações, pelos presidiários, pelas mulheres que estão pensando em abortar, por todos os que choram e que faz o coração de nossa incansável Intercessora chorar também, e muitas outras intenções.

Você pode até pensar, mas nossas orações não estão valendo nada com todas estas coisas acontecendo no mundo? Porém não teve consciência de quantas tragédias já foram evitadas na vida de nossas famílias e por aqueles por quem intercedemos, como casos de abortos acidentes, suicídios… quantas almas deixaram de ir para o inferno pelas nossas orações, nenhuma oração fica sem resposta, por isso meus irmãos não percamos mais tempo, é o tempo da misericórdia, vamos clamar essa misericórdia para a salvação dos homens.

 

Fonte: Paróquia São José -José Bonifácio-SP.

http://www.paroquiasaojosejb.com.br



Categoria:ATITUDES CRISTÃS,REFLEXÕES
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 18h41
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 

São José Operário

 

A Igreja, providencialmente, nesta data civil marcada, muitas vezes, por conflitos e revoltas sociais, cristianizou esta festa, isso na presença de mais de 200 mil pessoas na UOL Busca Praça de São Pedro, as quais gritavam alegremente: “Viva Cristo trabalhador, vivam os trabalhadores, viva o Papa!” O Papa, em 1955, deu aos trabalhadores um protetor e modelo: UOL Busca São José, o operário de Nazaré.

 

O santíssimo São José, protetor da Igreja Universal, assumiu este compromisso de não deixar que nenhum trabalhador de fé – do campo, indústria, autônomo ou não, mulher ou homem – esqueça-se de que ao seu lado estão Jesus e Maria. A Igreja, nesta festa do trabalho, autorizada pelo UOL Busca Papa Pio XII, deu um lindo parecer sobre todo esforço humano que gera, dá a luz e faz crescer obras produzidas pelo homem: “Queremos reafirmar, em forma solene, a dignidade do trabalho a fim de que inspire na vida social as leis da equitativa repartição de direitos e deveres.”

 

São José, que na Bíblia é reconhecido como um homem justo, é quem revela com sua vida que o Deus que trabalha sem cessar na santificação de Suas obras, é o mais desejoso de trabalhos santificados: “Seja qual for o vosso trabalho, fazei-o de boa vontade, como para o Senhor, e não para os homens, cientes de que recebereis do Senhor a herança como recompensa… O Senhor é Cristo” (Col 3,23-24).

 

São José Operário, rogai por nós!

 

http://www.paroquiasaojosejb.com.br

 



Categoria:JESUS CRISTO/SANTOS
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 22h15
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 

A incredulidade de Tomé.

 

Evangelho (João 20,19-31)

 

 19Ao anoitecer daquele dia, o primeiro da semana, estando fechadas, por medo dos judeus, as portas do lugar onde os discípulos se encontravam, Jesus entrou e, pondo-se no meio deles, disse: “A paz esteja convosco”.

20Depois dessas palavras, mostrou-lhes as mãos e o lado. Então os discípulos se alegraram por verem o Senhor.

21Novamente, Jesus disse: “A paz esteja convosco. Como o Pai me enviou, também eu vos envio”. 22E, depois de ter dito isso, soprou sobre eles e disse: “Recebei o Espírito Santo. 23A quem perdoardes os pecados, eles lhes serão perdoados; a quem os não perdoardes, eles lhes serão retidos”.

24Tomé, chamado Dídimo, que era um dos doze, não estava com eles quando Jesus veio. 25 Os outros discípulos contaram-lhe depois: “Vimos o Senhor!” Mas Tomé disse-lhes: “Se eu não vir a marca dos pregos em suas mãos, se eu não puser o dedo nas marcas dos pregos e não puser a mão no seu lado, não acreditarei”.

26 Oito dias depois, encontravam-se os discípulos novamente reunidos em casa, e Tomé estava com eles. Estando fechadas as portas, Jesus entrou, pôs-se no meio deles e disse: “A paz esteja convosco”.

27Depois disse a Tomé: “Põe o teu dedo aqui e olha as minhas mãos. Estende a tua mão e coloca-a no meu lado. E não sejas incrédulo, mas fiel”. 28 Tomé respondeu: “Meu Senhor e meu Deus!” 29 Jesus lhe disse: “Acreditaste, porque me viste? Bem-aventurados os que creram sem terem visto!”

30Jesus realizou muitos outros sinais diante dos discípulos, que não estão escritos neste livro. 31Mas estes foram escritos para que acrediteis que Jesus é o Cristo, o Filho de Deus, e, para que, crendo, tenhais a vida em seu nome.

 

 - Palavra da Salvação.

- Glória a vós, Senhor.

 



Categoria:BÍBLIA:a voz de Deus
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 22h04
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 

 

O Senhor Ressuscitou

 

 

A Páscoa é a maior festa dos cristãos. Não é celebração da morte, de derrota, de sumiço da vida, mas é a vida que vence a morte. Para isto nos preparamos durante uma caminhada de quarenta dias, refletindo, dentro dos textos bíblicos, sobre o sentido e o valor da vida. Agora é festa da ressurreição, da alegria e expressão máxima de todas as nossas festas.

 

No domingo logo após a morte de Jesus, alguns discípulos foram ao túmulo para chorar o seu falecimento, mas o seu corpo não foi encontrado ali. O sepulcro estava vazio e julgaram ter sido roubado. Uma dúvida ficou claramente no ar: os panos que enrolavam o seu corpo estavam como se o corpo tivesse saído de dentro deles.

 

A partir daí, Jesus ressuscitado começou a aparecer para os seus discípulos, confirmando para eles a autenticidade do sepulcro vazio. Apareceu, numa situação muito especial, aos discípulos de Emaús, quando eles caminhavam saindo de Jerusalém. Manifestou-se também aos outros em diversas ocasiões, amadurecendo neles a consciência de uma certeza na vida.

 

Hoje a ressurreição é o fundamento da nossa fé. É a força do amor sendo muito maior do que a violência do ódio e da norte. A própria Palavra de Deus já previa que “Jesus devia ressuscitar dos mortos” (Jo 20,9). Somos chamados a testemunhar esta realidade para o mundo que não consegue compreender a grandeza adquirida para a pessoa humana e para o mundo.

 

A Páscoa de Jesus tem muito a ver com todos nós. A raiz de tudo é o batismo que nos faz mergulhar na morte de Jesus e ressuscitar com plenamente com Ele. A Páscoa de Jesus é também a nossa Páscoa. A sua vitória é nossa vitória. Isto nos faz buscar as coisas do alto, aquilo que nos aproxima da vida e de Deus.

 

Resta-nos agora ficar alegres, felizes e exultar. Somos vencedores, tendo a Eucaristia como memória viva dos fatos da ressurreição, que nos dá novo ânimo e força para a ação no mundo concreto.

 

  Dom Paulo Mendes Peixoto

  Diocese São José do Rio Prêto-SP 

 



Categoria:JESUS CRISTO/SANTOS
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 17h55
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

Jesus está vivo...

 

Jesus está vivo

 

Evangelho: Lc 24,1-12

 

-* 1 No primeiro dia da semana, bem de madrugada, as mulheres foram ao túmulo de Jesus, levando os perfumes que haviam preparado. 2 Encontraram a pedra do túmulo removida. 3 Mas ao entrar, não encontraram o corpo do Senhor Jesus, 4 e ficaram sem saber o que estava acontecendo. Nisso, dois homens, com roupas brilhantes, pararam perto delas. 5 Cheias de medo, elas olhavam para o chão. No entanto, os dois homens disseram: «Por que vocês estão procurando entre os mortos aquele que está vivo? 6 Ele não está aqui! Ressuscitou! Lembrem-se de como ele falou, quando ainda estava na Galiléia: 7 ‘O Filho do Homem deve ser entregue nas mãos dos pecadores, ser crucificado, e ressuscitar no terceiro dia’.» 8 Então as mulheres se lembraram das palavras de Jesus. 9 Voltaram do túmulo, e anunciaram tudo isso aos Onze, bem como a todos os outros. 10 Eram Maria Madalena, Joana, e Maria, mãe de Tiago. Também as outras mulheres que estavam com elas contaram essas coisas aos apóstolos. 11 Contudo, os apóstolos acharam que eram tolices o que as mulheres contavam e não acreditaram nelas. 12 Pedro, porém, levantou-se e correu para o túmulo. Inclinou-se, e viu apenas os lençóis de linho. Então voltou para casa, admirado com o que havia acontecido.

 

* 24,1-12: A manhã desse primeiro dia da semana marca a transformação radical na compreensão a respeito do homem e da vida. O projeto vivido por Jesus não é caminho para a morte, mas caminho aprovado por Deus que, através da morte, leva para a vida. Doravante, o encontro com Jesus se realiza no momento em que os homens se dispõem a anunciar o coração da fé cristã.

 

 

Evangelho: Jo 20,1-9 ou

Lc 24,1-12

 

Jesus não está morto

 

-* 1 No primeiro dia da semana, Maria Madalena foi ao túmulo de Jesus bem de madrugada, quando ainda estava escuro. Ela viu que a pedra tinha sido retirada do túmulo. 2 Então saiu correndo e foi encontrar Simão Pedro e o outro discípulo que Jesus amava. E disse para eles: «Tiraram do túmulo o Senhor, e não sabemos onde o colocaram.»

3 Então Pedro e o outro discípulo saíram e foram ao túmulo. 4 Os dois corriam juntos. Mas o outro discípulo correu mais depressa do que Pedro, e chegou primeiro ao túmulo. 5 Inclinando-se, viu os panos de linho no chão, mas não entrou. 6 Então Pedro, que vinha correndo atrás, chegou também e entrou no túmulo. Viu os panos de linho estendidos no chão 7 e o sudário que tinha sido usado para cobrir a cabeça de Jesus. Mas o sudário não estava com os panos de linho no chão; estava enrolado num lugar à parte.

8 Então o outro discípulo, que tinha chegado primeiro ao túmulo, entrou também. Ele viu e acreditou. 9 De fato, eles ainda não tinham compreendido a Escritura que diz: «Ele deve ressuscitar dos mortos.»

 

* 20,1-10: A fé na ressurreição tem dois aspectos. O primeiro é negativo: Jesus não está morto. Ele não é falecido ilustre, ao qual se deve construir um monumento. O sepulcro vazio mostra que Jesus não ficou prisioneiro da morte. O segundo aspecto da ressurreição é positivo: Jesus está vivo, e o discípulo que o ama intui essa realidade.

 

Bíblia Sagrada - Edição Pastoral




Categoria:JESUS CRISTO/SANTOS
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 17h36
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



O sofrimento de Cristo.

Sabe por que Jesus chorou?

 

 Texto  fonte:

http://www.paideamor.com.br

 

Aos 33 anos Jesus foi condenado a morte...

A "pior" morte da época.

 

Somente os piores criminosos da época morreram como Jesus morreu.

 

E com Jesus ainda foi pior porque nem todos os criminosos naquela punição receberam cravos nos membros...

 

Sim... Foram cravos e não pregos....

 

Cada um deveria ter cerca de 15 a 20 cm, com uma ponta com 6 cm e a  outra ponta pontiaguda.

 

Eles eram enfiados nos pulsos e não nas mãos como é dito.

 

No pulso, há um tendão que vai ate o nosso ombro...

 

Quando os cravos foram enfiados esse tendão se rompeu sendo que Jesus era obrigado 

a forçar todos os músculos de suas costas para não ter os seus pulsos rasgados.

 

Sendo assim, não podia forçar tanto tempo porque perdia todo o ar de seus pulmões.

 

Desta forma, era obrigado a se apoiar no cravo enfiado em seus pés, que por sua vez  era maior que os das mãos porque eram pregados os dois pés juntos.

 

Já que seus pés não agüentariam por muito tempo, senão rasgariam também, Jesus era obrigado a alternar este "ciclo"simplesmente para conseguir respirar.

 

Jesus agüentou esta situação por um pouco mais de 3 horas.

 

Sim, mais de 3 horas...

 

Muita coisa não???

 

Alguns minutos antes de morrer Jesus não sangrava mais.

 

Simplesmente saia água de seus cortes e machucados.

 

Quando imaginamos machucados, imaginamos simples feridas, mas não, os dele eram verdadeiros buracos, buracos feitos em seu corpo...

 

Ele não tinha mais sangue para sangrar.

 

Portanto, saía água.

 

Um corpo humano é composto de aproximadamente 8 litros de sangue (um adulto).

 

Jesus derramou 8 litros de sangue, teve três cravos enormes enfiados nos membros,  uma coroa de espinhos enfiados na cabeça e teve um soldado romano que enfiou uma lança em seu tórax, sem falar de toda a humilhação  que passou,  após ter carregado a sua própria cruz por cerca de dois quilômetros, com pessoas cuspindo em seu rosto e atirando pedras em seu  corpo (a cruz pesava cerca de 30 kilos...só a parte em que lhe foram pregadas as mãos).

 

Isso tudo para que você tivesse um livre acesso a Deus...para que você tivesse todos o seus pecados "lavados"...

 

Todos eles, sem exceção!

 

Não ignore essa situação...

 

ELE MORREU POR VOCÊ...

 

Você mesmo, que está lendo este artigo...

 

Não fique achando que ele morreu pelo outros, por só aqueles que vão a alguma igreja ou por aqueles monges, padres, pastores, bispos, etc...

 

Sim, Ele morreu por você também.

 

JESUS É A ÚNICA SALVAÇÃO PARA O MUNDO.

 

Se este artigo te tocou de alguma forma e você acredita que Deus tem planos pra você, então mostre a todos que você acredita em tudo isso e mande para quem conheça, mostrando tudo o que ele passou unicamente para mostrar a Salvação.

 

Pense nisso agora!!! Deus abençoe nossas vidas!!!!!!

 

Leia mais:

Os Sofrimentos de Jesus 



Categoria:JESUS CRISTO/SANTOS
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 13h57
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

NOSSA SENHORA ROSA MÍSTICA

Nossa Senhora Rosa Mística-Paróquia de São José- José Bonifácio-SP

Nossa Senhora Rosa Mística, está exposta na

Paróquia de São José - José Bonifacio-SP.

Venha visita-la, Ela te espera, a Igreja fica na  entrada da

cidade pela Rodovia BR. 153

PESQUISE SOBRE  ESSA DEVOÇÃO CLICANDO:

UOL Busca Nossa Senhora Rosa Mística



Categoria:EVANGELIZANDO/PAPA
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 00h39
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

Nascer de novo.

COMO POSSO NASCER DE NOVO?

Observe a conversa de Nicodemos com Jesus.

Nicodemos não entendeu quando Jesus disse a ele que para ver o Reino de Deus teria que nascer de novo. Nicodemos entendeu que precisaria nascer de novo, da matéria, da carne, voltar ao ventre de sua mãe. Mas o sentido das palavras de Jesus era o renascimento espiritual, a sua conversão em acreditar nas coisas celestiais, uma nova vida crente em Deus. Sair das trevas, dos erros que precisam ser sempre escondidos, e vir para luz, para a verdade, pois para luz tudo é visto, e quem está na luz é do bem, e não tem medo de se mostrar, pois não tem nada a temer e a esconder. Jesus é a luz para o mundo, mas os homens ainda amam as trevas, e é isso o inicio do julgamento: o desconhecimento de Jesus Cristo.
(19. Ora, este é o julgamento: a luz veio ao mundo, mas os homens amaram mais as trevas do que a luz, pois as suas obras eram más.).

(João 3, 1-21)

1. Havia um homem entre os fariseus, chamado Nicodemos, príncipe dos judeus.
2. Este foi ter com Jesus, de noite, e disse-lhe: Rabi, sabemos que és um Mestre vindo de Deus. Ninguém pode fazer esses milagres que fazes, se Deus não estiver com ele.
3. Jesus replicou-lhe: Em verdade, em verdade te digo: quem não nascer de novo não poderá ver o Reino de Deus.
4. Nicodemos perguntou-lhe: Como pode um homem renascer, sendo velho? Porventura pode tornar a entrar no seio de sua mãe e nascer pela segunda vez?
5. Respondeu Jesus: Em verdade, em verdade te digo: quem não renascer da água e do Espírito não poderá entrar no Reino de Deus.
6. O que nasceu da carne é carne, e o que nasceu do Espírito é espírito.
7. Não te maravilhes de que eu te tenha dito: Necessário vos é nascer de novo.
8. O vento sopra onde quer; ouves-lhe o ruído, mas não sabes de onde vem, nem para onde vai. Assim acontece com aquele que nasceu do Espírito.
9. Replicou Nicodemos: Como se pode fazer isso?
10. Disse Jesus: És doutor em Israel e ignoras estas coisas!...
11. Em verdade, em verdade te digo: dizemos o que sabemos e damos testemunho do que vimos, mas não recebeis o nosso testemunho.
12. Se vos tenho falado das coisas terrenas e não me credes, como crereis se vos falar das celestiais?
13. Ninguém subiu ao céu senão aquele que desceu do céu, o Filho do Homem que está no céu.
14. Como Moisés levantou a serpente no deserto, assim deve ser levantado o Filho do Homem,
15. para que todo homem que nele crer tenha a vida eterna.
16. Com efeito, de tal modo Deus amou o mundo, que lhe deu seu Filho único, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna.
17. Pois Deus não enviou o Filho ao mundo para condená-lo, mas para que o mundo seja salvo por ele.
18. Quem nele crê não é condenado, mas quem não crê já está condenado; por que não crê no nome do Filho único de Deus.
19. Ora, este é o julgamento: a luz veio ao mundo, mas os homens amaram mais as trevas do que a luz, pois as suas obras eram más.
20. Porquanto todo aquele que faz o mal odeia a luz e não vem para a luz, para que as suas obras não sejam reprovadas.
21. Mas aquele que pratica a verdade, vem para a luz. Torna-se assim claro que as suas obras são feitas em Deus.



Categoria:BÍBLIA:a voz de Deus
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 23h57
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 

QUANDO OS DISCÍPULOS FORAM CHAMADOS DE CRISTÃOS.

Comentário: (ATOS 11-21,26)

 

No versículo 24 podemos entender que uma grande multidão uniu-se ao Senhor, por causa do exemplo de fé de Barnabé e por ser um homem cheio do Espírito Santo, vejam bem, se uniram ao SENHOR e não a Barnabé.

Irmãos, portanto evangelizar é um serviço para Deus, mostrar as pessoas que querem ser salvas em Jesus Cristo com é bom ter Fé, como a Fé nos liberta, nos faz felizes e mais fortes diante dos problemas da vida, nunca para vangloriar-se diante dos homens, pois quando as pessoas se aproximam de alguém dessa forma é idolatria, não é Fé no Senhor, pode ser apenas a admiração por alguém que transmite o que gostamos de ouvir, nos agrada, mas não é Fé em nada, entretanto poderemos seguir o exemplo das pessoas de Fé, seus testemunhos, pois são verdadeiras instrumentos de Deus, mas nunca esquecer de elevar sempre nossos corações apenas ao Senhor como centro, que nunca nos decepciona e sempre prevalece.


E Barnabé e Saulo juntos com a comunidade, instruindo, mostrando o verdadeiro caminho foram chamados de cristãos pela primeira vez em Antioquia, o que quer dizer seguiam as doutrinas e mandamentos de Jesus Cristo.

21 A mão do Senhor estava com eles e grande foi o número dos que receberam a fé e se converteram ao Senhor.
22 A notícia dessas coisas chegou aos ouvidos da Igreja de Jerusalém. Enviaram então Barnabé até Antioquia.
23 Ao chegar lá, alegrou-se, vendo a graça de Deus, e a todos exortava a perseverar no Senhor com firmeza de coração, 24. pois era um homem de bem e cheio do Espírito Santo e de fé. Assim uma grande multidão uniu-se ao Senhor.
25 Em seguida, partiu Barnabé para Tarso, à procura de Saulo. Achou-o e levou-o para Antioquia.

26. Durante um ano inteiro eles tomaram parte nas reuniões da comunidade e instruíram grande multidão, de maneira que em Antioquia é que os discípulos, pela primeira vez, foram chamados pelo nome de cristãos.



Categoria:BÍBLIA:a voz de Deus
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 23h42
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

FÉ E OBRAS

Você tem Fé? E obras? (Tiago 2, 14-26)


14 De que aproveitará, irmãos, a alguém dizer que tem fé, se não tiver obras? Acaso esta fé poderá salvá-lo?
15 Se a um irmão ou a uma irmã faltarem roupas e o alimento cotidiano, 16 e algum de vós lhes disser: Ide em paz, aquecei-vos e fartai-vos, mas não lhes der o necessário para o corpo, de que lhes aproveitará?
17 Assim também a fé: se não tiver obras, é morta em si mesma.
18 Mas alguém dirá: Tu tens fé, e eu tenho obras. Mostra-me a tua fé sem obras e eu te mostrarei a minha fé pelas minhas obras.
19 Crês que há um só Deus. Fazes bem. Também os demônios crêem e tremem.
20 Queres ver, ó homem vão, como a fé sem obras é estéril?
21 Abraão, nosso pai, não foi justificado pelas obras, oferecendo o seu filho Isaac sobre o altar?
22 Vês como a fé cooperava com as suas obras e era completada por elas.
23 Assim se cumpriu a Escritura, que diz: Abraão creu em Deus e isto lhe foi tido em conta de justiça, e foi chamado amigo de Deus (Gn 15,6).
24 Vedes como o homem é justificado pelas obras e não somente pela fé?
25 Do mesmo modo Raab, a meretriz, não foi ela justificada pelas obras, por ter recebido os mensageiros e os ter feito sair por outro caminho?

26 Assim como o corpo sem a alma é morto, assim também a fé sem obras é morta.



Categoria:BÍBLIA:a voz de Deus
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 23h20
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 

Bebidas alcoólicas e festas de Igreja

 (Suprimidas)

 

Na paróquia Nossa Senhora da Piedade, em Curitiba (PR), os padres Ivanir Leonardi e Messias Galieta decidiram, em consonância com os Conselhos da paróquia, abolir o uso de bebidas alcoólicas das festas naquela comunidade.

Um folheto está sendo distribuído a todos os paroquianos lembrando que o alcoolismo é uma doença e que o álcool é a mais consumida entre todas as drogas. Lembra que a violência familiar, infidelidade conjugal e doenças derivantes do álcool são algumas das conseqüências negativas do hábito ou dependência de bebidas alcoólicas.

O texto mostra, ainda, que grande parte dos setores de ortopedia dos hospitais é ocupada por acidentes provocados por pessoas alcoolizadas e que, por isso, os gastos públicos são astronômicos e poderiam ser evitados.

 

Os padres comentam que em estádios de futebol e em escolas o consumo de bebidas alcoólicas já foi proibido e que a CNBB promove e apóia a Pastoral da Sobriedade. Lembram que o álcool é a pior das drogas e que, “nas festas da Igreja não se pode lucrar com o dinheiro advindo da comercialização da pior das drogas”.

 

Citando o quinto mandamento da Lei de Deus: “Não matarás”, eles afirmam que o álcool mata o alcoólatra e, muitas vezes, mata os irmãos em casa, nas festas, no trânsito e nas brigas. Recordam que o alcoolismo está atingindo de maneira dramática as mulheres e a juventude, e que por isso não se pode continuar dando mau exemplo nas Igrejas e colaborando com o prejuízo das pessoas.

 

Padres Ivanir e Messias dizem que é preciso incentivar as verdadeiras festas de comunidade: festas religiosas, sadias, agradáveis e num espírito de família e boa convivência. Também ressaltam que “é preciso fortalecer o dízimo nas comunidades, pois, onde o dízimo é bem organizado, melhora muito a situação econômica”.

 

Eles destacam que algumas pessoas ainda insistem em fazer festas com a venda de bebidas alcoólicas, mas que essas são lideranças antigas, que eles chamam de “donos da igreja”, que ainda não estão bem convencidos do seu prejuízo a todos, do seu testemunho antievangélico e da importância do dízimo como ensinamento de Deus para a sustentação de toda a ação evangelizadora.

 

FONTE: MEAC - Missionários para Evangelização e Animação de Comunidades São Paulo  

http://www.meac.com.br

 

Comentário do blog:

Um exemplo de ATITUDE CRISTÃ,  com isso estão contribuindo para conscientização do cristão dos malefícios do álcool, um item que não cabe dentro de uma festa católica, na família cristã e que esse exemplo alcance todas as Paróquias brasileiras.   



Categoria:ATITUDES CRISTÃS,REFLEXÕES
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 22h37
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 

O CHAMADO DE DEUS À CONVERSÃO 
Por  Rivaldo R.Ribeiro-josé Bonifácio-SP.


"31 Respondeu-lhes Jesus: Não são os homens de boa saúde que necessitam de médico, mas sim os enfermos.
32 Não vim chamar à conversão os justos, mas sim os pecadores. (Lucas 5, 31-32)"


Quem de nós não somos pecadores?

Jesus sempre nos chama todos os dias à santidade, para Sua Paz, para que fujamos do pecado e nos tornamos bons cristãos.

Mas o que é ser um bom cristão? Muitos acreditam que são cristãos porque estão sempre rezando, ajoelham-se e pedem a Deus: condições financeiras melhores, carro do ano, até ganhar na loteria!!! Isso é consumismo, não cristianismo.
São pedidos egoístas e por isso não são verdadeiramente cristãos.

Ser cristão é amar um ao outro como Ele nos amou, dessa forma devemos rezar pela Paz no mundo, para que Deus nós ensina a amar nossos semelhantes, a perdoar,não ser preconceituoso, ser compreensivo, compassivo, para que nós compreendamos que somos filhos e filhas de Deus, portanto irmãos. E acreditar que a verdadeira conversão de todos transformará o mundo.

Pois longe de Deus como estamos os resultados é o que estamos vendo, nada está funcionando bem: a natureza, as famílias, a sociedade está violenta, os governos estão corruptos, a falta de ética etc. Atitudes que colaboram para formar uma sociedade com muitos problemas, uma sociedade geradora de conflitos, de angustia, de medo, e não como deveria ser em um aglomerado social de uma mesma espécie: a fraternidade.

Irmãos e irmãs, mas para isso o verdadeiro cristão deve ficar longe da hipocrisia, que é um comportamento que corroe a credibilidade do evangelizador, porque evangelizar não é uma glória, uma posição social melhor, de destaque, e sim uma obrigação daqueles que já conhecem a Palavra de Deus e são batizados, divulga-La com carinho, por meio de bons exemplos e testemunhos como verdadeiros cristãos, para que os outros os vejam como pessoas boas, honestas, sinceras, confiáveis, e acima de tudo donos da alegria e felicidade.

Para que dessa forma procurem a Jesus como fonte de uma vida nova, para que conheçam a Verdade presente nas maravilhas da Criação de Deus.

Irmãos e irmãs precisamos difundir o bem, estamos cansados de sofrer por deixar de conhecer a Deus, evangelizem o muito que você sabe, ou pouco, um versículo sequer, mas evangelizem!...Porque Deus fala aos corações quando estão abertos a Ele, Deus capacita os Seus para que testemunhamos com nosso exemplo a Sua glória.


"16 Anunciar o Evangelho não é glória para mim; é uma obrigação que se me impõe. Ai de mim, se eu não anunciar o Evangelho! São Paulo. (I CORÍNTIOS 9,16)".



Categoria:EVANGELIZANDO/PAPA
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 15h57
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 

A CRUZ DE JESUS FAZ PARTE DE NÓS, VAMOS CARREGÁ-LA!!!



MARCOS 15. 16-22

16 Os soldados conduziram-no ao interior do pátio, isto é, ao pretório, onde convocaram toda a coorte.

17 Vestiram Jesus de púrpura, teceram uma coroa de espinhos e a colocaram na sua cabeça.

18 E começaram a saudá-lo: Salve, rei dos judeus!

19 Davam-lhe na cabeça com uma vara, cuspiam nele e punham-se de joelhos como para homenageá-lo.

20 Depois de terem escarnecido dele, tiraram-lhe a púrpura, deram-lhe de novo as vestes e conduziram-no fora para o crucificar.

21 Passava por ali certo homem de Cirene, chamado Simão, que vinha do campo, pai de Alexandre e de Rufo, e obrigaram-no a que lhe levasse a cruz.

22 Conduziram Jesus ao lugar chamado Gólgota, que quer dizer lugar do crânio.

Esse homem humilde de Cirene, chamado Simão Cireneu passava pelo local quando foi obrigado pelos soldados a carregar a cruz de Jesus até ao calvário. Assustado com aquele acontecimento brutal e desumano, ergueu a pesada cruz que cairá dos ombros feridos de Jesus e a conduziu até ao monte Calvário. Simão teve a oportunidade e a alegria de conhecer o Filho de Deus, mesmo com o sofrimento, o esforço, a dificuldade de carregar aquela Cruz .

Assim pode ser nas nossas vidas: os problemas, os sofrimentos, dificuldades, aflições, amarguras, enfermidades, decepções, que podem se traduzir na nossa cruz diária é uma grande oportunidade de aproximar de Jesus, do Seu grande amor, compreende-Lo, e segui-Lo. Doravante mais fortes, otimistas, perseverantes, e capazes de resolver e compreender nossos problemas como parte da vida.

APROXIMEMOS DA CRUZ DE CRISTO!!



Categoria:JESUS CRISTO/SANTOS
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 14h57
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



                            O destino da Humanidade

Tu sabes, minha filha, para que fim te criou Deus? E se o sabes, como tens podido desviar-te dele tão estranhamente? Certamente te não foi dado esse corpo com sua sensibilidade, seus dons de graça e de beleza, para fazerdes dele um instrumento de escândalo e de pecado. Da mesma sorte te não foi dada essa alma, com suas nobres faculdades, inteligência, memória e vontade para estudar as vaidades do século para conceberes imagens impudicas ou frívolas, para procurares o teu bem nas criaturas em lugar de o procurares no Criador.


Ah! que culpável abuso tens feito até ao presente dos benefícios do céu! Tu bem sabes, Minha querida filha, para que fim Deus te criou. É para O conheceres, amares e servires nesta vida, e por esse meio adquirires a glória eterna que te preparou na eternidade.


Poderias acaso desejar fim mais nobre e sublime? Poderia Ele, não obstante a Sua onipotência, dar-to melhor? Não o têm os príncipes mais graduados e gloriosos da corte celeste; não o tem Eu mesma. Mas de que modo tens tu correspondido à bondade de Deus? Ah! se queres que Eu seja para ti uma verdadeira Mãe, mostra-te para Mim uma verdadeira filha: não degeneres dos Meus exemplos. Desde o primeiro instante que a Minha inteligência se abriu à razão, dediquei-Me logo a Deus com a veemência dum coração ardente, e a chama feliz, que neste momento mo abrasa, não mais se extinguiu. Desde então, o Meu pensamento foi fazer a vontade de Deus e tornar-Me cada vez mais digna dEle.


Mas tu que tens feito? Ah! o teu primeiro desejo foi agradar o mundo, a tua aplicação foi seguir-lhe as máximas e costumes. Não tens conhecido Deus senão para O ofender.


Gastastes a infância, que é a mais bela  idade, - a idade da inocência, - em puerilidades, em preocupações que fazem corar, em desobediências a teus superiores, em desprezo por teus inferiores e iguais. Tens-te deleitado desde então com as modas e vaidades. Tens-las seguido sem compreender bem o mal que te acarretam. Fizestes delas um ídolo para conseguires seres tu própria um ídolo dos outros corações. Não sentes confusão alguma à vista duma vida tão indigna duma virgem cristã? Não te aflige teres-te desviado tão tristemente do fim para que foste criada?


II - Que engano é o teu, ó querida filha, se crês achar no mundo a felicidade que sonhas, mesmo quando tudo corresse conforme os teus desejos, as riquezas e grandezas do mundo não podem fazer-te feliz. O teu coração, apto a gozar um bem imutável e infinito, coração criado para um igual bem, nunca poderá estar satisfeito gozando apenas felicidades limitadas e passageiras.


Deixa-te convencer pelo exemplo de tantas pessoas que no mundo vivem no meio de delícias e riquezas. Julga-las felizes, mas se pudesses penetrar com a vista em seus corações e ver a tempestade terrível de aflições, de temores e remorsos que incessantemente lhes agita e tortura a consciência, em vez de lhes invejares a sorte terias piedade da sua desgraça. Quantas têm achado a ruína no meio do mesmo que devia ser-lhes glória! Não, Minha filha, o ímpio não pode ter paz verdadeira, nem sincero contentamento. Só uma alma reta e inocente goza na paz do coração as delícias antecipadas do Paraíso. Nenhuma catástrofe as perturba.


Os pecadores, ao contrário, conforto algum podem tirar das consolações terrestres. Não te assuste portanto a penitência, ó Minha querida filha, porque só de terrível tem o nome. Acredita-Me: as lágrimas daqueles que na amargura do seu coração chora as próprias culpas, são mais suaves que a alegria daquele que se inebria com os prazeres da vida. Criada por Deus e para Deus, só nEle acharás a paz.


Desgraçada da alma que ousa crer que se pode achar coisa alguma melhor que Deus. Cessa pois de amar a vaidade e a mentira e volta-te para Aquele que é o único que pode dar-te a paz e fazer a tua verdadeira felicidade.


III- Demais, ó Minha querida, o tempo nada é comparado com a eternidade. Tens de viver eternamente numa alegria soberana, ou na mais terrível dor. Deves habitar para sempre o Paraiso ou o Inferno. Qual será a tua eternidade? Interroga a consciência e ela te responderá. Crês que a moleza em que vives, a dissipação, o afã pelas festas e divertimentos, o desejo de te mostrares, de amar e ser amada, o hábito de rir e acompanhar livremente com pessoas das quais até devias evitar o encontro com cuidado, são o caminho que conduz ao céu? Ah! minha filha, Eu própria me impus o dever de proteger a Minha inocência por meio de retiro, da modéstia e duma oração contínua, pela prática de todas as virtudes que devem servir de norma à vida duma verdadeira serva do Senhor, e tu crer-te-ias segura vivendo no meio de tantos perigos, com tão pouca vigilância e tamanho horror ao sofrimento?

Meu próprio divino Filho subia ao céu pelo caminho dos prazeres?! De que te servirá ter gozado todas as delícias do mundo se te perdes e precipitas num fim de dor eterna para que não foste criada?

De que te servirá teres nascido no seio da Igreja, teres sido remida pelo sangue precioso do Meu Filho, alimentada por sacramentos divinos, inscrita no livro do Filho de Deus, pertenceres a uma nação cristã, a um povo de eleição, se acabas por te condenar como aqueles que nunca conheceram nem Deus, nem o Seu Cristo?

Afetos.- Como Vossas palavras fortificam meu coração e me esclarecem o espírito, ó Maria, minha Mãe amabilíssima! Ah! agora conheço quanto tenho andado mal até ao presente e o dever que me obriga a dar-Lhe um pronto remédio se não quiser perder o fim para que fui criada. Oh! como as minhas passadas loucuras me confundem! Quanto era insensata em renunciar a Deus e a Sua glória por um bem passageiro e uma vã felicidade! Que desgraçada eu era! Não tinha Deus em conta alguma; só seguia as minhas vontades desregradas e os absurdos caprichos do mundo. Que devo eu esperar senão que Deus me não avalie em nada e me confunde com os Seus inimigos?

Mas é tempo ainda; vou pois apressar-me, sem perder um momento, a emendar o meu erro. Detesto e aborreço todos os prazeres, encantos, festas e vaidades que têm sido ou serão para mim uma ocasião de ofender o meu Deus. Renuncio de novo a eles, como já tinha renunciado no meu batismo; em lugar de os procurar, pisa-los-ei aos pés sem medo e valorosamente. Chorarei incessantemente o meu erro. Não pensarei senão em agradar a Deus sem me importar com o que dirá o mundo, servi-lO-ei e amarei de todo o coração para conseguir o meu fim. Sob a Vossa poderosíssima proteção, estou certa de obter o perdão que imploro e de praticar tudo o que tenho resolvido.

(Maria falando ao coração da donzela, meditações para todos os dias do mês, traduzidas do italiano pelo Abade A. Bayle --Professor de Eloquência Sagrada na Faculdade de Teologia de Aix--; Quinta edição, Livraria Catholica Portuense, ano de 1917)  

 

FONTE: http://www.espacomaria.com.br



Categoria:ATITUDES CRISTÃS,REFLEXÕES
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 23h54
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

Fraternidade...

VEJA QUE LINDOS SÃO ESSES VERSÍCULOS, JESUS CHAMA SEUS DISCÍPULOS DE AMIGOS, NÃO DE SERVOS.

AMOR FRATERNO São João, 15, 12-17.



12 Este é o meu mandamento: amai-vos uns aos outros, como eu vos amo.

13 Ninguém tem maior amor do que aquele que dá a sua vida por seus amigos.

14 Vós sois meus amigos, se fazeis o que vos mando.

15 Já não vos chamo servos, porque o servo não sabe o que faz seu senhor. Mas chamei-vos amigos, pois vos dei a conhecer tudo quanto ouvi de meu Pai.

16 Não fostes vós que me escolhestes, mas eu vos escolhi e vos constituí para que vades e produzais fruto, e o vosso fruto permaneça. Eu assim vos constituí, a fim de que tudo quanto pedirdes ao Pai em meu nome, ele vos conceda.

17 O que vos mando é que vos ameis uns aos outros.




Categoria:BÍBLIA:a voz de Deus
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 22h52
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

A escritura,sustentáculo da fé

A ESCRITURA, SUSTENTÁCULO DA FÉ. (II Timóteo 3, 14-17)
14. Tu, porém, permanece firme naquilo que aprendeste e creste. Sabes de quem aprendeste. 15. E desde a infância conheces as Sagradas Escrituras e sabes que elas têm o condão de te proporcionar a sabedoria que conduz à salvação, pela fé em Jesus Cristo. 16. Toda a Escritura é inspirada por Deus, e útil para ensinar, para repreender, para corrigir e para formar na justiça. 17. Por ela, o homem de Deus se torna perfeito, capacitado para toda boa obra.



Categoria:BÍBLIA:a voz de Deus
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 22h37
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 

Como Educar os Filhos segundo Dom Bosco

 

Conselhos de Dom Bosco para educar os filhos

 

1. Valorize o seu filho. Quando respeitado e estimado, o jovem progride e amadurece.


2. Acredite no seu filho. Mesmo os jovens mais “difíceis” trazem bondade e generosidade no coração.


3. Ame e respeite o seu filho. Mostre a ele, claramente, que você está ao seu lado, olhe-o nos olhos. Nós é que pertencemos a nossos filhos, não eles a nós.


4. Elogie seu filho sempre que puder. Seja sincero: quem de nós não gosta de um elogio?


5. Compreenda seu filho. O mundo hoje é complicado, rude e competitivo. Muda todo dia. Procure entender isto. Quem sabe ele está precisando de você, esperando apenas um toque seu.


6. Alegre-se com o seu filho. Tanto quanto nós, os jovens são atraídos por um sorriso; a alegria e o bom humor atraem os meninos como mel.


7. Aproxime-se de seu filho. Viva com o seu filho. Viva no meio dele. Conheça seus amigos. Procure saber aonde ele vai, com quem está. Convide-o a trazer seus amigos para a sua casa. Participe amigavelmente de sua vida.

 
8. Seja coerente com o seu filho. Não temos o direito de exigir de nosso filho atitudes que não temos. Quem não é sério não pode exigir seriedade. Quem não respeita, não pode exigir respeito. O nosso filho vê tudo isso muito bem, talvez porque nos conheça mais do que nós a ele.


9. Prevenir é melhor do que castigar o seu filho. Quem é feliz não sente a necessidade de fazer o que não é direito. O castigo magoa, a dor e o rancor ficam e separam você do seu filho. Pense duas, três, sete vezes, antes de castigar. Nunca com raiva. Nunca.

 
10. Reze com seu filho. No princípio, pode parecer “estranho”. Mas a religião precisa ser alimentada. Quem ama e respeita a Deus vai amar e respeitar o seu próximo.

“Quando se trata de educação não se pode deixar de lado a religião”.


Fonte: http://www.chagasdeamor.com.br

 



Categoria:ATITUDES CRISTÃS,REFLEXÕES
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 01h44
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 

VENTO E VALE 

 

            A palavra de Deus é como um vento tempestuoso que sopra sobre os vales da incerteza humana. Tal prerrogativa está bem acentuada nas pregações de Jesus, cujas palavras ecoaram e ainda ecoam nas consciências daqueles que “ouvem a palavra e a põem em prática”, a ponto de transformarem suas existências segundo o “sopro” do Espírito. Quem assim se deixa guiar, vence todo e qualquer vale, todo vazio que porventura dificulte suas aspirações de vida, as ameaças e desrespeitos a ela.

 

            O vento da verdade libertadora de Cristo sopra sobre os vales da indignidade e das afrontas humanas. Soprou sobre a cidade de UOL Busca Santo Antonio do Descoberto, na diocese de Luziânia – GO. Lá, dias destes, duas mil pessoas revoltadas com o caos que domina a administração de tudo o que é público, tomaram o controle das principais ruas e estabelecimentos públicos da cidade. Nenhum veículo entrava ou saia. O grito de justiça tornou-se o hino da população. Contra os manifestantes, que apedrejaram a Câmara Municipal e gritavam palavras de ordem para seus governantes, a artilharia da repressão foi rápida e eficiente, com a polícia espancando e soltando bombas contra o povo que devia proteger.

 

            Conta-nos o Padre Marcelo José de Oliveira, pároco local, que estava em sua residência quando foi acordado com o som de uma bomba estourando perto de sua casa. Ao abrir o portão, viu um policial espancando um jovem morador da cidade. O padre ficou apavorado e acabou abrindo sua casa para dar abrigo aos que estavam próximos. Não contente com o que via, o religioso foi até a praça da igreja, onde era maior o confronto entre policiais e manifestantes e abriu as portas da paróquia para acolher o povo acuado. “Naquele momento procurei o comandante responsável pela operação e disse que ali era terra sagrada e que ninguém iria encostar a mão em ninguém”. Outra bomba de efeito moral foi disparada e o estilhaço acertou outro padre, que foi ferido na altura da cintura.

 

            Enquanto isso, Marcelo Lopes, um deficiente físico de 31 anos, que só anda de bengalas, saiu em desespero à procura do pai, funcionário da prefeitura. Mas sua busca foi barrada por um policial que lhe deu um tapa no rosto e acionou outra bomba de efeito moral. No caos estabelecido, a gestante Daiane Rodrigues era transportada por uma ambulância, que foi impedida de sair da cidade. Mais tarde, já no Hospital Regional de Ceilândia, deu à luz a um natimorto.

Pe. Marcelo conclui: “A manifestação foi o grito de um povo que não agüentava mais ver tanto descaso da prefeitura; eles apenas se uniram em protesto para que o Estado não fique omisso diante do descaso”.

 

            Descoberto é apenas um dos muitos “vales” plantados no limite da covardia do poder policial, capaz de surrar a cara de um deficiente e acuar uma população indefesa.  A descoberto fica a ação de truculência dos que seguem o catecismo do poder temporal e rasgam o catecismo cristão. Aos injustiçados, a Igreja abre suas portas, pois que nenhuma mãe foge da luta quando seus filhos clamam e reclamam por suas dores.  A ação profética daquele vigário merece apoio e aplausos, pois que a Igreja por ele representada não fugiu da rinha, nem silenciou sua voz diante da injustiça ali praticada. Que do povo se ouça sua voz, como vento santo que fecunda as sementes de paz, de harmonia, de fraternidade e justiça. Que nos “vales de lágrimas” do cotidiano político, social e pessoal, desse mundo em conflitos, seja o cristão o sal, a luz contra tantos dissabores, tanta negritude entre nós. Que opressores e oprimidos um dia digam, juntos, amém.

 

 

WAGNER PEDRO MENEZES  BLOG:   http://www.wmeac.blogspot.com

 

 



Categoria:ATITUDES CRISTÃS,REFLEXÕES
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 00h37
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 

A importância do agradecimento por uma graça recebida.

 

Não foram dez os curados? Por que só tu vieste agradecer-me?

Lucas 17, 11-19

 

 

11Sempre em caminho para Jerusalém, Jesus passava pelos confins da Samaria e da Galiléia.

 

12 Ao entrar numa aldeia, vieram-lhe ao encontro dez leprosos, que pararam ao longe e elevaram a voz, clamando: 13Jesus, Mestre, tem compaixão de nós!

 

14 Jesus viu-os e disse-lhes: Ide, mostrai-vos ao sacerdote. E quando eles iam andando, ficaram curados.

 

15 Um deles, vendo-se curado, voltou, glorificando a Deus em alta voz.

 

16 Prostrou-se aos pés de Jesus e lhe agradecia. E era um samaritano.

 

17Jesus lhe disse: Não ficaram curados todos os dez? Onde estão os outros nove?

 

18 Não se achou senão este estrangeiro que voltasse para agradecer a Deus?!

 

19 E acrescentou: Levanta-te e vai, tua fé te salvou.

 



Categoria:BÍBLIA:a voz de Deus
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 00h30
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Bem-aventuranças: anseio por um mundo novo

Mt 5,1-12

 

* 1 Jesus viu as multidões, subiu à montanha e sentou-se. Os discípulos se aproximaram, 2 e Jesus começou a ensiná-los:

3 «Felizes os pobres em espírito, porque deles é o Reino do Céu.

4 Felizes os aflitos, porque serão consolados.

5 Felizes os mansos, porque possuirão a terra.

6 Felizes os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados.

7 Felizes os que são misericordiosos, porque encontrarão misericórdia.

8 Felizes os puros de coração, porque verão a Deus.

9 Felizes os que promovem a paz, porque serão chamados filhos de Deus.

10 Felizes os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o Reino do Céu.

11 Felizes vocês, se forem insultados e perseguidos, e se disserem todo tipo de calúnia contra vocês, por causa de mim. 12 Fiquem alegres e contentes, porque será grande para vocês a recompensa no céu.»

 

* 5,1-12: As bem-aventuranças são o anúncio da felicidade, porque proclamam a libertação, e não o conformismo ou a alienação. Elas anunciam a vinda do Reino através da palavra e ação de Jesus. Estas tornam presente no mundo a justiça do próprio Deus. Justiça para aqueles que são inúteis ou incômodos para uma estrutura de sociedade baseada na riqueza que explora e no poder que oprime.

 

Bíblia Sagrada - Edição Pastoral

 

PESQUISE: UOL Busca Sermão da Montanha



Categoria:BÍBLIA:a voz de Deus
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 15h50
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 Primeira mensagem de 2011: A oração de Jesus (João 17,1-26)

 

 

A oração de Jesus

(João 17,1-26)

Nesses versículos estão uma das mais belas passagens da  Biblia.

O amor de Jesus nos emociona nessa sua oração ao Pai.  

 

 

Jesus ora ao Pai em favor de si mesmo

(Versículos de 1-5)

 

"Pai, é chegada a hora, glorifica teu Filho para que teu Filho te glorifique a ti,

e para que, pelo poder que lhe conferiste sobre toda criatura, dê a vida eterna

 a todos aqueles que lhe entregaste.  

Ora, a vida eterna consiste em que te conheçam a ti, um só Deus verdadeiro, e a Jesus Cristo que enviaste.  

Eu te glorifiquei na terra.

Terminei a obra que me deste.  

E agora. Pai, glorifica-me junto a ti, concedendo a glória que tive contigo

antes que o mundo fosse criado.

 

Roga pelos discípulos (Versículos de 6-19)

 

Revelei teu nome aos homens que do mundo me deste.

Eram teus e me deste e guardaram a tua palavra.

Agora reconheceram que todas as coisas que me deste, procedem de ti.

Porque lhes transmiti as palavras que me confiaste e eles as receberam

e reconheceram verdadeiramente que saí de ti e creram que me enviaste. 

Por eles é que rogo.

Não rogo pelo mundo mas pelos que me deste: porque são teus.

Pois tudo o que é meu é teu e tudo o que é teu é meu.

Neles sou glorificado.  

Já não estou no mundo mas eles estão no mundo enquanto eu vou para ti.

Pai santo, guarda-os em teu nome, o qual me deste, para que sejam um como nós.

Enquanto estava com eles, eu os conservava em teu nome, o qual me

deste. Guardei-os e nenhum deles pereceu a não ser o filho da

perdição, para que se cumprisse a Escritura.  

Mas agora vou para junto de ti, e falo estas coisas no mundo

para que eles compartilhem de minha alegria plenamente.  

Dei-lhes a tua palavra e o mundo os odiou porque não são do mundo,

como também eu não sou do mundo.

Não estou pedindo que os tires do mundo mas que os guardes do mal.

Eles não são do mundo como eu também não sou do mundo.  

Santifica-os na verdade, pois a tua palavra é verdade.

Assim como tu me enviaste ao mundo, assim também eu os enviei ao

mundo. Por eles eu mesmo me santifico para que sejam deveras santificados.

 

Implora pela união de todos os que crêem 

(Versículos de 20-26)

Não rogo apenas por eles mas por todos que crerem em mim por sua

palavra. Que todos sejam um como tu, Pai, estás em mim e eu em ti,

para que eles estejam em nós e o mundo creia que tu me enviaste.  

Dei-lhes a glória que tu me deste, a fim de que sejam um como nós somos um. Eu neles e tu em mim, para que sejam consumados na unidade

e o mundo conheça que tu me enviaste e amaste a estes como me amaste a mim.

Pai, quero que os que me deste estejam também comigo onde eu estiver,

para que vejam a minha glória, que me concedeste porque me amaste

antes da criação do mundo.  

Pai justo, se o mundo não te conheceu, eu te conheci, e estes conheceram

que tu me enviaste.

Dei-lhes conhecimento de teu nome e ainda hei de dar para que o amor,

com que me amaste, esteja neles, como eu".

 

 



Categoria:BÍBLIA:a voz de Deus
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 22h32
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

O segredo da Felicidade 

(Colossenses 3, 12-17)

12. Portanto, como eleitos de Deus, santos e queridos, revesti-vos de entranhada misericórdia, de bondade, humildade, doçura, paciência.  13. Suportai-vos uns aos outros e perdoai-vos mutuamente, toda vez que tiverdes queixa contra outrem. Como o Senhor vos perdoou, assim perdoai também vós.  14. Mas, acima de tudo, revesti-vos da caridade, que é o vínculo da perfeição.  15. Triunfe em vossos corações a paz de Cristo, para a qual fostes chamados a fim de formar um único corpo. E sede agradecidos. 

16. A palavra de Cristo permaneça entre vós em toda a sua riqueza, de sorte que com toda a sabedoria vos possais instruir e exortar mutuamente. Sob a inspiração da graça cantai a Deus de todo o coração salmos, hinos e cânticos espirituais. 17. Tudo quanto fizerdes, por palavra ou por obra, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai. 

(Bíblia a voz de Deus) 
 
Os versículos acima definem bem que somos todos um, pois cada um de nós pode ser infeliz ou feliz conforme o nosso comportamento junto com nossos irmãos.
Somos seres humanos passíveis de sentimentos e erros, não somos imunes a desagradáveis atitudes de falta de humor e amor com as pessoas com as quais convivemos, contudo devemos lutar, e lutar muito para que isso não aconteça, pedindo a Deus que na sua misericórdia nos conceda a sabedoria, bondade, humildade, doçura, paciência e a capacidade de perdoar completamente nossos desafetos.
 
Vamos imaginar esse mundo maravilhoso abençoado por Deus, onde as pessoas pudessem se comportar dessa forma, quantas tristezas, discórdia, contendas e violência iríamos evitar? E o resultado seria a multiplicação entre nós do amor, da paz, justiça, e ir ao encontro do Reino de Deus. Porque a maioria dos nossos problemas é causada por nós mesmos. O que estamos ganhando com isso? Apenas os reflexos desagradáveis das nossas próprias atitudes negativas: no presente ou no futuro. Um futuro que será a herança que vamos deixar para nossos próprios filhos. Que bom se eles herdassem uma sociedade melhor, uma sociedade cristã e mais fraterna!  
 
 
Assim meus irmãos não custa nada fazer essa tentativa, peçam a Deus para que Ele nos ajude a encontrar a felicidade que ele nos indicou.... 
 
 



Categoria:BÍBLIA:a voz de Deus
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 18h45
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Símbolo do Natal.

      

“O Presépio – Numa gruta que servia de estábulo para os animais que pastavam naquela localidade, nasceu o filho de Deus, Maria envolveu-o nuns poucos panos que trouxera consigo e o reclinou-o em uma manjedoura”. 

A palavra Presépio vem do hebraico e significa manjedoura, estábulo. Desde o final do século II, já havia representações do presépio. Inicialmente foram pintados nas catacumbas de Roma. 

Fazer o Presépio de Natal é uma tradição muito antiga. Surgiu no século XIII, e ainda hoje na maior parte dos países latinos é mais importante do que a arvore de natal.    

As primeiras imagens que representam a Natividade (Jesus, Maria e Jose) foram criadas em mosaicos no interior das igrejas e templos, e encontram-se desde o século VI. 

O presépio é talvez a mais antiga forma de caracterização do Natal. 

Sabe-se que foi São Francisco de Assis, na cidade italiana de Greccio, em 1223, o primeiro a usar a manjedoura com figuras esculpidas formando um presépio, preparado numa gruta em um bosque italiano. A partir daí, montar o presépio, virou uma tradição  em todo o mundo. 

O boi e a vaca, figuras sempre presentes no presépio, ilustram a humildade de todas as criaturas do mundo, reconhecendo e homenageando Cristo como filho de Deus. 

A idéia surgiu enquanto lia, numa de suas longas noites, um trecho de São Lucas que lembrava o nascimento de Cristo. Resolveu então monta-lo em tamanho natural, numa gruta da cidade. O que restou desse presépio encontra-se atualmente na Basílica de Santa Maria Maior, em Roma. 

Existe a lenda de que à meia-noite da véspera de Natal todas as abelhas que estavam a hibernar acordariam nos seus cortiços e começariam a zumbir em uníssono o Salmo 100. Ao mesmo tempo as portas do Paraíso abrir-se-iam e, durante alguns instantes, deixariam passar fosse quem fosse (abençoados e pecadores) para entrar diretamente no Céu.

 

Pe.Mauro Ziati Pereira

Fonte: Jornal O Profeta 

 Paróquia São João Batista-Jose Bonifácio

 Diocese de São Jose do rio Preto-SP



Categoria:JESUS CRISTO/SANTOS
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 23h58
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 

Verdadeiros amigos.

 

 

Hoje vou falar de algo que muitas vezes eu sinto na própria pele, O Senhor nos recomendou que divulgasse os evangelhos até os confins do mundo. Para  mim poderia ser muito difícil ir até os confins do mundo para evangelizar, encontraria pessoas estranhas, línguas que não fosse a nossa, enfim uma grande dificuldade comunicação. Imagino  que essa tarefa seria melhor  executada  aos Santos missionários da Igreja...

 

Então optamos por evangelizar os que estão próximos a nós. Tente você falar sobre Deus e as doutrinas cristãs ao um colega ou a um amigo, com certeza em alguns casos terás uma grande surpresa. Pois o mundo de hoje rejeita Cristo de forma muito triste: com indiferença. Preferem ler e ver coisas do mundo materialista que apodrece, enferruja, e estão esquecendo do espírito que é imortal e o elo para a vida eterna.

 

Quem são nossos melhores amigos?

 

Quem nos convida para as baladas ou festas  regadas com bebida alcoólicas e drogas que irão destruir a nossa vida? Muitas vezes para sempre: uma condenação ao inferno ainda em vida.

 

Ou quem te convida para um grupo de oração, um encontro de jovens, uma Missa, que irá mudar sua maneira de ver a vida, um lugar onde você vai encontrar pessoas que te consideram como irmãos e não como mais um companheiro de bebidas e drogas. Uma forma que muita gente encontra para aliviar o seu próprio peso de consciência: mais um companheiro de desgraça.  

 

Meu irmão seja esperto para consigo mesmo, não caia nessa! Identifique quem realmente te ama como ser humano e filho de Deus. Se alguém te convidar para junto de Jesus você tem um grande tesouro: Um verdadeiro amigo e o delicioso aconchego por estar próximo de Deus.

 

Eu quando faço um convite a alguém para ir ao um encontro religioso, um grupo de oração, a Missa. É porque desejo a essa pessoa a mesma alegria e felicidade que sinto por estar junto de Deus.

 

Não se comporte com indiferença quando alguém quer te mostrar o caminho da Luz do Senhor, pois onde existe luz nunca se manifesta o “escondido”...

 

Pense nisso.

 

UOL Busca Rivaldo R.Ribeiro



Categoria:ATITUDES CRISTÃS,REFLEXÕES
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 01h50
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 

Ponto de chegada - Dom Paulo Mendes Peixoto

17/11/2010 

 

Celebrar a Festa de Cristo Rei e o final do Ano Litúrgico é contemplar tudo que envolve a enigmática palavra "fim". Jesus é apresentado como Rei da paz, do amor, da justiça e da santidade, sem triunfalismo e pomposidade.

 

Prosseguimos para o destino final, seja de nossa vida, da humanidade, ou da criação toda. O verdadeiro destino é Cristo, proclamado como centro, alvo e Rei do universo. Fim marcado pela esperança e confirma que a nossa vida tem sentido.

 

Antes de tudo, temos que construir o presente, o mundo do trabalho, da cultura, da ciência, das artes, da política, dos meios de comunicação, da economia, da família, da educação, da vida profissional, fazendo com que tudo seja permeado pelos valores do Reino de Deus.

 

Em tudo está a tarefa dos leigos e leigas cristãos, como agentes de transformação, fazendo das realidades temporais caminhos e condições de vida saudável. Isto acontecendo podemos dizer, "pessoas da Igreja no coração do mundo e pessoas do mundo no coração da Igreja".

 

O reinado de Jesus Cristo é ponto de unidade, de chegada para toda a humanidade. Ele é rei que apascenta, guia, cuida e zela das ovelhas. O seu verdadeiro trabalho é constituído de tirar o povo do domínio das trevas e conduzi-lo para as realidades da luz.

 

Com frequência corremos o perigo do desvio do verdadeiro caminho, abandonando a via traçada por Cristo e chegar a um fim de destruição, perdendo a chance de uma eternidade feliz. Não podemos excluir os valores e as atitudes do Reino da vida.

 

Celebramos a Liturgia de Cristo Rei, detectando uma realidade de Cristo muito contraditória. De um lado, deveríamos ver as pompas de um rei; de outro, o fato da cruz, onde estava escrito: "Este é o Rei dos Judeus". Rei crucificado.

 

Jesus foi Rei que não usou as forças do poder. Agiu como ovelha nas mãos dos carrascos, sem atitude de vingança, de punição e de revanche sobre os maus. O objetivo era a plenitude da vida conquistada no Mistério Pascal da Cruz.

 Dom Paulo Mendes Peixoto-Bispo de São José do Rio Preto- SP

Dom Paulo Mendes Peixoto

Bispo de São José do Rio Preto.

Entre Redes - Orgão de Notícias da Diocese de São José do Rio Preto  



Categoria:EVANGELIZANDO/PAPA
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 17h15
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



  

Carta aberta a Dom Demétrio Valentini, bispo de Jales (SP).

http://fratresinunum.com/2010/10/04/carta-aberta-a-dom-demetrio-valentini-bispo-diocesano-de-jales-sp/

Classificação:

POR DIOGO FERREIRA.

CLIQUE NO LINK ACIMA E LEIA A CARTA...



Categoria:Link
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 01h06
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

IRMÃ DULCE, O ANJO BOM DO BRASIL

http://www.irmadulce.org.br

Classificação:

A pequena ‘Maria Rita’ Segunda filha do dentista Augusto Lopes Pontes e de Dulce Maria de Souza Brito Lopes Pontes, ao nascer em 26 de maio de 1914, Irmã Dulce recebeu o nome de Maria Rita de Souza Brito Lopes Pontes. O bebê veio ao mundo na rua São José de Baixo, 36, no bairro do Barbalho, na freguesia de Santo Antônio Além do Carmo. A menina Maria Rita foi uma criança cheia de alegria, adorava brincar de boneca, empinar arraia e tinha especial predileção pelo futebol - era torcedora do Esporte Clube Ypiranga...



Categoria:Link
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 14h45
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



...

Nós católicos devemos ser mais fieis a Deus e a nossa religião.

 

UOL Busca São Francisco de Assis no fim da sua vida junto com seus frades onde nenhum deles pôde se conter sem chorar.  Ele se preocupou com a nossa religião e disse: “Ora, depois que deixei a direção da Ordem pela minha enfermidade, não trato agora senão de pedir a Deus pela nossa religião e de dar bom exemplo aos irmãos. E bem sei na verdade que, se a enfermidade me deixasse, a maior ajuda que poderia dar à religião seria pedir a Deus continuamente por ela, que Ele a governe, defenda e conserve”.  

E nessa época São Francisco já tinha os doloridos estigmas, ferimento iguais os de Cristo quando foi crucificado, sentimentos de dor física que para São Francisco era de grande alegria, pois o seu sofrimento chegava perto dos sofrimentos do Nosso senhor.  

Relatei essa parte da vida de São Francisco de Assis, porque acho que estamos longe da nossa religião, muitos "fiéis" vão as Missas, mas não são verdadeiramente convertidos, não somos bons exemplos,  alem disso a grande maioria dos nossos Padres se confundem como homens comuns no meio das multidões, vejo jovens Sacerdotes vestidos como se fossem play-boys.

Será que temem ser identificados como Padres e discipulos de Cristo?

E isso meus irmãos, afasta os que realmente tem sede de Deus e os levam a procurar outras águas.  

Vejo jovens católicos e católicas buscando alegrias falsas fora dos mandamentos de Deus, e isso os levarão a fazer parte das famílias destruídas se não forem reconduzidas junto ao amor de Deus. 

E isso é culpa de quem? Deles? De Deus? Não meus irmãos, a culpa está nos pastores que se afastam do seu pastoreio, sendo os primeiros a dar maus exemplos, não falo  aqui da família, pois ela já se encontra no inicio do fim, salvo algumas que ainda lutam bravamente para mantê-la  unida em torno dos Sagrados dons de Deus e na honra de pai e mãe.  

A grande maioria dos padres não se comporta como Sacerdotes de Cristo. Tenho certeza em não estar cometendo nenhum pecado escrevendo isso, porque Cristo nos ensinou como principal condição evitar o pecado e sermos todos nós seus discípulos.

Onde estão os discípulos de Cristo, os construtores dos pilares da Sua Igreja? Muitos estão vivendo num  mundo materialista, sendo que Cristo orientou seus discípulos a evangelizar como pobres e não como ricos. 

Ou são protagonistas na criação de novas ideologias e teorias de origem humana, portanto falhas como todos os homens o são.  

Citando novamente UOL Busca São Francisco de Assis que foi uma Luz  que iluminou o caminho para Cristo: "Sua maior intenção, seu desejo principal e plano supremo era observar o Evangelho em tudo e por tudo, imitando com perfeição, atenção, esforço, dedicação e fervor os passos de Nosso Senhor Jesus Cristo no seguimento de sua doutrina". (Vida de S. Francisco - 1Cel 84)

Dessa forma meus irmãos não existem outros caminhos para nós cristãos se não os evangelhos. Caso contrário deixaremos de ser o sal do mundo, o sentido de nos manifestarmos como filhos e filhas de Deus.  

 

As respostas e os resultados vergonhosos disso tudo me foram dados nas eleições deste ano de 2010, houve discórdias em toda a Igreja. O bispo de Jales UOL Busca D. Demétrio Valentini e o de Guarulhos UOL Busca Dom Luiz Gonzaga Bergonzini trocaram cartas ríspidas, estou com Dom Luiz Gonzaga, pois  ele defendeu o  os Evangelhos...

 

 Outros se calam diante de um pecado como o ABORTO que está prestes a ser aprovado no Brasil. O que me deixa assombrado é o motivo da discórdia no clero... Não deveria ser de união se são discípulos de Cristo?  Então  porque alguns bispos e padres se posicionam a favor das ideologias e do poder, abandonando os evangelhos de Jesus Cristo?  

Se nossos governantes erram, cometem pecados, não são culpa deles não, porque todos foram eleitos pela maioria do povo, eles vieram do meio de nós. Nós cristãos católicos estamos fracos e falhos, Deus quer mais de nós. Deus quer que aumentemos nossa Fé com F maiúsculo. Apenas dessa forma teremos paz, porque Nosso senhor Jesus Cristo nos deu a Paz. 

Sou apenas um leigo sem autoridade dada por algum padre, bispo ou o Papa, mas não abro mão do amor que sinto por Cristo e o orgulho de ser católico. 

Assim sendo,  louvo a Deus  aos poucos Sacerdotes como Dom Luiz Gonzaga e José Augusto da Canção Nova   que ainda agem como verdadeiros discípulos de Cristo, "diferentes" como todos os homens santos o são, isso porque imitam a Cristo. Portanto nunca se perdem no meio das coisas do mundo e nem diante dos olhos de Deus. 

Meus queridos e Santos Sacerdotes, que Deus vos abençoe e proteja vocês todos nas suas árduas missões de evangelizar um rebanho assustado e já com muitas duvidas dentro dos seus corações. 

Meu Jesus olhe por nós, São Francisco de Assis patrono da ecologia e da vida rogue por nós, Nossa Senhora Mãe e de Deus rogai por nós... 

E como São Francisco de Assis disse: vamos pedir a Deus que fortaleça nossa religião com homens bons e de Fé e afaste alguns cupins que vem corroendo seus pilares.  

(II Timóteo  3: 1-5)

1 Nota bem o seguinte: nos últimos dias haverá um período difícil.  

2. Os homens se tornarão egoístas, avarentos, fanfarrões, soberbos, rebeldes aos pais, ingratos, malvados, 3 desalmados, desleais, caluniadores, devassos, cruéis, inimigos dos bons, 4 traidores, insolentes, cegos de orgulho, amigos dos prazeres e não de Deus, 5 ostentarão a aparência de piedade, mas desdenharão a realidade. Dessa gente, afasta-te!



Categoria:ATITUDES CRISTÃS,REFLEXÕES
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 01h19
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 Politica e religiao...

POLÍTICA: sinônimo de justiça, honestidade, ética. Seria possível?

Questão do aborto...

 

“Amai a justiça vós que governais a terra....” (Sabedoria 1,1).

 

No momento ouve-se muito que a religião não se deve misturar com a política... Refleti muito sobre essa questão, mesmo sendo um leigo, mas a minha Fé me leva em não concordar que a Igreja Católica ou outras denominações Cristãs não se metam em questões políticas, pelo contrário se essas questões atingirem a vida, prejudicar pessoas, destruição da natureza, causar fome, pobreza, violência, prejudicar a família que é a célula da sociedade, for contra a Fé cristã escrita na Bíblia, todo cristão deve discordar sim, pois somos todos um, a mesma família humana, onde se une o Pai, Jesus, e nós que cremos Nele. (João 17, 20-26)

 

Se não for assim meus irmãos, iremos rasgar a Bíblia? Destruir o nosso ponto de referencia religioso e espiritual? Aonde iremos chegar sem essa bússola que é a Palavra de Deus e que nos leva até a Ele? Com certeza ficaríamos a deriva nos tornando presas fáceis num mundo desconhecido e sem valores.

 

Alguns políticos sempre se equivocam quando criticam a ingerência da Igreja nos assuntos terrenos. Esse equívoco geralmente vem dos maus políticos que não praticam a verdade de Deus, porque a verdadeira política é muito bonita, quando o seu único e exclusivo objetivo é ajudar a melhorar as condições de vida da população e não ao contrário. A verdade é terrível aos que vivem nas trevas, ela é a Luz que revela os maus. 

 

E esta forma de política foi praticada pelos santos e mártires do cristianismo, que fortalecidos pela FÉ, sem medo e pelo amor aos seus semelhantes, eles, sem interesse algum defenderam os mais fracos e pobres, confortaram e curavam os doentes, exemplos como UOL Busca Madre Tereza de CalcutáUOL Busca São Francisco de Assis que enfrentou o seu pai e toda uma sociedade por causa dos miseráveis e leprosos, que eram marginalizados e excluídos do convívio desta sociedade, e por fim nossa UOL Busca Irmã Dulce, e tantos outros...

 

Nosso Senhor Jesus Cristo praticou política quando enfrentou os Romanos, os Fariseus, e criticou os Saduceus porque se refugiavam nos cultos, acomodados, sendo preconceituosos com o povo simples, vivendo afastados das suas idéias e dos seus problemas sociais.

 

A alienação não fazia parte dos pensamentos do Nosso Senhor Jesus Cristo. Ele via a necessidade da distribuição do pão, busca da liberdade, da paz, da igualdade e do respeito à vida humana, mas também o respeito ao Estado quando disse "dar a César o que é de César" (Mt 22,15-22). Promovendo um respeito mutuo e credibilidade entre o Estado e o povo.

 

"Jesus é o caminho, a verdade e a vida". Libertemos da corrupção que leva o Brasil para o esgoto e esmaga os inocentes. Portanto, a corrupção é injusta, se é injusta é contra Deus, e é ai que a religião se interage com a política, pois a boa política também deve ser justa.

 

Vamos seguir os exemplos daqueles que nunca abandonaram o sonho do amor na espécie humana, e esse amor é uma forma de política: a única forma...

 

Finalizada as eleições de 2010, um momento importante e crucial para o nosso país, pois se tratou da escolha do presidente que vai governar nossa Pátria por mais 04 anos. Para tanto roguemos a Deus para que os eleitos tentem mudar o sentido sempre pejorativo da palavra “política” a transformando em sinônimo de justiça, boas virtudes, honestidade, moral, ética, qualidade de vida real, saúde e paz.

 

 ABORTO:

“Eu vim para que todos tenham a vida e a tenham em abundância.” (Jo. 10,10).

 

E por fim que os eleitos tentem extirpar da nossa abençoada terra uma praga que ameaça o mundo: O ABORTO que nada mais é do que a matança dos inocentes.

 

Um ato covarde sem precedentes, que alguns têm a desfaçatez de alegar que o aborto é questão de saúde pública ou seria imoralidade pública? Pois na maioria das vezes uma gravidez indesejada é fruto da imoralidade ou má educação das pessoas envolvidas... Estão animalizando as pessoas, pois o sexo apenas por prazer faz parte da vida dos animais irracionais. Estamos nos transformando em bárbaros modernos, as maneiras de suprimir uma vida humana podem ser mais sofisticadas, mas o resultado é o mesmo: A MORTE.

 

A ausência da educação moral e espiritual está levando nossos jovens a um túnel sem luz e a destruição da família. Como iremos construir uma nação sólida sem a família?  Com as famílias fragmentadas e sem os alicerces seguros do amor materno e paterno?

 

O hediondo  ABORTO coloca no DNA da célula familiar o gatilho para sua futura destruição. 

 

Confiemos  em Deus , pois todos  que Nele confia terá Seu conforto e proteção , mesmo que tentem  contra a vida dos Seus filhos...

 

 

“Meu filho, ouve-me, adquire uma instrução sadia, torna o teu coração atento às minhas palavras.” Eclesiástico 16,24.

 



Categoria:ATITUDES CRISTÃS,REFLEXÕES
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 00h52
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 

Missa Diocesana da Mãe Rainha e Peregrina Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt - Aconteceu dia 17/10/10 na Paróquia São João Batista José Bonifácio-SP.

 

 

“O mundo brasileiro está à espera da Mãe de Deus, como a Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt, para a conquista deste país para o bom Deus, para o Deus Trino.”

“Maria é capaz de moldar santos. Por isso, a fim de que ela cumpra sua missão universal, imploramos: ó Mãe, sê doravante também a grande Educadora e Protetora de nosso povo!”. Padre José Kentenich

***************************************************** 

 Foto da lateral do interior da Igreja Matriz São Joao Batista-JOSE BONIFACIO-SP

Imagem  lateral do interior da Matriz São João Batista.

 

Uma grande festa foi realizada e louvor a UOL Busca Nossa Senhora Mãe Rainha e Peregrina Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt com uma Missa Diocesana dia 17/10/10 na Paróquia São João Batista José Bonifácio-SP. 

Foi uma reunião belíssima de irmãos e irmãs das Paróquias pertencente a Diocese de São José do Rio Preto-SP. Cantando e louvando com devoção e amor a Nossa Senhora. 

A festa Eucarística se deu na Paróquia São João Batista no município de José Bonifácio. Estado de São Paulo.

 

Oração à Mãe, Rainha e Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt.

 

Querida Mãe, Rainha e Vencedora Admirável de Schoenstatt! Com iluminada Confiança, me aproximo de ti, para receber teu auxílio em minha grande aflição; pois teu Divino Filho, na cruz, me deu a ti como minha mãe, dirigindo também a mim as palavras: "Eis aí tua Mãe!" E a ti disse ele: "Eis aí teu Filho!". Que consolo para mim, receber-te por Mãe! Por isso dirijo-me a ti em meu grande sofrimento. Bem conheces minha pesada cruz. 

Peço-te confiante, que me ajudes, ó grande Mãe e Rainha Três Vezes Admirável de Schoenstatt, pois nunca se ouviu dizer que tenha abandonado algum filho teu que buscou refúgio em ti. Tu mesma sentiste o peso e a aflição da vida! Estiveste ao pé da cruz, como a Mãe das Dores. E será que agora não irás atender ao meu pedido, quando te confio, suplicante, o meu sofrimento? Não, jamais! Tu és a saúde dos enfermos, a consolação dos aflitos, o auxílio dos cristãos. Inspira-me, porém, confiança especial o fato de seres chamada "Mãe Rainha Três Vezes Admirável". 

Este honroso título expressa que sempre e em toda parte és admirável. Intercede, pois, junto ao teu querido Filho, para que me atenda. E, eternamente, quero cantar o teu Magnificat bendizendo as misericórdias do Senhor.

 

 Mãe Rainha e Peregrina Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt-Foto Rivaldo R.Ribeiro

 

Mãe Rainha e Peregrina Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt-foto Rivaldo R.Ribeiro

 

 

CLIQUE AQUI E VEJA MAIS FOTOS

 

 

 PESQUISE SOBRE ESSE APOSTOLADO CLICANDO AQUI:

UOL Busca Mãe Rainha e Peregrina Vencedora Três Vezes Admirável de Schoenstatt

 



Categoria:EVANGELIZANDO/PAPA
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 23h38
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Dúvidas sobre os termos da Oração Salve Rainha

 

Pergunta - O que quer dizer, na Salve Rainha, a invocação “a vós bradamos, os degredados filhos de Eva”?

 

Resposta - Para melhor compreender a expressão “degredados filhos de Eva”, é conveniente reler o que está nos capítulos 2 e 3 do Gênesis, que narram a criação do homem e a sua queda, cedendo à tentação da serpente e comendo do fruto proibido. Resumiremos os dados principais, transcrevendo alguns trechos desse primeiro livro das Sagradas Escrituras:

 

 

LEIA MAIS, CLIQUE AQUI...

 



Categoria:EVANGELIZANDO/PAPA
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 16h17
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 Aborto...Reedição do post de 03 de junho 2007

ABORTO: UMA ABERRAÇÃO NO CORAÇÃO DO HOMEM

Somos uma nação cristã? Ou somos apenas de fachada, a nossa Fé foi jogada no lixo, no meio dos entulhos da perversidade, promiscuidade, corrupção, falta de amor ao próximo e a Deus?

Estou falando da lei do ABORTO, a lei dos assassinatos dos anjos inocentes.

Estamos lastimando a violência, as pestes, os desarranjos ao nosso redor, contudo no momento estamos discutindo um absurdo, que não deveria sequer ser lembrado, o descarte da vida, o descarte de um ser humano com alegações: se virão ter problemas de saúde ou se for indesejado.

Anjos que ainda não pode se defender, ou gritar por socorro para que salvem-lhe a vida, e estão tentando aprovar uma lei para decidir covardemente se devem vir ou não ao esse mundo.

O Nosso pai São Francisco de Assis, o santo que mais se aproximou de Jesus Cristo, que mais compreendeu a criação, a natureza em todos os sentidos, EVITAVA A MORTE DOS VERMES OS AFASTANDO DA ESTRADA PARA QUE NÃO FOSSEM ESMAGADOS, e nós estamos  discutindo  sobre a vida dos anjos como um simples descarte!!!. Quem somos diante duma grandeza como São Francisco, que defendia a vida sobre todos os ângulos?

Imagine o tamanho do pecado que estamos cometendo só do fato de lembrarmos disso, e levar uma coisa dessas a discussão?

O Brasil será castigado se aprovar uma lei dessas, não tenham duvidas disso!!! Deus pode virar a costas a aqueles que a defendem ou vir a aprová-la.


São Paulo assim diz aos Efésios:

"não tenhais cumplicidade nas obras infrutíferas das trevas; pelo contrário, condenai-as abertamente" (Ef 5:11).

Nós cristãos precisamos reagir, sair da dormência e do medo que nos encontramos e condenar tal atitudes contra Deus.
Só nos resta pedir a Deus que nos perdoe...

 

 CLIQUE E PESQUISE SOBRE: UOL Busca Dr. Bernard Nathanson

 

Nota:
O Médico americano Dr. Bernard Nathanson foi um dos principais ativistas Pró-Aborto, admitiu ser responsável por 75.000 abortos. Arrependido agora luta contra o ABORTO em todo o mundo, com certeza não foi boa a sua experiência.



Categoria:ATITUDES CRISTÃS,REFLEXÕES
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 23h11
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Romaria foi realizada em agradecimento aos 25 anos da entidade ...

Associação e Fraternidade fazem peregrinação à Aparecida

Romaria foi realizada em agradecimento aos 25 anos da entidade 

Frades, Diretoria e leigos participaram do 2º dia de novena em louvor de UOL Busca Nossa Senhora Aparecida. 

    

Em busca da bênção e do olhar materno da Senhora Aparecida a UOL Busca Associação e Fraternidade São Francisco de Assis na Providência de Deus peregrinou até a casa da Mãe, em Aparecida, nos dias 4 e 5 de outubro. No total, 184 pessoas foram até a Capital da Fé para agradecer à Rainha do Céu e da Terra os 25 anos de história e pedir os cuidados da Mãe de Deus para os próximos 25 anos. 

Na tarde de 4 de outubro, na Basílica Velha, todos participaram da cerimônia de vestição de 16 noviços, entre eles as três primeiras Irmãs do Ramo Feminino da Fraternidade São Francisco de Assis na Providência de Deus. Agora, a Fraternidade conta com 31 frades, 13 noviços e 3 noviças. 

“Nesses 25 anos não fizemos tudo, mas lutamos para fazer o possível para que esse tudo aconteça. Olhando para o Evangelho do Bom Samaritano somos todos convidados: ‘vai tu e faze o mesmo’, por mais 25 anos. Queremos cumprir o que o Evangelho nos manda por meio de nossas Obras”, disse Frei Francisco aos que celebraram a Missa, na tarde do dia 4. 

Após a emoção vivida durante a celebração na Basílica Velha, todos os peregrinos na Providência de Deus, participaram do segundo dia de Novena em honra à Nossa Senhora Aparecida na Basílica. Neste ano, o tema da Novena é “Sob o Olhar da Senhora Aparecida caminhamos com Jesus”. No segundo dia, os romeiros meditaram “Maria, olhar que ilumina”, relembrando o milagre das velas, realizado junto aos primeiros devotos de Nossa Senhora Aparecida.

Maria Clara e Francisco fizeram uma homenagem aos primeiros franciscanos durante a entrada da Palavra de Deus na celebração da Novena, presidida pelo Bispo de Crato (Ceará), Fernando Panico. Concelebraram o Arcebispo de Aparecida, Dom Raymundo Damasceno Assis, o Bispo de emérito de Rubiataba (GO), Dom José Carlos de Oliveira, o Bispo Emérito de Barretos (SP), Dom Pedro Fré, Bispo Emérito Coari (AM), Dom Joércio Gonçalves Pereira e o Reitor do UOL Busca Santuário Nacional, padre Darci Nicioli.  

Leigos da Fraternidade também se fizeram presentes nesse momento, todos vestidos com a cor marrom, traço marcante da espiritualidade franciscana. A diretoria da Associação também marcou presença durante as festividades. 

Ao final do segundo dia da Novena, todos os peregrinos da Associação e Fraternidade Lar São Francisco de Assis na Providência participaram da procissão das flores a Nossa Senhora. Todos receberam uma Bênção Especial e foi feita a entrega da réplica da imagem de Nossa Senhora Aparecida a Frei Francisco Belotti. A pequena imagem será entronizada na Festa Testemunho, realizada domingo, dia 10 de outubro, em Jaci (sede da instituição) em comemoração às bodas de prata. 

No dia 5, em que é celebrado Santo Benedito, todos os peregrinos da Associação e Fraternidade participaram da Missa na Igreja dedicada ao Santo, em Aparecida. Celebrada pelo padre Jadir Teixeira, redentorista, a Missa foi um envio de todos aos próximos anos da Obra. “A missão começa agora. O peregrino vem à Aparecida buscar a Bênção e torna-se um distribuidor dela nos locais em que vive. Vocês, da Associação e Fraternidade São Francisco de Assis na Providência de Deus, saem da Casa da Mãe com a missão de levar o olhar dela para todos os lugares pelos quais passarem”, disse o Padre. 

Após a Celebração Eucarística, os romeiros da Associação e Fraternidade retornaram a seus lares com a missão de viver na Obra o carisma de Francisco de Assis e abraçar o pobre. Em peregrinação, os franciscanos da época de Francisco costumavam se dirigir às igrejas que encontravam e rezar: “Nós vos adoramos, santíssimo Senhor Jesus Cristo, aqui e em todas as igrejas que há no mundo inteiro, e vos bendizemos porque por vossa santa Cruz remistes o mundo”. Hoje, também os franciscanos na Providência de Deus, Religiosos e Leigos, querem repetir esse gesto, acolher e bendizer a Jesus na pessoa dos mais necessitados: dependentes químicos, doentes, crianças e idosos, que são também templos de Deus. 

“Queremos agradecer a todos aqueles que, de alguma forma, contribuíram para a construção dos 25 anos dessa Obra. Agora, somos chamados por Deus a dar continuidade ao projeto de vida que São Francisco nos deu. Nesse momento da nossa história, temos tão pouco a pedir e tanto a agradecer”, afirma Frei Francisco Belotti. 

 

FONTE:
FRATERNIDADE SÃO FRANCISCO DE ASSIS NA PROVIDÊNCIA DE DEUS-JACI-SP

 

Um dos maiores exemplos de ATITUDE CRISTÃ, é o grande amor que os irmãos franciscanos da Associação e Fraternidade São Francisco de Assis na Providência de Deus com sede na cidade de UOL Busca JACI - SP  ,dedica aos que precisa do conforto espiritual e físico para recuperar de uma doença horrorosa como a lepra no passado: as drogas, alcoolismos e qualquer dependência química que massacra os jovens e adultos desses nossos tempos tão conturbados.

 

 



Categoria:ATITUDES CRISTÃS,REFLEXÕES
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 14h27
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Virtudes que dão acesso a Deus

 

SALMO 14-(Heb.15) 

 

 

1 Salmo de Davi. Senhor, quem há de morar em vossoUOL Busca tabernáculo? Quem habitará em vossa montanha santa?

 

2 O que vive na inocência e pratica a justiça, o que pensa o que é reto no seu coração,3 cuja língua não calunia; o que não faz mal a seu próximo, e não ultraja seu semelhante.

 

4  O que tem por desprezível o malvado, mas sabe honrar os que temem a Deus; o que não retrata juramento mesmo com dano seu, 5 não empresta dinheiro com usura, nem recebe presente para condenar o inocente. Aquele que assim proceder jamais será abalado.

 

 

Esse salmo é uma espécie de sumário das condições para viver em paz com Deus. São enumeradas doze. Pequeno breviário de quem ama a Deus.

 

 

UOL Busca TABERNÁCULO

 



Categoria:BÍBLIA:a voz de Deus
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 23h04
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 

ESPECIAL:Dez razões para viver a castidade no namoro

 

Favorece o crescimento amistoso entre o casal

 

1. A pureza ajuda a ter uma boa comunicação com seu (sua) namorado (a).

 

Quando um casal de namorados vive a abstinência sexual, sua comunicação é boa porque não se concentram somente no prazer, mas na alegria de compartilhar pontos de vista e experiências; além disso, suas conversas são mais profundas. Por outro lado, a intimidade física é uma forma fácil de se relacionar, mas ofusca outras formas de comunicação. É um modo de evitar o trabalho que supõe a verdadeira intimidade emocional, como falar de temas pessoais e profundos, além de conhecer as diferenças básicas que existem entre ambos.

 

2. Cresce o lado amistoso do relacionamento.

 

A proximidade física pode fazer com que os jovens pensem estar emocionalmente próximos, quando, na verdade, não o estão. Um relacionamento romântico consiste essencialmente em cultivar uma amizade e não há amizade sem diálogo e sem compartilhar interesses. A conversa cria laços de amizade e ajuda um a descobrir o outro, a conhecer seus defeitos e qualidades. Alguns jovens se deixam levar por paixões e, depois, quando se conhecem em profundidade, se desencantam. Muitas vezes, nem sequer chegam a se conhecer porque não foram amigos, somente namorados com direitos.

 

3. Existe um melhor relacionamento com os pais de ambas as famílias.

 

Quando o homem e a mulher se respeitam mutuamente, amadurece o carinho e melhora a amizade com os pais de ambos. Geralmente, os pais de família preferem que seus filhos solteiros vivam a continência sexual e se sentem mal quando sabem que eles estão sexualmente ativos, sem estar casados. Quando um casal sabe que deve esconder suas relações sexuais, cresce a culpa e o estresse. Os jovens que vivem a pureza se relacionam mais cordialmente com os próprios pais e com os pais do (a) namorado (a).

 

4. As relações sexuais têm o poder de unir duas pessoas com força e podem prolongar uma relação pouco sã, baseada na atração física ou na necessidade de segurança.

 

Uma pessoa pode se sentir “presa” a um relacionamento do qual gostaria de sair porque – no fundo – não o deseja, mas não sabe como fazer. Uma pessoa casta pode romper com maior facilidade o vínculo afetivo que o ata ao outro, pois não houve uma intimidade tão poderosa no aspecto físico.

 

5. Estimula a generosidade contra o egoísmo.

 

As relações sexuais durante o namoro convidam ao egoísmo e à própria satisfação, inclinam o casal a sentir-se em concorrência com outras pessoas que podem chamar a atenção do (a) namorado (a). Estimulam a insegurança e o egoísmo porque o fato de começar a entrar em intimidade convida a pedir mais e mais.

 

6. Há menos risco de abuso físico ou verbal.

 

O sexo, fora do casamento, pode se associar à violência e a outras formas de abuso. Por exemplo, há duas vezes mais ocorrência de agressão física entre casais que convivem sem compromisso do que entre pessoas casadas. Há menos ciúme e menos egoísmo nos casais de namorados que vivem a pureza do que naqueles que se deixam levar pelas paixões.

 

7. Aumenta o repertório de modos de demonstrar afeto.

 

Os namorados que vivem a abstinência encontram detalhes “novos” para demonstrar afeto e contam com iniciativas e ideias para passar bem e demonstrar mutuamente seu carinho. O namoro se fortalece e eles têm mais oportunidades de se conhecer no que diz respeito à personalidade, aos costumes e à maneira de manter um relacionamento.

 

8. Existem mais possibilidades de triunfar no casamento.

 

As pesquisas têm demonstrado que os casais que já viveram juntos têm mais possibilidades de se divorciar do que os que não fizeram essa experiência.

 

9. Se você decidir terminar o namoro, doerá menos.

 

Os laços criados pela atividade sexual, por natureza, vinculam fortemente o casal. Então, se houver uma ruptura, será mais intensa a dor produzida pela separação, devido aos vínculos estabelecidos. Quando não tiverem relações íntimas e decidirem se separar, o processo será menos doloroso.

 

10. Você se sentirá melhor como pessoa.

 

Os adolescentes sexualmente ativos frequentemente perdem a autoestima e admitem viver com culpas. Quando decidem deixar de lado a intimidade física e viver castamente, sentem-se como novos e crescem como pessoas. Além disso, melhoram seu potencial intelectual, artístico e social. Com o sexo não se deve jogar. Quando alguém o pressionar dizendo: “Só te peço sexo uma vez e não insistirei mais”, uma boa resposta seria: “Isso é justamente o que me preocupa. Prefiro me conservar para alguém que vai me querer toda a minha vida”.

 

Por: Martha Morales

 

 Fonte: SITE PAI DE AMOR-100% CATÓLICO.  

 



Categoria:ATITUDES CRISTÃS,REFLEXÕES
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 00h31
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 SETEMBRO MÊS DA BÍBLIA

Exortação à conversão.

 

Eclesiástico 17,21-31

 

 

21 Converte-te ao Senhor, abandona os teus pecados.

22 Ora diante dele e diminui as ocasiões de pecado.

23 Volta para o Senhor, afasta-te de tua injustiça, e detesta o que causa horror a Deus.

24 Conhece a justiça e os juízos de Deus; permanece firme no estado em que ele te colocou, e na oração constante ao Altíssimo.

25 Anda na companhia do povo santo, com os que vivem e proclamam a glória de Deus.

26 Não te detenhas no erro dos ímpios, louva a Deus antes da morte; 27 após a morte nada mais há, o louvor terminou. Glorifica a Deus enquanto viveres; glorifica-o enquanto tiveres vida e saúde; louva a Deus e glorifica-o em suas misericórdias.

28Quão grande é a misericórdia do Senhor, e o perdão que concede àqueles que para ele se voltam!

29 Pois não se pode encontrar tudo nos homens, porque os homens não são imortais, e se comprazem na vaidade e na malícia.

30O que há de mais luminoso do que o sol? E, entretanto, ele tem eclipses. O que há de mais criminoso do que os pensamentos da carne e do sangue? Ora, isso será castigado.

 

31 O sol contempla a multidão dos astros do céu, enquanto que todos os homens são apenas terra e cinza.

 

UOL Busca Livro do Eclesiástico 



Categoria:BÍBLIA:a voz de Deus
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 12h31
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 Evangelho do dia.

Lc 6, 12-19- Os doze apóstolos

 

-* 12 Nesses dias, Jesus foi para a montanha a fim de rezar. E passou toda a noite em oração a Deus. 13 Ao amanhecer, chamou seus discípulos, e escolheu doze dentre eles, aos quais deu o nome de apóstolos: 14 Simão, a quem também deu o nome de Pedro, e seu irmão André; Tiago e João; Filipe e Bartolomeu; 15 Mateus e Tomé; Tiago, filho de Alfeu, e Simão, chamado Zelota; 16 Judas, filho de Tiago, e Judas Iscariotes, aquele que se tornou traidor.

 

Anseio por um mundo novo -* 17 Jesus desceu da montanha com os doze apóstolos, e parou num lugar plano. Estava aí numerosa multidão de seus discípulos com muita gente do povo de toda a Judéia, de Jerusalém, e do litoral de Tiro e Sidônia. 18 Foram para ouvir Jesus e serem curados de suas doenças. E aqueles que estavam atormentados por espíritos maus, foram curados. 19 Toda a multidão procurava tocar em Jesus, porque uma força saía dele, e curava a todos.

 

* 12-16: Jesus escolhe os doze apóstolos, que formarão o núcleo da comunidade nova que ele veio criar. A palavra apóstolo significa aquele que Jesus envia para continuar a sua obra.

* 17-26: O povo vem de todas as partes ao encontro de Jesus, porque a ação dele faz nascer a esperança de uma sociedade nova, libertada da alienação e dos males que afligem os homens.

Os vv. 20-26 proclamam o cerne de toda a atividade de Jesus: produzir uma sociedade justa e fraterna, aberta para a novidade de Deus. Para isso, é preciso libertar os pobres e famintos, os aflitos e os que são perseguidos por causa da justiça. Isso, porém, só se alcança denunciando aqueles que geram a pobreza e a opressão e depondo-os dos seus privilégios. Não é possível abençoar o pobre sem libertá-lo da pobreza. Não é possível libertar o pobre da pobreza sem denunciar o rico para libertá-lo da riqueza.

 

Bíblia Sagrada - Edição Pastoral

 

Fonte: http://www.franciscanos.org.br/  



Categoria:BÍBLIA:a voz de Deus
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 15h00
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



SETEMBRO MÊS DA BÍBLIA.

 

“Aqueles que lêem a Bíblia progridem na vida do Evangelho”

 

Neste mês de setembro celebramos a Palavra de Deus que é para nós fonte de vida e de salvação.

 

A Palavra de Deus é o fruto da comunicação entre Deus que se revela e a pessoa que acolhe e responde a revelação. Por este motivo a Bíblia é forma por histórias de um povo. Este povo teve o dom de interpretar a sua realidade à luz da presença de Deus e compreender que a vida é um projeto de amor que parte de Deus e volta para Ele.

 

Ao responder a Deus com a própria vida, as personagens bíblicas viveram a Palavra de Deus e a deixaram para nós como herança viva.

 

O Apostolo Paulo é um perfeito exemplo de pessoa que se entregou a ação de Deus aponto de que sua própria vida fosse transformada em Palavra de Deus para todos os povos de todos os tempos. Nós também somos chamados a tornar-nos Palavra de Deus.

 

Somos convidados a fazer parte da história da Bíblia, a acolher a comunicação viva e eficaz de Deus em nossa vida.

 

Por pedagogia, destinamos o mês de setembro a conhecer a UOL Busca Bíblia.   

Primeiro a ter a Bíblia em casa.

Depois, a lê-la diariamente.

Aprender a meditá-la diante de Deus, num coração orante.

 

A família aprende a acolher de modo afável seus membros: os pais se relacionam de modo afetivo com os filhos, como Deus, com Seu povo.

 

Os filhos, por sua vez, acolhem os pais de modo pacífico, criando um ambiente sereno e alegre.

É neste ambiente que germinam as vocações cristãs, que se alimentam ideais generosos e se superam obstáculos à felicidade.

 

 Pe.Mauro Z.Pereira.José Bonifácio-SP.

Pe.Mauro Z.Pereira.

Paróquia São João Batista- José Bonifácio-SP.

 

Fonte do texto: Jornal da Paróquia “O Profeta”-Setembro/2010



Categoria:BÍBLIA:a voz de Deus
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 14h01
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 

MÊS DA BÍBLIA:Meditação Bíblica

 

 

 

Fonte: site:http://www.coracaodemaria.org.br  

 

 BÍBLIA SAGRADA

 

A Meditação Bíblica é sugerida como meio de procura de Deus no silêncio e na oração. Consiste em reservar uma hora durante o dia para ler em silêncio o texto bíblico sugerido, acompanhado de uma breve reflexão e de algumas perguntas. 

 

O objetivo da Meditação Bíblica é permitir que Deus fale ao seu coração e que você desfrute da comunhão com Ele. Este objetivo não será alcançado se você ler muito depressa ou sem concentração.



Categoria:BÍBLIA:a voz de Deus
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 02h24
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

CAPELA SANTA TERESINHA-JOSÉ BONIFÁCIO-SP

CAPELA SANTA TERESINHA MENINO JESUS-JOSÉ BONIFÁCIO-SP(Foto Rivaldo R.Ribeiro)

Foto: Rivaldo R.Ribeiro

Capela Santa teresinha do Menino Jesus.

Em JOSÉ BONIFÁCIO-SP. fica na Av. Rui Barbosa, 958-

Bairro Santa Teresinha.

 

 

 



Categoria:SANTA TERESINHA DO MENINO JESUS
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 00h56
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

(Origem da Novenas das rosas. Novena das rosas)

TERESINHA DAS ROSAS

 

No dia 11 de março de 1873, não sabendo mais o que fazer para curar sua pequena Thérèse de uma  gastrenterite, Zélie Martin resolveu ir a Sémaillé, um vilarejo próximo a Alençon, à procura de uma senhora chamada Rose Taillé para ser a ama-de-leite de sua caçula.  Assim, de 16 de março de 1873 a 2 de abril de 1874, Teresa viveu nesse lugar, cujos   habitantes tinham um gracioso  costume: presentearem-se, por qualquer motivo, com flores.  A precoce convivência com essa variedade de perfumes certamente terá despertado em  nossa Santa  uma paixão que a dominará até o fim de seus dias: as flores, especialmente as rosas.

Uma referência importante ao seu amor indistinto pelas rosas,  pode ser  encontrada numa carta dirigida à  prima Maria Guérin  no dia 18 de agosto de 1887: "Amo tanto uma bela rosa branca, quanto uma rosa vermelha". É também conhecido o enorme prazer com que  lançava pétalas de rosas para o alto quando via passar o ostensório com o Santíssimo Sacramento. Madre Inês, sua irmã de sangue, relata que, no dia 14 de setembro de 1897, poucos dias antes de seu falecimento,  Teresinha ganhou uma rosa e a desfolhou sobre o crucifixo de forma muito carinhosa. Algumas pétalas caíram ao chão da enfermaria. Muito seriamente, a santa teria afirmado: "Ajuntai bem estas pétalas, minhas irmãzinhas, elas vos servirão a dar alegrias, mais tarde... Não percam nenhuma..."

Gostava de cobrir de pétalas  o seu crucifixo, de forma muito cuidadosa, retirando pacientemente as pétalas  murchas. No entanto, não lançava flores em ninguém. A mesma Madre Inês conta que,  certa vez,  colocou-lhe rosas nas mãos, pedindo-lhe que as atirasse em alguém, como sinal de afeto. A santa recusou-se a fazê-lo, considerando que só lançava rosas para seu amado Jesus.

Em “História de uma Alma” Santa Teresinha aproveita a imagem da rosa para ilustrar  um elemento importante de sua "Pequena Via": "Compreendi que o brilho da rosa... não tira o perfume da pequena violeta... Compreendi que, se todas as florzinhas quisessem ser rosas, a natureza perderia seu enfeite primaveril..." Por isso, ela conclui, que Deus criou "os grandes santos que podem ser comparados.... às rosas". Podemos entender que as rosas são os gigantes da fé, os grandes santos. As  violetas são as almas pequenas que trilham o pequeno caminho.

Quem tanto amava as rosas, vai prometer, quase ao fim da vida, que fará chover rosas sobre o mundo. Com esta promessa estava se prontificando a interceder pela humanidade junto a  Deus. As conhecidas afirmações  “Passarei o meu céu fazendo o bem sobre a terra” e “Depois de minha morte mandarei uma chuva de rosas” foram  evocadas pela Irmã Maria do Sagrado Coração em seu depoimento  no Processo de Beatificação  da padroeira dos missionários.   Após sua morte os milagres irão se multiplicar. Quem  prometeu continuar sua missão no céu, trabalhando para o bem das almas, nunca  frustrou  os que confiam em sua oração. Ainda hoje são muitos os relatos de curas, milagres e conversões realizados por intermédio da humilde carmelita.

Se a evocação contínua às rosas poderia resvalar-se numa espiritualidade adocicada e infantil, como o querem os que menosprezam Teresinha, a leitura atenta de seus escritos demonstram o contrário. Não sem razão, grandes místicos, como Thomas Merton, dentre outros, a consideram uma grande santa e  "não apenas uma boneca piedosa e muda". Imbatível na dor e na provação, viril e apostólica, jamais se apresentou como uma choramingas a reclamar atenção e delicadezas.  

Teresa de Lisieux é  “Teresinha das Rosas”. Mas suas rosas  são rubras como sangue. Sangue de uma paixão alucinada por Jesus Cristo  e por seu programa de vida. Sangue de um martírio cotidiano, conseqüência de uma vida diariamente imolada por Deus e pelas “almas”, a quem  consagrou inteiramente sua curta existência.

A "Novena das Rosas" é  o  mais propagado ato de  devoção a Santa Teresinha, espalhado por todo o mundo, em todas as línguas. Não se trata de uma fórmula mágica pela qual conseguimos concretizar todos os nossos desejos. Pede-se uma rosa como sinal de que a súplica será atendida. Em muitos  casos,  o sinal não é tão evidente. O sinal pode ser o silêncio angustiante  de uma resposta que não se recebe.  Silêncio fecundo que nos dispõe a confiar,  cada vez mais,  na misericórdia de Deus.  O sinal pode ser uma intuição, uma palavra à qual prestamos atenção,  ou  até mesmo a visita inesperada de um amigo... O que importa é a atitude de abandono, por parte de quem faz a novena, nas mãos misericordiosas do Pai,  e o desejo sincero de amá-Lo sobre todas as coisas,  aliados ao compromisso de viver intensamente  o evangelho, tendo como modelo a Santa de Lisieux.  (Pe. Antonio Damásio Rêgo Filho)  

 

 

 

O Rev. Padre Putingan, SJ, no dia 3 de dezembro de 1925, começou uma novena em honra de Santa Teresinha do Menino Jesus, pedindo à milagrosa santa uma graça importante.

Nesta intenção começou a rezar, durante a novena, 24 Glória ao Pai, em ação de graças à Santíssima Trindade, pelos favores e graças concedidos a Santa Teresa do Menino Jesus durante os 24 anos de sua existência terrena.

Pediu o padre à Santa Teresinha que lhe desse um sinal de que a novena era ouvida, e este sinal seria receber  uma rosa fresca e desabrochada. No terceiro dia da novena uma amiga procura o Padre Putigan e lhe oferece uma rosa vermelha.

No dia 24 do mesmo mês o padre começou uma segunda novena e pediu uma rosa branca.

No quarto dia da novena, uma irmã, enfermeira do hospital, trouxe uma linda rosa branca dizendo: "Aqui está uma rosa que Santa Teresinha envia a V. Revma.".

Surpreendido, pergunta o padre: "Donde vem esta rosa"? "Fui à capela onde se acha adornada uma bela imagem de Santa Teresinha, diz a freira, e, ao aproximar-me do altar da Santinha, caiu ao meus pés esta rosa. Quis colocá-la de novo na jarra, mas me lembrei de trazê-la a V. Revma."

O Padre Putingan, alcançadas as graças pedidas na novena, resolveu propagá-la,  formando uma cruzada de orações em honra de Santa Teresinha.

Assim, no dia 9 a 17 de cada mês, todas as pessoas que desejarem fazer a novena dos 24 Glória ao Pai unem as suas intenções às das pessoas que, na mesma época, fazem a dita novena, e se estabelece,  desta maneira, uma bela comunhão de orações.  

 

 

Pode-se fazer a novena dos 24 Glória ao Pai em qualquer época, mas é preferível e muito mais vantajoso fazer-se do dia 9 a 17 de qualquer mês, a fim de se participar da comunhão de orações dos que a fazem.

Rezam-se durante os nove dias somente 24 Glória ao Pai à Santíssima Trindade em ação de graças pelos favores e graças com que enriqueceu a alma de Santa Teresinha do Menino Jesus, durante os anos que ela viveu na terra, podendo, se quiser, usar da seguinte fórmula ou de outra semelhante:

"SS. Trindade, Pai, Filho, Espírito Santo, eu vos agradeço todos os favores, todas as graças com que enriquecestes a alma de vossa serva Teresa do Menino Jesus, durante os 24 anos que passou na terra e,  pelos méritos de tão querida Santinha, concedei-me a graça que ardentemente vos peço, se for conforme a vossa santíssima vontade e para salvação de minha alma.

Rezam-se em seguida os 24 Glória ao Pai, podendo-se acrescentar a cada Glória ao Pai a jaculatória: Santa Teresinha do Menino Jesus, rogai por nós!"



Categoria:SANTA TERESINHA DO MENINO JESUS
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 01h02
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Dia 15. Dedicado ao Monsenhor Angelo Angioni. Exposiçao do SANTÍSSIMO e orações.

Lembranças e saudades do Monsenhor Ângelo Angioni.

 

 

Monsenhor Ângelo Angioni, faleceu na manhã de 15 de setembro de 2008 (5h30) deixando muitas saudades a todos da cidade de José Bonifácio-SP, e nesse dia a comunidade católica da cidade e região dedica  o dia em orações e adoração ao SANTÍSSIMO SACRAMENTO que fica exposto junto ao seu túmulo, localizado numa das naves da Igreja Matriz no centro da cidade.

 

Independente do especial dia 15, muitos fiéis fazem suas visitas diariamente ao túmulo do Monsenhor, é só consultar um deles que eles afirmam: Hoje eu visitei o Monsenhor, uma aparente atitude da crença na sua santidade.

 

Santidade essa que ninguém pode negar por causa de sua trajetória de vida, evangelizando e ensinando o caminho da Fé em Deus com certeza a milhares de pessoas, durante seus 70 anos de sacerdócio.

 

Acessem os links abaixo para relembrar com carinho o dia que o Senhor Deus o chamou para junto de Si.

 

Dia do seu falecimento.

http://caminho.perfeito.zip.net/arch2008-09-01_2008-09-30

 

Velório: 

http://www.bispado.org.br/aspx/Galerias.aspx?c=186

 

 

Missa de Mês do seu falecimento:

http://www.bispado.org.br/aspx/Galerias.aspx?c=201

 

 



Categoria:ATITUDES CRISTÃS,REFLEXÕES
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 00h30
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



Capela  Santíssimo-Redil do Bom Pastor-José Bonifácio-SP

Capela do Santíssimo - Redil do Bom Pastor.Foto : Rivaldo R.Ribeiro

Fonte da foto:http://mestre.jesus-bom.pastor.zip.net/

 

Jesus Eucarístico: Deus no meio de nós!

 

O sacramento da Eucaristia é junto com devoção à Virgem Maria, a mais bela riqueza que temos na nossa Igreja.

 

O papa da Eucaristia, S. Pio X dizia:

“A devoção à Eucaristia é a mais nobre de todas as devoções, porque tem o próprio Deus por seu objeto; o Autor da graça; e é a mais suave, pois suave é o Senhor”.


          A Eucaristia é Jesus Amor. Por isso ela é Sacramento do Amor, é uma resposta e um sinal para um mundo com tanto desamor. Neste Sacramento está Jesus Vivo e Verdadeiro, o “Deus Amor” (Jo 4,8), o Deus que nos amou e nos ama até o fim (cf. Jo 13,1).

 

Todas as expressões de amor estão contidas na Eucaristia: o Amor Encarnado, o amor Crucificado, o Amor de União, o Amor que inebria, o Amor Apaixonado...

 

São Pedro Julião dizia: “Ser possuído por Jesus, e possuí-lo: eis o Reino perfeito do Amor.” A Eucaristia é este “Reino Perfeito”: nós o possuímos e Ele nos possui; nós o recebemos escondido no Pão é Ele toma posse de todo nosso ser e nesta íntima e perfeita união realiza-se maravilhas na alma, porque Aquele que os anjos adoram vive e reina dentro de nós.

 

Não há nada que possa comparar com a alma que com devoção e humildade adora o Pão da Vida, se os católicos soubessem que efeito isto causa, trocaria suas prioridades, por tais momentos de oração, pois diante do trono, no tabernaculo os “verdadeiros adoradores” (cf. Jo 4,23) são capazes de abalar as “estruturas do inferno”. Podemos mudar o rumo da humanidade pela adoração ao Santíssimo.

 

Assim ocorreu com S. João Maria Vianey, uma alma apaixonada por Jesus Eucarístico, que chegando a pequena e pouco conhecida aldeia de Ars, verificou em que decadência e perversão encontravam-se aquele lugar e decidiu logo começar a agir e da forma mais sábia:

 

Ele não implantou já pastorais e muito menos fez campanhas sociais; o neo-sacerdote levantava-se todo o dia a duas da madrugada, punha-se em oração junto ao altar, dentro da escura igreja e orava preparando-se para a Santa Missa, depois desta dava ação de graças e permanecia em adoração até o meio dia: sempre ajoelhado no piso nu da igreja, sem se apoiar em nada, com o terço nas mãos e o olhar fixo no sacrário.

 

Porém, isto não permaneceu por muito tempo, pois a fecundidade daquela adoração, começou a dar frutos e pouco a pouco as almas foram sendo atraídas e o santo precisou mudar o seu programa, pois a Igreja foi considerada pequena para conter a multidão que vinha da própria aldeia e das romarias feitas pelas cidades vizinhas, enquanto o padre teve que por muitas vezes ficar atendendo confissão até por dezoito horas interruptas.

 

Quantos milagres, quantas conversões aconteceram naquele pequeno lugar na França. Tudo obra de profunda adoração a Jesus Eucarístico!

 

E, em tudo isso, o que é mais lindo: é a sua presença nos tabernáculos das nossas Igrejas, aprisionado por Amor a nós, esperando a nossa visita.

 

Por: Cíntia Teixeira de Sousa

Fonte: 

http://www.portalcarismatico.com.br

 



Categoria:EVANGELIZANDO/PAPA
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 16h44
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



VISÃO DE ADULTO... VISÃO DE CRIANÇA...

 

"No colo de Jesus Cristo"Essas coisas acontecem.

 

Éramos a única família no restaurante com uma criança.

Eu coloquei Daniel numa cadeira para crianças e notei que todos estavam tranqüilos, comendo e conversando. 

De repente, Daniel gritou animado, dizendo: 'Olá, amigo!', batendo na mesa com suas mãozinhas gordas.

Seus olhos estavam bem abertos pela admiração e sua boca mostrava a falta de dentes.  

 

Com muita satisfação, ele ria, se retorcendo. Eu olhei em volta e vi a razão de seu contentamento.  

Era um homem andrajoso, com um casaco jogado nos ombros, sujo, engordurado e rasgado.  

Suas calças eram trapos com as costuras abertas até a metade e seus dedos apareciam através do que foram, um dia, os sapatos.  

Sua camisa estava suja e seu cabelo não havia sido penteado por muito tempo.  

Seu nariz tinha tantas veias que parecia um mapa.  

Estávamos um pouco longe dele para sentir seu cheiro, mas asseguro que cheirava mal.  

Suas mãos começaram a se mexer para saudar: 

- 'Olá, neném. Como está você?' - disse o homem a Daniel.  

Minha esposa e eu nos olhamos e nos perguntamos:

- 'Que faremos?'.  

Daniel continuou rindo e respondeu,  

-'Olá, olá, amigo'.  

Todos no restaurante nos olharam e logo se viraram para o mendigo.  

O velho sujo estava incomodando nosso lindo filho. Trouxeram a comida e o homem começou a falar com o nosso filho como um bebê.  

Ninguém acreditava que o que o homem estava fazendo era simpático. Obviamente, ele estava bêbado.  

Minha esposa e eu estávamos envergonhados. Comemos em silêncio; menos Daniel que estava inquieto e mostrando todo o seu repertório ao desconhecido, a quem conquistava com suas criancices.  

Finalmente, terminamos de comer e nos dirigimos à porta. Minha esposa foi pagar a conta e eu lhe disse que nos encontraríamos no estacionamento.  

O velho se encontrava muito perto da porta de saída.  

'Deus meu, ajuda-me a sair daqui antes que este louco fale com Daniel', disse orando, enquanto caminhava perto do homem.  

Estufei um pouco o peito, tratando de sair sem respirar nem um pouco do ar que ele pudesse estar exalando.  

Enquanto eu fazia isto, Daniel se voltou rapidamente na direção onde estava o velho e estendeu seus braços na posição de 'carrega-me'...  

Antes que eu pudesse impedir, Daniel se jogou dos meus braços para os braços do homem. Rapidamente, o velho fedorento e o menino consumaram sua relação de amor. 

Daniel, num ato de total confiança, amor e submissão, recostou sua cabeça no ombro do desconhecido. O homem fechou os olhos e pude ver lágrimas correndo por sua face.  

Suas velhas e maltratadas mãos, cheias de cicatrizes, dor e trabalho duro, suave, muito suavemente, acariciavam as costas de Daniel.  

Nunca dois seres havia se amado tão profundamente em tão pouco tempo. Eu me detive, aterrado.  

O velho homem, com Daniel em seus braços, por um momento abriu seus olhos e olhando diretamente nos meus, me disse com voz forte e segura:  

-'Cuide deste menino'.  

De alguma maneira, com um imenso nó na garganta, eu respondi:

- 'Assim o farei'.  

Ele afastou Daniel de seu peito, lentamente, como se sentisse uma dor. Peguei meu filho e o velho homem me disse:  

- 'Deus o abençoe, senhor. Você me deu um presente maravilhoso'.  

Não pude dizer mais que um entrecortado 'obrigado'.  

Com Daniel nos meus braços, caminhei rapidamente até o carro. Minha esposa perguntava por que eu estava chorando e segurando Daniel tão fortemente, e por que estava dizendo:  

- 'Deus meu, Deus meu, me perdoe'.  

Eu acabava de presenciar o amor de Cristo através da inocência de um pequeno menino que não viu pecado, que não fez nenhum juízo; um menino que viu uma alma e uns adultos que viram um montão de roupa suja. Eu fui um cristão cego carregando um menino que não o era. Eu senti que Deus estava me perguntando:  

- 'Estás disposto a dividir seu filho por um momento?', quando Ele compartilhou seu Filho por toda a eternidade..  

O velho andrajoso, inconscientemente, me recordou:  

 'Eu afirmo a vocês que isto é verdade: quem não receber o reino de Deus como uma criança nunca entrará nele'. (Lucas 18:17).

 

Apenas repita esta frase e verá como Deus se move: 'Senhor Jesus Cristo, te amo e te necessito, entre em meu coração, por favor'.

 

Autor desconhecido.

 

 

Recebi essa linda história por email de um amigo virtual: sr. Morani.

 



Categoria:ATITUDES CRISTÃS,REFLEXÕES
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 20h02
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]



 
 

REFLEXÃO

“Não se pode conseguir a paz mediante a violência. Só se pode conquistá-la através de compreensão”.(Ralph Emerson)

 

Torne o resto da tua vida tão significativo quanto possível. Procure agir levando

os outros em consideração. Que tuas orações sejam fraternas e universais em favor

de todas as pessoas que sofrem. Nunca te feches num isolamento infrutífero,

pois sempre encontrarás pessoas que sofrem muito mais que ti.

 

A paz não é conquistada com a força ou com a guerra.

Ela é um dom de Deus, sopro de Jesus ressuscitado. Ela está dentro de ti mesmo.

Pacificados em nosso corpo e alma, podemos ser também mensageiros da paz num

 mundo tão triste e cheio de guerras.

Tenha atitudes pacificadoras onde quer que estiveres: em casa, no trânsito, no trabalho,

nas estradas... O exemplo será sempre mais importante que as palavras...

 

Frei Paulo Sérgio de Souza, OFM



Categoria:ATITUDES CRISTÃS,REFLEXÕES
Postado por Rivaldo R.Ribeiro às 23h55
[ ] [ envie esta mensagem ] [ ]




[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


Número de visitas:



 
Nossa Perpetuo Socorro-Igreja Matriz São João Batista-José Bonifácio-SP




CLIQUE NO TEMA DE
SUA PREFERÊNCIA:


Todas as mensagens


Link


Avaliação


SANTA TERESINHA DO MENINO JESUS


ATITUDES CRISTÃS,REFLEXÕES


JESUS CRISTO/SANTOS


BÍBLIA:a voz de Deus


EVANGELIZANDO/PAPA





 Senhor Jesus Cristo,

 revele o melhor de

 mim e afaste o pior...

Afastando tudo que

poderá afastar de Ti...

Amem.





Bebidas alcoólicas

Festas da Igreja

Na paróquia Nossa Senhora da Piedade, em Curitiba (PR), os padres Ivanir Leonardi e Messias Galieta decidiram, em consonância com os Conselhos da paróquia, abolir o uso de bebidas alcoólicas das festas naquela comunidade.

Um exemplo de ATITUDE CRISTÃ, pois com isso estão contribuindo na conscientização dos católicos dos malefícios do álcool.

Um item que não cabe dentro de uma festa católica e na família cristã, um  ambiente frequentado por jovens e crianças. 

LEIA MAIS...












Nossa senhora de Aparecida



L I N K S:

LITURGIA DIÁRIA



ORAÇÕES:Clique aqui



Santuário Pai Eterno





PARÓQUIA SÃO JOSÉ-José Bonifácio-SP





VELA VIRTUAL
DIVINO PAI ETERNO








Votação
Dê uma nota para meu blog




OUTROS SITES

 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 5)-SÃO FRANCISCO DE ASSIS-800 anos
 7)-ALDEIA MUNDUS(Meio Ambiente)
 11)-(PORTAL ANJO)Nome atual RAINHA MARIA.
 12)-UNIVERSO CATÓLICO
 14)-APELOS URGENTES
 16)-CANÇÃO NOVA
 19)-Padre Marcelo Rossi
 20)-Catequese Católica
 21)-Frei Jorge da Paz
 25)-SANTÍSSIMA EUCARISTIA
 29)-MOVIMENTO SALVAI ALMAS
 30)-CANTO DA PAZ-são FRancisco de Assis e Santa Clara
 32)-BRASIL SEM ABORTO
 33)-Site Vaticano
 34)-MEU SANTO-Promessas on-line
 35)-BIBLIA ONLINE
 36)-Frente Universitária Lepanto, um grupo de universitários católicos.
 38)-SITE PAI DE AMOR
 40)-Santuário do Pai Eterno-Trindade Go
 42)-FAZENDA DA ESPERANÇA
 46)-Paróquia Santa Teresinha-Belo Horizonte-MG
 48)-Santa Teresinha-Site oficial relíquias
 49)-Agência Fides- Congregação para a Evangelização dos Povos
 50)-TURMA DO BIBLICANDO-(divirtam-se)
 51)-RedeVida de Televisão
 52)-PORTAL KAIRÓS-Musica Católica.
 53)-SANTUÁRIO NOSSA SENHORA PERPÉTUO SOCORRO
 54)-PAULINAS-A comunicação a serviço da VIDA.
 55)-JESUS VEM NOS SALVAR
 56)-CNBB-Conferência Nacional dos Bispos do Brasil
 58)-Renovação Carismática Católica do Brasil
 59)-CATOLICISMO-Revista de Cultura e Atualidades...
 60)-Associação Cultural Montfort
 61)-L I T U R G I A EM F O C O
 62)-COPIOSA REDENÇÃO
 63)-Paróquia do Coração Imaculado de Maria(Santos)
 64)-EDITORA AVE-MARIA
 65)-CAPELA STO. ISIDORO
 66)-Sagrado Coração de Jesus
 67)-SÃO FREI GALVÃO-SITE
 68)-ComDeus-Servos da Imaculada
 69)-Veritatis Splendor
 70)-GUIA CATÓLICO-A Igreja que você Busca
 71)-Ecclesia Una-Confide, Ierusalem; consolabitur enim te, qui te nominavit.
 72)-PORTAL CATÓLICO
 73)-CADE MEU S A N T O
 75)-RENOVAÇÃO CARISMÁTICA PORTUGUAL
 76)-COMUNIDADE BETHANIA-Pe.Leo
 77)-IMAGEM DE DEUS(Faria-Marilia-SP)
 78)-TOCA DE ASSIS-Jesus Sacramentado Nosso Deus Amado!!!
 80)-RÁDIO RAINHA DA PAZ
 81)-TV SÉCULO 21
 82)-TV APARECIDA-A TV de Nossa Senhora
 83)-RECADOS DE AARÃO
 84)-ACHE ORAÇÃO
 85)-MISSÕES REDENTORISTAS
 88)-SANTOS CATÓLICOS
 89)-SANTOS DO BRASIL
 90)-Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida
 91)AIS BRASIL-Ajuda à Igreja que sofre
 92-CATEQUISTA-Blog do Meneguzzi
 93-Franciscanos na Providência de DEUS-(J A C I-SP)
 94-ANJOS DE JESUS: projeto de evangelização
 105-ZENIT-O mundo visto de Roma
 106-Padre Lucas-Portal de Conhecimento e Estudo da Doutrina Católica
 107)-FIM DOS TEMPOS
 108-Obra Missionária Virgem do Carmo Peregrina
 109-Instituto Plinio Corrêa de Oliveira
 110-PORTAL CARISMÁTICO
 112-A B O R T O-Bernard Nathanson:Quando a "Mão de Deus" alcançou o "Rei do aborto"
 113- ESPAÇO DE MARIA
 114-A VOLTA DE JESUS-Como será?
 115-BUSCANDO NOVAS AGUAS
 116-ACI Digital-O que todo católico necessita saber
 118-Ecclesia Una-(Ecclesia Una é uma expressão em latim que designa a unidade da Igreja)
 119-MONSENHOR ANGELO ANGIONI
 Basílica Nossa Senhora do Carmo - Campinas - SP - Brasil







MEUS BLOGS:

Atitude Cristã:Caminho da Paz

Anunciar o Evangelion

São Francisco de Assis 

Aldeia Mundus:Meio Ambiente

Aldeia Mundus II 

Painel Geral 777 

Montanhas Azuis

Sintonia 777 

Caminho Franciscano 





Quem passou por aqui:




H I S T Ó R I C O.
Escolha o período para ler as mensagens arquivadas: